Review / Tutorial: The Serpent Rogue

* Esta análise foi feita com o código cedido pela Team17 (versão PS5)

Distribuidora: Team17
Produtora: Sengi Games
Plataforma:  PS5 / Xbox Series S/ Xbox Series X / Switch / PC
Mídia: Digital
Ano de Lançamento: 2022

The Serpent Rogue é um roguelike de sobrevivência onde um alquimista precisa purificar a corrupção que assola seu mundo.

UM GUARDIÃO SEM NOME

Você controla um alquimista que se torna um guardião, destinado a derrotar a grande Corrupção que assola o mundo.
No entanto, você não é o primeiro a tentar tal feito e pode também não ser o último…

Solomon viu todos os guardiões falharem: será você aquele capaz de derrotar a Corrupção?


Guiado por Solomon, um misterioso mestre que esteve presente durante as outras tentativas, você tem apenas a sua perspicácia e o conhecimento alquímico para sobreviver.
Solomon irá ensiná-lo apenas o básico: o resto fica por sua conta!

UMA ÁRDUA JORNADA

The Serpent Rogue não é um jogo fácil, que fique bem claro.
Nas primeiras horas ele vai te colocar de joelhos e te fazer implorar por ajuda, mas ela não virá!

Coletar recursos é boa parte do processo de aprendizagem


Observe o ambiente e os inimigos, descubra suas fraquezas, colete e analise itens e, aos poucos, as respostas virão!
Grande parte do charme do título está no fato de que você precisa aprender com suas descobertas e seus erros.

Alguns itens podem ser perigosos… corra para poder analisá-los antes que eles o matem


O pensamento lógico irá ajudá-lo quando você não encontrar as fórmulas prontas de poções e tiver de criá-las na tentativa e erro, desperdiçando preciosos componentes a cada erro.
Como parte da graça é justamente descobrir por si próprio, não entrarei em detalhes sobre os ingredientes necessários ou como obtê-los, mas apenas um exemplo: eu estava sem carvão para a forja, vasculhei o mapa e nada, carvão parecia não existir em nenhum lugar.

Testando como fazer carvão vegetal…
… super efetivo!


Foi quando eu me questionei como era feito o carvão no mundo real e percebi que o carvão vegetal era feito com troncos de árvores queimados.
Resolvi experimentar para ver se obtinha algum resultado. Parti para o campo com uma tocha e coloquei fogo em uma árvore: voilà! Obtive o tão raro carvão!
Este é apenas um dos exemplos de como o raciocínio lógico pode ajudá-lo neste jogo.

DOMINANDO FAUNA E FLORA

É preciso saber quais recursos procurar e onde encontrá-los: plantas, águas pantanosas, baús trancados, inimigos, animais e bolsas abandonadas por outros guardiões.
Aliás, sempre que morrer, você precisa voltar para resgatar seus itens, incluindo até mesmo as armas e, caso morra durante a busca… você perde os itens de vez! Daí a importância de guardar sempre alguns itens nos baús metálicos.

Baús metálicos são ideias para armazenar tens importantes e evitar perdê-los ao morrer


Sempre que encontrar um novo item, você precisa analisá-lo em uma mesa de pesquisa, que indicará a quantidade necessária do mesmo componente até que suas propriedades sejam conhecidas.
Após conhecer o ingrediente de fato é que a fase da experimentação começa.

Sempre analise os novos itens encontrados


Algumas poções, receitas de alimentos e forja de acessórios podem ser encontradas em pergaminhos, mas você acabará descobrindo mais ao testar combinações.
Ao descobrir uma fórmula simples, você pode testar substituindo um componente por outro mais forte e ver o resultado, ou modificar um componente transformador, para obter outro resultado. Lembrando que nem todos os experimentos darão certo, caso a fórmula testada esteja errada.

Cuidado para não confundir os botões de equipar e consumir…


O Laboratório fica na Casa Abandonada, mas você pode carregar (e construir) um Laboratório Portátil, que será muito útil para experimentar e criar itens durante a jornada, sem precisar retornar à sua “base”.
Nos Acampamentos há sempre uma Forja, onde você pode criar armas, tochas, pás e outros itens (como gazuas para arrombar fechaduras), além de poder melhorá-los, adicionando propriedades extras.
Ah sim, importante ressaltar que todos os equipamentos sofrem desgaste conforme o uso, então tenha certeza de ter reservas, especialmente durante as lutas.

A Forja permite criar novas ferramentas e armas, além de poder melhorá-las


A fome é outra característica a ser observada, além da vida do personagem.
A barra verde indica a saciedade do protagonista, que serve também como base de estamina. Conforme perde vida, a saciedade é consumida aos poucos, recuperando a força vital do personagem, mas aumentando sua fome.
Receitas podem ser preparadas em fogões de pedra ou pequenas fogueiras em meio aos cenários; alguns ingredientes podem ser consumidos em seu estado natural, mas alguns alimentos crus irão “envenenar” temporariamente.

Frutas sempre podem ser consumidas livremente


A barra de saciedade mantém o personagem forte nos golpes, mas também serve para recuperar sua vida, como citado acima.
Para acelerar o processo de cura, você pode sentar-se em um banco ou dormir em uma cama (ajudando na passagem de tempo e mudanças no cenário).
A cura direta, no entanto, pode ser obtida com poções de cura.

A viagem rápida pode ser acionada via mapa, desde que você não esteja em combate, sendo perseguido ou com peso extra
Até mesmo chefes podem ser domesticados


Os animais podem ser domesticados após análise e satisfação de suas necessidades (envolvendo o alimento correspondente à raça).
Animais em estado normal não irão atacá-lo se não forem provocados, mas animais corrompidos atacarão conforme você se aproxima (para evitar a detecção, você pode camuflar-se com plantas).

O Poço dos Desejos oferece um receptáculo de purificação ao preço de 100 moedas
Um receptáculo pode ser carregado por um aliado ou destruído para gerar poções de purificação


Poções de purificação podem remover a corrupção dos animais e inimigos, porém não podem ser criadas, como as demais poções: para obtê-las, é necessário depositar 100 moedas de ouro no Poço dos Desejos, sendo o dinheiro encontrado em baús, inimigos ou ao completar missões de entrega de poções na barraca perto da Casa Abandonada.

Moedas podem ser conseguidas completando pedidos de entrega de poções…
,,, ou através de baús (alguns precisam ser arrombados, outros precisam de moon stones)

ALIADOS

Há dois principais NPC’s que o ajudarão em sua jornada: o Coveiro e o Capitão do Porto.

O Coveiro trás de volta a pessoa amada o seu aliado morto


O Coveiro ressuscita aliados (e inimigos) ao preço de pás... sim, ele não trabalha apenas com dinheiro, mas também ao preço de pás (lembre-se de criá-las e guardá-las nos baús de prata).

O Capitão do Porto recebe carregamentos de prisioneiros via navio…


Já o Capitão do Porto é uma figura mais controversa…
Um grande rato manco que recebe humanos escravizados e acorrentados (vivos ou mortos) e os comercializa ao preço de ouro.

Prisioneiros do navio podem ser contratados como aliados


Os aliados recrutados através do Capitão do Porto, bem como os animais domesticados, ficam ligados a você, podendo ser levados a campo para ajudá-lo em missão ou mandados para o Acampamento, para serem requisitados posteriormente.

É possível assumir a forma de animais, seja pelo uso de poções ou totens de transformação
Aliados e animais domesticados podem ser enviados ao Acampamento quando você estiver em missão solo


Outra alternativa para os animais são as poções: poções de criação geram animais automaticamente obedientes; há também poções para transformar-se no animal específico.
Galinhas são úteis no Acampamento, podendo colocar ovos para alimentação, desde que devidamente alimentadas (você pode, inclusive, transformar-se em uma galinha e colocar você mesmo os ovos!).

LUTANDO CONTRA A CORRUPÇÃO

A corrupção que afeta animais e plantas, cria barreiras em algumas áreas, impedindo seu avanço.
Para tal, é preciso criar um receptáculo de purificação através do Poço dos Desejos e ter ao menos um aliado humano para carregá-lo. Feito isto, basta posicionar o receptáculo abaixo da barreira a ser purificada e o caminho será aberto.

Receptáculo de purificação limpando a área


Parece fácil, não?
É, mas é só pela descrição breve.
Áreas repletas de inimigos corrompidos estão espalhados à volta da área corrupta e animais/monstros de maior porte fazem a proteção direta da área.
Nestas batalhas, é recomendável levar o maior número possível de aliados (quatro) fortes e poções para lidar com o chefe, como dano, queimadura, etc.
Os chefes também podem ser analisados e domesticados.

Nem só a corrupção serve como barreira…
Cuidado ao se aproximar dos chefes… olha o tamanho da área de ataque desse!
Pequena dica: se dois chefes estão próximo, ao purificar um, você os torna inimigos naturais entre si…


Inimigos corrompidos estão soltos pelos campos, ou em casulos de corrupção, que explodem conforme você se aproxima.

Casulos de Corrupção explodem com a proximidade…
… liberando inimigos corrompidos
Não esqueça de levar aliados


Além disto, existem tempestades de corrupção, que podem matá-lo em pouco tempo.
Um indicador no alto da tela mostra a porcentagem de aproximação da tempestade.
Quando estiver na marca de 90% ou mais, apenas corra para outra área, pois logo você será acertado por descargas de energia vermelha.
Os itens derrubados durante a morte nestes casos também não são perdidos (apenas moon stones).

Tempestades podem matá-lo rapidamente

DEVASTADA ARTE

O gráfico de TSR possui modelagens 3D combinadas ao estilo cell shading, com uso de ashuras em algumas partes dos cenários.
As cores mais opacas dos cenários e personagens contrastam com o vermelho vibrante da corrupção e as cores vivas de algumas poções e status aplicáveis.

Chegando de carruagem para resolver os problemas da Corrupção
Por que os olhos tão grandes, Vendedor?
Diferentes chapéus estão atrelados às ações do jogador (e aos troféus)


Os cenários grandes e abertos são modificados pelo sistema procedural de geração a cada tempestade de corrupção que assola os campos. Os demais mapas não sofrem alterações.

Campos devastados e pântanos compõem boa parte dos cenários…
… e, claro, tempestades, MUITAS TEMPESTADES!


A trilha sonora utiliza belas composições, com uso de corais e violão (e bandolim, se meus ouvidos não me enganam).
As músicas possuem um estilo medieval, com um quê renascentista (fazendo referência aos médicos que utilizavam a máscara de corvo).


CORRUPTA PLATINA

A platina de TSR não é difícil, mas exige bastante tempo e uma boa dose de farm nos itens.
Completar a lista de criaturas e de componentes do jogo, fazer todos os tipos de poções, gastar 500 alimentos para avançar o tempo enquanto dorme, remover os status negativos de você ou um aliado um determinado número de vezes (para cada status listado nos troféus), coletar 500 moedas de ouro (se você gastar, a contagem reseta), etc, compõem a lista de troféus, o que vai lhe consumir um bom tempo (mas não nenhum troféu que possa ser perdido).

A camuflagem com arbustos pode ajudá-lo a passar despercebido entre inimigos

RESUMO DA ÓPERA:
The Serpent Rogue é um survival sem grandes tutoriais, onde cabe ao jogador descobrir a maior parte do que irá precisar.
Persistência é a palavra-chave aqui, sem ela você não irá conseguir avançar.

Fuja hoje para lutar amanhã!


Belos gráficos e uma soberba trilha sonora disputam espaço com um gameplay preciso, mas bastante punitivo.
The Serpent Rogue é, tecnicamente falando, um jogo curto de ser concluído, porém descobrir como realizar as tarefas acaba por fazê-lo mais longo.
Uma experiência intrigante e diferente, para os fortes de coração que sobreviverem à jornada.