Review / Tutorial: Roundguard

Você já deve ter se deparado com os clássicos jogos de arcade puzzle que se consistem em limpar a tela com combinações de cores (Bust a Move), usar canhões com destreza e pontaria (Peegle), jogos de pinball (Zen Pinball / Pinball FX / Demon’s Tilt) ou até mesmo block breakers (Arkanoid), certo???
E se esses jogos tivessem elementos de RPG???? Sim… é possível, e a desenvolvedora Wonderbelly e a distribuidora The Quantum Astrophysicists Guild nos trouxeram esse primor de jogo misto / único… como funciona isso??? É o que vamos ver hoje, mas primeiro vamos conhecer as empresas:

Wonderbelly Games (site oficial)

Wonderbelly Games é um estúdio de jogos independente com sede em Seattle, composto por Andrea Roberts, Bob Roberts e Kurt Loidl. Eles são uma pequena equipe de amigos próximos que costumavam trabalhar em grandes jogos AAA: Bob liderou a equipe de design em Shadow of Mordor e Shadow of War, enquanto Kurt e Andrea trabalharam na série Fable e muito mais na Microsoft. Agora eles seguem seus corações e suas barrigas para fazer jogos para você se empanturrar ou saborear uma mordida de cada vez.

The Quantum Astrophysicists Guild (Site Oficial)

Começamos como um estúdio de desenvolvimento de jogos, criando os premiados jogos de quebra-cabeça The Bridge e Tumblestone. Agora, estamos usando nossa experiência para ajudar desenvolvedores independentes a lançar seus jogos no PC, consoles e muito mais.
Esteja você procurando por financiamento, transferência, localização, controle de qualidade, produção, marketing e muito mais – nós podemos ajudar!

Código cedido para review pela Wonderbelly Games, versão Playstation 4

Nome: Roundguard
Gênero: Puzzle, RPG, Dungeon Crawler (subgênero: physics puzzle / roguelike)
Desenvolvedora: Wonderbelly Games
Distribuidora: Wonderbelly Games (PC) / The Quantum Astrophysicists Guild (consoles)
Plataformas: PC, Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch, Mobile (Apple Arcade)
Lançamento: 2020 (13 de março)
Mídia: até o momento do review, apenas digital

Tela Título

História / Enredo

Roundguard se consiste em um pequeno show teatral baseado em explorar as masmorras e derrotar os diversos monstros que irá encontrar no seu caminho, escolhendo as carismáticas classes de heróis disponíveis com o intuito de salvar o rei.

Gráficos

Os gráficos de Roundguard são totalmente desenhados em forma cartoon, com os personagens em formato super deformed / chibi com forma geométrica que remete à uma bola de pinball.
As paletas de cores são bem definidas, com um misto de efeitos entre o cartoon e luminosidade das cores.
As cenas de história aparecem por intermissões e com balões do lado dos personagens.

Som / OST

Composta por Bob Roberts, a concepção musical do jogo envolve arranjos de gêneros diversificados entre sintetizadores, flautas, pianos e baterias eletrônicas.

A Playlist com 13 músicas é possível verificar no YT, sendo disponibilizada pelo próprio Bob.

O jogo não possui dublagens.

Jogabilidade

O jogo usa a previsibilidade de alvos com a sua destreza, além de uma física recompensadora ou punitiva, portanto, se você for péssimo com ângulos e previsões, você irá ter problemas hahaha.

O esquemático é simples, com os 4 botões de funções e os 2 gatilhos.

Sistema de Jogo

Roundguard é um puzzle baseado em física e previsibilidade de acerto em avos de acordo com atributos das classes dos personagens que tem à sua disposição e com níveis procedurais, diferente da maioria dos jogos do estilo onde são níveis fixos.

OBS: Conforme notar no review, o jogo teve diversas atualizações e correções desde seu lançamento em 2020 para cá, vou citar conforme o decorrer do review para que você consiga acompanhar as adições e julgar essas melhorias de conteúdo.

Um herói de classe

No lançamento do jogo, eram 3 personagens disponíveis para sua escolha, Flagon, Shade e Fizz.
Cada personagem possui atributos iguais, porém com uma quantia específica distribuída entre eles, além de uma habilidade gerada randomicamente em cada rodada.
De forma simples:
Saúde – a vida do seu personagem
Mana – a magia (e consequentemente capacidade) para usar habilidades
Ataque – o dano base para os impactos
Habilidade – um golpe gerado randomicamente e que usa mana

Cada classe terá sua particularidade e consequentemente uma complexidade para dominar, use de acordo com sua preferência de jogo.

Flagon – O Guerreiro

Flagon tem um foco de resistência e força que ajudam bastante na sua eficiência em limpar a tela, porém não tem muita proficiência em usar suas habilidades pela baixa quantidade de mana, há não ser que consiga bonificar isso, não?!

Shade – A Trapaceira

Shade por sua vez tem uma distribuição mais equilibrada entre resistência, ataque e proficiências. Suas habilidades entretanto focam em velocidade para ter vantagens que confundam os inimigos na tela.

Fizz – A Maga

Fizz, particularmente falando, é a minha preferida, apesar da força menor e saúde menos resistente, suas magias compensam pela alta quantidade de proficiência, além de serem muito efetivas, dependendo da ocasião e sorte na sua habilidade primária.

Atualização: Druída

Com 1 ano de jogo, Wonderbelly deu suporte com mais uma classe, Pétala, a druída.

Pétala talvez seja a adição mais interessante do jogo, apesar de ser totalmente fraca fisicamente pela sua força e saúde, o foco na magia compensa, entretanto a complexidade de 4 estrelas não está ali à toa. É uma personagem bastante difícil de dominar.
Como diz na imagem, jogue uma vez com um dos 3 personagens anteriores para desbloquea-la.

Explorando as Dungeons

Como dito anteriormente, as fases são geradas de formas procedurais, e o mapa é mostrado em cada intermissão.

O caminho é totalmente baseado na sua própria escolha ao finalizar as fases, como? Daqui a pouco mostro. Entretanto, como era de se esperar, haverão diversas particularidades nas áreas / fases que irão aparecer:
Livro – possibilidade de ganhar uma skill nova ou aprimorar a que já tens.
Cabeça Esquelética – um sub-chefe randômico irá lutar contra você.
Armadura / Espada – equipamentos para os personagens.
Monstros específicos no final – o chefe da área.

Áreas sem demarcação de ícones em destaque são fases com inimigos normais.

Batalhas em leves choques…

As fases se consistem em limpar todos os inimigos das masmorras, porém note a imagem à seguir e preste atenção nos elementos da tela:

Do lado esquerdo, temos seu herói e os atributos já comentados antes, além do nível e experiência corrente com a requerida pra subir de nível. No lado direito, temos os inimigos presentes na fase, além dos atributos deles e a quantidade de inimigos do mesmo tipo.

A mistura de Peegle está explícita nos jarros que irão fazer você usar a física à seu favor e quicar para acertar os inimigos (ou acertar de forma direta também), além de terem diferentes tipos de jarros.
Health Potions – recuperam saúde, são os vermelhos.
Mana Potions – recuperam mana, são os azuis
Abnormal Potions – jarros que irão causar alguma desvantagem (ou vantagem?!) nos atributos dos seus inimigos ou em você.

Os jarros também servem como bonificação de dinheiro em cada fim de tiro, sendo contabilizado e multiplicado pelo valor total da tentativa.
OBS: o dinheiro é sua pontuação.

O seu dano base é aplicado em cada choque de impacto nos seus tiros, seja nos inimigos ou nos jarros.

A possibilidade de bonificação e potencialização do dano é possível de acordo com suas habilidades e equipamentos, isso mostrarei mais pra frente…

Já a mistura de Arkanoid está explícita pela sua punição em provável falha, note os espinhos no fundo da tela, você perde uma saúde considerável se errar a área segura e cair nos espinhos.
Porém, se cair em área segura, poderá ter bonificação que recupera sua saúde / mana ou dará buff.

Combos

Se a sua previsão, ou cálculos baseados em ângulos for algo excelente, você fará diversas quicadas, causando danos múltiplos em inimigos e destruindo diversos jarros no mesmo turno…
Se tiver uma boa habilidade já disponível, use sua criatividade em montar combos monstruosos e garantir uma boa quantidade de dinheiro.

Escolhendo a rota

Lembra que mostrei lá no mapa as diversas possibilidades de salas???
Ao terminar um nível, ou seja, destruir todos os inimigos, as estacas saem do inferior da tela e são mostrados “túneis” com ícones dos destinos de cada ala da masmorra atual:

Ao cair no túnel escolhido, você irá para a sala correspondente.

OBS: não é necessário destruir todos os jarros para terminar a fase, como pode notar na imagem.

As diferentes salas ou bonificações

O buff e debuff podem ocorrer tanto pelas batalhas terminadas, quanto pelas salas de bonificação e recuperação do destino escolhido. Em alguns casos, podem aparecer bonificação ao terminar uma fase e posteriormente decidir pra onde vai, mas a aplicação de tutorial nesta seção, se enquadra para qualquer uma das duas ocasiões.

Equipamentos (Defesa / Ataque) – geralmente são salas com diversas escolhas no seu inferior, sendo possível um equipamento de ataque e um equipamento de defesa.

Habilidades – é possível aprimorar alguma técnica ou adquirir uma nova. Porém você só pode ter duas habilidades por vez na sua jogada, tendo a hipótese de descartar 1 e receber dinheiro em troca (pontuação), caso não for do seu agrado, tendo como consideração do jogo, uma perda de chance, ou seja, a outra possível escolha de habilidade será descartada junto.

Como é de se esperar, tanto os equipamentos como as skills, possuem diferentes classes de raridade, pela sua coloração e atributos envolvidos na sua bonificação, além de adicionais de ataques e estados anormais.

Sub – Chefes – enfrente inimigos mais poderosos em batalhas dentre os diversos sub-chefes randômicos possíveis.

Não poupe estratégia contra os chefes e não se intimide com os atributos deles…

Estados Anormais

Sim, eles estão presentes, afinal de contas, estamos em um jogo com elementos de RPG não???
O buff e debuff pode ocorrer em escalas isoladas ou acumulativas, dependendo da sua eficácia e falha. Não vou citar todos para não estragar as surpresas mas dentre os mais clássicos, posso citar o POISON e REGEN.

O Level UP por si só, também ajuda em buffar seu personagem. A experiência é adquirida conforme sua efetividade em destruir jaros e derrotar inimigos em um único turno…

Bugigangas e Relíquias

Além dos equipamentos, haverão itens que irão fortificar suas tentativas conforme jogar, trata-se das bugigangas:

… e relíquias:

A diferença das relíquias é que elas alteram as regras do jogo.

Atualizações

Como disse anteriormente, o jogo teve 3 atualizações desde o seu lançamento em 2020 até aqui.
Alguns das atualizações foram:

  • atualização de Caçador de Tesouros
  • atualização de Presenteador
  • a inclusão de Pétala que citei lá no início.

Caçador de Tesouros – inclusão de eventos semanais e diários, além de aumentar limites de atributos e adicionar salas bônus novas.

Presenteador – adição de dois sub-chefes e missões exclusivas para cumprir… com recompensa que possam interessar.

Perante o sistema é isso que posso explicar, o resto deixarei para a sua própria experiência, tentativas, frustrações e descobertas… hahaha

Troféus / Conquistas

Dificuldade: 8/10

O jogo conta com 1 set de jogo base e 3 sets das atualizações complementares.
Talvez dê trabalho, pois alguns troféus podem exigir sorte ou habilidade…

De forma resumida, para o jogo base você deve:

  • Completar o jogo com as 3 classes base
  • Completar uma missão base
  • Saia da tela na par superior por 2 segundos
  • Obtenha 1 bugiganga de cada tipo na roda das maravilhas
  • Visite a sala dos tesouros
  • Derrote todos os sub-chefes possíveis
  • Equipe um item lendário
  • Intercepte uma mágima de cura do Xamã Orc
  • Receba 5 projéteis presos de 1 vez
  • Use habilidade 20x em uma sala
  • Obtenha 1 milhão de ouro (1M pontos)
  • Identifique todas as poções estáveis
  • Deixe um inimigo específico ressucitar 5 inimigos
  • Mate uma inimiga específica sem acertar suas miragens
  • Cravar 50 estacas de 1 só vez em um inimigo
  • Derrote uma sala do Caos
  • Instant Kill em 30 inimigos com uma habilidade específica
  • Estoure 3 bolhas sem atingir o chão
  • Destrua tudo de uma sala sem sofrer danos
  • Obtenha 10 inimigos para lutar entre si
  • Use um equipamento específico para curar um debuff
  • Use pedras específicas para rachar crânios
  • Deixe inimigos específicos completarem seu ritual
  • Use todas as habilidaes de cada classe uma vez
  • Colete e domine todas as relíquias originais

Para o update caçador de tesouro:

  • Colete peças do quebra-cabeça e desbloqueie uma recompensa
  • Sobreviva até o fim de um jogo semanal
  • Derrote uma mímica de baú de tesouro na primeira jogada
  • Vença o jogo com pelo menos dez relíquias
  • Aumente sua mana para 200
  • Aumente seu ataque para 1500
  • Aumente sua saúde para 800
  • Alcance nível 13 com algum personagem
  • Colete e domine todas as relíquias da atualização

Para o update presenteador:

  • derrote os 2 sub-chefes novos
  • Recompense o presenteador de forma generosa

Para o update druída:

  • Termine o jogo com a druída
  • Pontue 3 milhões
  • Termine o jogo com 90 tiros ou menos
  • Obtenha 999 peles de árvore uma de cada vez
  • Obtenha 1000 pilhas de espinhos no total em uma sala

Considerações Finais

Graficamente achei o jogo competente, e com uma arte carismática. Os personagens deformados que lembram o formato de uma bola de canhão torna o jogo cômico, e combina perfeitamente com a idéia de elementos de rpg. Os efeitos de luz são sutis e sem perigo quaisquer de epilepsia.

A trilha sonora entretanto não achei muito memorável, e não falo pela pouca quantidade de música, mas sim pelo tipo de arranjo não combinar muito com o estilo de jogo, na minha opinião. Talvez músicas mais agitadas e com maior variação de instrumentos pudessem dar uma impressão melhor.

A jogabilidade é arcade fiel ao bust a move / puzzle bubble, porém com a inversão de posições. As mecânicas implementadas para as habilidades respondem efetivamente ao querer criar combos e responder o timing para suas ações.

A progressão do jogo é feita de forma divertida perante as opções dadas no mapa e nas salas possíveis para exploração. A variedade de inimigos conforme avança no jogo e as novas possibilidades aumentam ainda mais o desafio e sua frustração de estados anormais combinarem o seu sofrimento (ou aproveitamento) nas salas.
A dificuldade em aprender a jogar com cada personagem é aplicada de forma coerente ao que é apresentado nos personagens, tornando uma variação no estilo de gameplay, somado com as diversas habilidades de cada personagem.

A performance do jogo não peca em nenhum momento, rodando em 60fps fixos e sem fechamentos repentinos.

De forma resumida, Roundguard se mostrou uma excelente combinação de puzzle, roguelike, física e RPG, com um sistema interessante para a mistura dos gêneros destacando a qualidade isolada do reconhecimento de ada um deles, com pitada de humor pastelão e desafio progressivo em moderado alto. Um jogo que certamente fará perder alguns minutos para descobrir todos os subchefes possíveis e querer deixar seu personagem carismático, cada vez mais forte.

Não sei se o jogo terá suporte para novas atualizações, mas espero que novos projetos, tão criativos quanto, possam aparecer pela Wonderbelly.

Então, escolha sua classe preferida e veja se a sorte, a matemática ou a paciência irão lhe ajudar a salvar o rei das masmorras…

Deixe uma resposta