Review / Tutorial de Moto Roader MC

* Esta análise foi feita com o código cedido pela Ratalaika (versão PS4/PS5)

Distribuidora: Ratalaika
Produtora: Masaya Games
Plataforma: PS4 / PS5 / Switch / Xbox One / Xbox Series S / Xbox Series X
Mídia: Digital
Ano de Lançamento: 2022

Moto Roader MC é o relançamento jogo de corrida arcade com foco no multiplayer local.

Moto Roader MC foi lançado originalmente para PC Engine, em 1992, sendo o terceiro jogo da franquia Moto Roader.
Até então exclusivo do Japão, como boa parte dos títulos do PC Engine (TurboGrafx-16 no Ocidente), o jogo está sendo finalmente lançado fora da terra do Sol Nascente para os consoles atuais, através de uma parceria entre Ratalaika e Masaya Games.

O jogo original

Semelhante ao lançamento de títulos anteriores desta parceria, já publicados aqui no site, como Gynoug e Gley Lancer, Moto Roader MC utiliza o mesmo formato de emulação, com opções de Save state e Load state, filtros e o botão rewind (embora aqui, por se tratar de um jogo de corrida, venha desabilitado por padrão).

Salvamento rápido via menu (acessando com o touchpad)

O título possui três modos de jogo:
Race – O modo “carreira”, composto de 5 campeonatos, cada um com 5 corridas;
Time Attack – A famosa corrida contra o tempo;
Omake – Um jogo de futebol com carros, 1×1 ou 2×2

As corridas possuem 9 voltas cada, sendo que cada um dos 5 participantes conta com mísseis e bombas, tendo como restrição apenas o tempo de cooldown (“resfriamento”) de ambos os equipamentos.
Também não há restrições quanto ao uso de atalhos, sempre que possível. Os carros não explodem com as batidas ou explosões, mas ficam temporariamente “atordoados”, rodando sobre o próprio eixo.

Futebol com carros, o original!

As corridas possuem visão aérea, em pequenos circuitos, o que faz com que seja essencial aprender as curvas rapidamente.
duas opções para manobrar o carro: se você apertar triângulo uma vez (no PlayStation), mudará o estilo. Enquanto o primeiro método é o tradicional, virando apenas quando faz as curvas, o outro método pede que você indique exatamente as direções do carro, o que pode ser extremamente caótico e pede mais experiência.

Acostume-se ao traçado das pistas ou é cara no muro toda hora

Como dito anteriormente, há 5 opções de campeonato, mas também opções de Shuffle (que embaralham as combinações de pistas) e Edit, onde você pode montar o campeonato com suas pistas favoritas.
Os campeonatos podem ser disputados em até 4 jogadores por vez e um carro da máquina (ok, isso eu não consegui testar porque nem tenho tanta gente em casa).
Caso jogue sozinho, a máquina assume os outros 4 corredores, com uma inteligência artificial BEM AGRESSIVA.
Não se assuste com as primeiras corridas, você precisa se adaptar aos controles para não ficar igual uma bola de pinball sendo jogado nas paredes pelas armas dos adversários.

No espaço, ninguém pode ouvir você derrapar

O estilo das pistas vai evoluindo progressivamente; enquanto o primeiro campeonato possui as corridas com circuitos mais padronizados, dentro de um autódromo, os campeonatos seguintes vão variando cada vez mais os cenários: pistas urbanas repletas de boosts no chão (e um trem que pode te atropelar em uma delas), praias e terrenos arenosos, com atalhos e “portais” (incluindo fases onde você sai por um lado da tela e aparece no outro), cenários mais fantasiosos, uma corrida espacial e possíveis referências a outros jogos da NCS/Masaya (aqui eu fico devendo, pois não captei as referências; e, sério, o que diabos é aquele MACACO gigante???).

Um macaco gigante no meio da pista… porque sim!

O gráfico é colorido, mas com tons mais opacos, uma característica típica do PC Engine.
Os carros são semelhantes em seu visual aéreo, mudando apenas a cor. Ao finalizar cada campeonato, uma rápida animação mostra um dos carros em destaque.

Ok… essa realmente é uma pista diferente.

A trilha sonora é até animada, mas fica suprimida pelo som dos carros, altos e barulhentos, que podem ser muito repetitivos.

A platina é bem fácil, bastando apenas correr em todas as pistas, não sendo necessário sequer vencer.
Os modos Omake e Time Trial não são necessários para a platina.

RESUMO DA ÓPERA:

Moto Roader MC é um clássico obscuro do Japão, trazido pela primeira vez ao Ocidente.
Corridas arcade com uso de armas e cenários variados compõem este título que se beneficia do modo multiplayer local para até quatro jogadores.

Carros e água não combinam, cuidado com o mar

O modo Omake traz variedade com o futebol de carros (avô de Supersonic Acrobatic Rocket-Powered Battle-Car e Rocket League?), embora tal modo seja exclusivo para multiplayer.

O gráfico simples, afinal estamos falando de um jogo de 16-bits, não compromete a diversão, embora o título careça de um maior apelo single player.
Moto Roader MC é um resgate importante de um dos muitos títulos escondidos do PC Engine, recomendável especialmente para jogadores retrô e tardes com amigos e pizza.