Review / Tutorial: CrossCode

Ola, aqui é o Pena e voltando a programação normal, retorno com mais um RPG com cara ocidental, o CrossCode, que teve o financiamento inicial pelo projeto na Indiegogo em 2015 e teve o primeiro lançamento em 2018 para PC e agora em 2020 saiu para os consoles.

Ele é um RPG de ação repleto de puzzles e usa uma ideia de “simulador de MMO”, que utiliza gráficos em pixel art em 16bits, ao estilo dos jogos do SNES, repleto de humor para agradar os diversos fãs de vídeo game de diversas gerações.

Review feito usando a versão do PS4 (código cedido pela DANGEN Entertainment)

Titulo: CrossCode
Produtora: Radical Fish Games (site)
Distribuidora: DANGEN Entertainment (site)
Gênero: ARPG (RPG de ação)
Plataformas: Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One e PC
Mídia: Digital
Textos: Inglês

História

A história do jogo ocorre no mundo de CrossWorlds, aonde pessoas de carne e osso dividem espaço com Avatares de jogadores que acessam fisicamente esse mundo através de seus terminais e tem todos os 5 sentidos ligados ao seu personagem.

Aqui seguimos Lea, uma jogadora que foi colocada nesse mundo por ter perdido as suas memórias e aparentemente tem alguma ligação com esse mundo, mas quais são essas ligações?
Só jogando pra descobrir hahaahhaa

Personagens

Lea

Nossa protagonista, perdeu as suas memórias e pra ajudar mais ainda, o módulo de voz do seu avatar está danificado, impedindo que ela fale normalmente (bela desculpa pra usar uma protagonista silenciosa XD)

A classe do seu avatar é “Spheromancer“, que utiliza bolas energíticas (a.k.a “VRP”s) como principal ataque





Emilie-Sophie de Belmond

Jogadora novata que encontra Lea na área de iniciantes.
O que a Lea não fala, ela fala por ambas, sendo uma garota bem divertida. Usa o nick de “Emilienator” e é claro que ela é francesa por todos os termos franceses que ela usa nas suas falas (só faltou ela ter uma baguete como arma XD)

Sua classe é “Pentafist”, que foca em ataques físicos de curto alcance.

Gráficos

Como falei no começo, os gráficos são em 16bits, mas daqueles bem feitos, cheios de detalhes e variações nas artes, quem curte esse tipo de gráfico vai adorar jogar ele, já que tem uma boa variedade de inimigos e cenários pra curtir nele

Apollo e o seu “Objection” (ops, jogo errado XD)

Durante as conversas são apresentados artes mais detalhadas dos personagens sem esquecer as versões normais de fundo, aonde eles mantém as mesmas poses, mostrando que prestaram bastante atenção nos detalhes do jogo

Áudio

Emilia representa bem os jogadores XD

As musicas e efeitos sonoros do jogo também seguem a linha 16 bits, deixando o clima certo pra combinar com as imagens do jogo.
Os temas são bem gostosos de ouvir, tanto nas musicas das cidades como nas batalhas.
A seguir deixo a musica de quando você alcança o rank S de batalha (que eu vou explicar melhor durante a parte da jogabilidade)

Tema de batalha durante o “rank S”

Único detalhe é que não possui dublagem, mas levando em consideração que o jogo segue toda a linha de 16bits, é mais do que compreensivo isso. Pode ter certeza que não vai afetar a sua diversão nele.

Jogabilidade

Aviso importante!

Antes de entrar no jogo, você vai receber essa informação sobre a dificuldade do jogo.
Não tá ai de enfeite, as configurações básicas do jogo fazem com que os inimigos causem uns danos bem altos, além de deixar os puzzles bem rápidos, mas pelo menos da pra acertar conforme a sua habilidade (ou paciência :P)

Pessoal adora um detalhe “quadrado” nesse jogo, tenta achar todos 😛

Sendo um RPG de ação, as coisas ficam agitadas durante as batalhas, mas vamos por partes.
Aqui você pode usar ataques físicos, atirar as bolas energéticas, além de esquivar, bloquear e usar skills.

Pule aonde você conseguir alcançar

O sistema de pulo aqui é diferente.
Você não tem um botão especifico pra isso, basta chegar perto de alguma extremidade que de pra pular que você já pula, isso facilita bem a vida, mas saiba bem usar isso pra não cair nos buracos e lagos do jogo.
O uso do pulo será essencial na exploração, pois tem diversas elevações diferentes e tem muita coisa escondida, então aproveita pra mexer em cada canto do jogo

Usando o analógico direito (e provavelmente o mouse no PC), você inicia o modo de mira pra atirar as bolas energéticas.
Enquanto a mira está laranja, os tiros são fracos, mas pode ser utilizados em sequencia sem tempo de recarga

Já jogou bilhar? Se sim, então já tá familiarizado com esse sistema XD

Agora, caso não atire, após uns segundos, a mira fica vermelha. Além do próximo tiro ser mais forte, ele também ricocheteia nas paredes. Em combate não são tão úteis assim, só quando é exigido que acerte um ponto que em linha reta não dá.
Esse sistema de ricochete é mais utilizado nos puzzles, que vão exigir bem de você, pois vai precisar prever certos momentos pra destruir os obstáculos

Barreiras pra te atrapalhar, por sim oras 😛

Nas explorações e puzzles, você vai trombar com umas barreiras que estão ali só pra te atrapalhar.
As laranjas te impedem de passar, mas a bola energética atravessa ela, enquanto a azul é completamente intransponível, te vira pra achar o caminho certo hahahahah

Tem skill pra caramba, só usar as que você mais se adapta

Na parte do menu eu explicarei melhor como liberar as Skills, mas basta saber agora que você consegue utilizar 4 tipos de skills por circuito equipado, cada um com o seu modo de ativação.
Pra usar as skills, você precisa acumular SP, que são aqueles quadrados perto do HP. Eles carregam conforme você ataca.

Durante as batalhas você não pode acessar o menu principal, mas consegue ativar o menu rápido, aonde consegue usar itens de cura, ver status dos inimigos e objetos ao seu redor, como também acertar como a AI do seu parceiro ira agir.

Quando não está em batalha, no menu rápido tem o mapa. Aqui você consegue ver as areas da região que você já andou, colocar ícones pra lembrar de coisas que precisa fazer no mapa, como também ir pra outros pontos rapidamente.

Conforme você derrota os inimigos, o rank ali no canto superior direito vai subindo, iniciando em D e indo até S.
Aqui que a diversão das batalhas acontece. Conforme o rank sobe, tem mais chance de cair itens raros (alguns itens só caem quando está em pelo menos um rank especifico).
Caso mate todos os inimigos, entra num modo de contagem regressiva (a musica de batalha continua tocando também) e você precisa atacar novos inimigos pra continuar o combo.
Caso o tempo esgote ou você finalize o combo, o rank retorna pro D e todos os itens e exp recebidos são finalmente contabilizados.

Eu nem consigo falar esse numero, parece que to jogando Disgaea ahahahah

Se morrer antes disso, perde tudo e volta pro ultimo save point, que é o ultimo local que você entrou na área (jogo tem save automático a cada troca de área)
Detalhe importante, fora das batalhas, todo o seu HP é recuperado (aos poucos, mas é bem rápido), então você só vai precisar usar itens de cura durante as batalhas

Detalhe, esse esquema do “combo” só ocorre durante as explorações fora das dungeons, dentro delas não ocorre isso, já que nessa parte do jogo é focada mais nos puzzles. Ainda tem as batalhas, então não ache que tá a salvo lá dentro XD

Chip já quase sobrecarregado

Ao avançar no jogo, você vai conseguir elementos pra usar nos seus ataques, que são também utilizados nos puzzles. Cada elemento tem o seu próprio chip de evolução separado, sendo que ao alterar o chip durante a batalha, todos os status bônus são alterados, então tanto o seu HP, como ataque e defesa mudam juntos.
Ponto pra ficar esperto, caso use demais os elementos, há uma sobrecarga e fica um tempo sem poder usar

As quests também dão exp, então tem chance de subir de nível no meio da cidade

Como todo RPG, temos leveis aqui também. A cada nível, além de aumentar os status da Lea, você também recebe 1 CP (Chip Point), que são utilizados para liberar as técnicas, que daqui a pouco eu já abordo essa parte

Menu Principal

Não vai ter tudo liberado de começo. Pelo menos você pode salvar o jogo em qualquer ponto

No menu principal você tem diversas opções, então vamos no “geralzão” primeiro antes de entrar nos detalhes:

  • Quests: Lista todas as quests do jogo, ativas e concluidas;
  • Circuits: Aonde você customiza as skills da Lea;
  • Equipment: Área pra acertar os seus equipamentos;
  • Inventory: Lista com todos os seus itens;
  • Party: chamas os outros jogadores pra te acompanhar;
  • Status: mostra um geral da Lea;
  • Records: Aonde diversas informações do jogo são encontradas;
  • Save: Pode salvar em qualquer momento do jogo, com exceção durante as batalhas e conversas;

Quest

Quests com detalhe vermelho e uma exclamação são “elites”, mais difíceis mesmo pro nivel recomendado

Aqui você consegue ver todas as suas quests ativas e concluidas, alem de saber o que falta fazer nelas e o que já foi feito.
Bom que tem bastante detalhes nas listas, principalmente quando uma missão depende de outra, elas ficam demarcadas juntas, assim não tem como ficar perdido.

Todo NPC com uma quest ou continuação de uma tem essa exclamação na cabeça, assim você não precisa conversar com todo mundo da cidade 😛

Circuits

Todos os circuitos já liberados

Aqui é o ponto que você vai customizar a árvore de habilidades da Lea.
A quantidade de CPs que você recebe é igual pra todos os chips, mesmo pra aqueles que você não conseguiu ainda, então se quando você conseguir o próximo já tiver um total de 44 CPs liberados, já tem essa quantidade para uso no novo chip

como é a árvore de técnicas do chip neutro

Na árvore de cada chip você vai liberando as habilidades e em partes que de bifurcações, mesmo que você libere um lado, pode trocar para o outro quando quiser sem custo extra, mas não é possível ativar os dois lados da bifurcação ao mesmo tempo, pois as skills ativas ficam no mesmo comando.
Também tem o detalhe que a evolução fica “travada” por itens que você consegue durante o jogo, então não adianta chegar no nível 99 logo no começo que não vai dar pra liberar tudo logo de inicio 😛
Também tem como resetar a configuração do chip, mas vai precisar de um item especifico que é meio chato de conseguir, geralmente só consegue ao passar alguma parte da história.

Equipment

Equipamentos com os modificadores no lado

Aqui você pode equipar seus itens na Lea, tendo espaço para 1 capacete, 2 armas, 1 busto e 1 bota.
Cada equipamento pode ter modificadores que aparecem na lista de “Modifiers”, que adicionam técnicas extras, como regenerar HP, maior resistência a certos ataques, etc.

Inventory

Gotta catch them all!!!!!!

Aqui você consegue ver todo o seu inventario, nada muito fora do normal.
O detalhe é que conforme você avança no jogo, são adicionados uns “add on” que você pode ativar ou desativar nesse menus.
E sempre leia as descrições, tem muita coisa referencia ali 😛

Party

Aqui você chama os outros jogadores pra participar do seu grupo, como também pode entrar em contato com eles e bater um papo (bem, ouvir eles falarem né XD) e pegar umas curiosidades sobre eles.

Não tem como alterar os equipamentos deles, afinal estamos num “jogo online” e você não tem como mexer na conta de outro usuário né XD

Status

Aqui é um sumário de todos os status da Lea, mostrando as resistencias e equipamentos dela.
Da pra ir direto na sessão de equipamentos daqui.

Records

Nem tudo está liberado no começo

Algo que todo RPG deveria ter, um glossário e outras informações pertinente ao jogo com fácil acesso.
Aqui tem diversas informações, mas não vou entrar em todos os detalhes pois irei me estender demais, mas basta dizer que tem muita coisa aqui pra ver, mas vou falar da parte de “Trophies”.

Tive que matar o Sonic, nãããããããããããããããooooooooooooo!!!!!

A parte de troféus é interessante pois, além de conseguir ver os troféus do sistema, ele tem diversas conquistas internas, mas MUITO mesmo.
Tá tudo bem separado, mas nem tudo mostra o que você precisa fazer. Se gosta de desafio, aproveite 😛

Sistema de troca de itens

Gurren Lagann aparece nas referencias, Capitão América ficaria orgulhoso XD

No jogo você tem como comprar itens só com dinheiro, mas a maioria dos itens bons você vai precisar achar os materiais necessários pra criar eles, além do dinheiro, claro.
Pelo menos fica tudo bem visível o que você consegue ou não comprar logo de cara.

Extras

Tem mais conteúdo a caminho

Conseguiu fechar o jogo? Se você moscou e não conseguiu fazer o final verdadeiro, não vai precisar re-jogar tudo, depois dos créditos você tem a oportunidade de acertar os seus erros e deixar o save pronto pro Pós-game, quando ele for liberado.

Menu da arena

Apesar de não ser exatamente um extra de final, já que libera ANTES de fechar o jogo, tem a arena no jogo também. Coloquei ela na parte de extras pois libera praticamente no fim, então não vai dar pra aproveitar ele durante boa parte dele.

Cada rank tem umas batalhas separadas e dependendo da pontuação, você recebe uma pontuação e um rank, assim ganhando moedas de arena que são usadas somente na loja dela.
Um detalhe é que cada batalha tem um limite de moedas que você ganha e só ganha mais se passar a sua pontuação anterior.

Na loja tem varias categorias, entre equipamentos e itens que mudam a aparecia da Lea, mas vai precisar batalhar bastante pra comprar elas 😛

Conquistas e troféus

A lista de conquistas difere bem entre o PC e os consoles.
Enquanto no console você precisa “apenas” finalizar o jogo (repare que isso é ironia, pois só isso já da um belo trabalho), a versão pra a Steam vai além, tendo que fazer diversas ações extras dentro do jogo, o que vai lhe tomar um belo tempo.

E isso eu to falando somente das conquistas de sistema, pois se você for tentar fazer todas as conquistas dentro do jogo é outra história, ai que você vai ficar preso no jogo por um bom tempo (bem, ele é um simulador de MMO, então pegaram bem a ideia XD)

Conclusão

Ta sentindo a nostalgia de jogar coisa da época do 16 bits sem querer repetir jogo?
Então aproveita CrossCode, além de ter forte influencia dessa época, ele consegue manter uma própria identidade, tendo um bom humor e jogabilidade excelentes.
A história tem uma pegada legal, lembra outros jogos que utiliza o ambiente de MMO, quem curte esse tipo de temática vai adorar e se você gosta de piadas e referencias que fariam o Capitão América ter um infarto, aproveita que isso tem de tonelada, pra tudo que é lugar que você vai.