Review / Tutorial: Relayer

Ola, aqui é o Pena e hoje vamos com dois dos meus gêneros favoritos em jogos, SRPGs e Mechas, com o jogo Relayer.

O jogo foi produzido pela Kadokawa Games, produtora de jogos como God Wars: Future Past e o Natural Doctrine (e publicou o Langrisser I & II), enquanto a publicação dele ficou a cargo da Clouded Leopard, da qual já publicamos review deles com o Wing of Darkness e o Marchen Forest.

O jogo teve lançamento global em Março de 2022, até o momento somente para PlayStation 4 e PlayStation 5. No seu lançamento ele recebeu versões físicas padrão e limitada no oriente, todas com inglês e outras línguas ocidentais integradas, enquanto a versão física ocidental foi produzida pela Red Art Games com lançamento em Maio de 2022. Os links pra importação estão mais abaixo no post.

Acima tem um vídeo com o unbox da edição limitada japonesa, com os comentários em português e com legenda em inglês inclusa no Youtube.

Review feito em base da versão para PS4. Código cedido pela Clouded Leopard Entertainment

Titulo: Relayer
Produtora: Kadokawa Games
Distribuidora: Clouded Leopard Entertainment
Gênero: SRPG / Turno
Plataformas: PlayStation 4 e PlayStation 5
Mídia: Físico e Digital
Textos: Inglês, Italiano, Espanhol, Alemão, Japonês, Coreano e Chinês Tradicional
Dublagem: Inglês e Japonês

Versão Padrão
(Com Inglês)
Versão Limitada
(Com Inglês)
Versão Padrão
Versão Padrão
Versão Padrão
(Com Inglês)
Versão Limitada
(Com Inglês)
Versão Padrão
Versão Padrão

História

Num futuro próximo, os humanos já iniciaram a colonização espacial, avançando a sua influência até Marte, tendo tecnologia para criar mechas gigantes e outras maravilhas mecânicas.

Nesse período, uma área da Terra sofre um evento estranho, perdendo a sua gravidade e lançando tudo que se encontrava lá no espaço. Isso foi devido ao ataque da raça alienígena conhecida como Relayer, que deseja acelerar a destruição do universo e agora iniciou o seu ataque no Sistema Solar.

Agora pra contra-atacar essa ameaça estamos no comando das Crianças Estelares, humanos que receberam a vontade de planetas e outras estrelas, ganhando a habilidade de controlar partículas gravitacionais e com isso pilotar mechas especiais chamados “Stelar Gear”.

O jogo não apenas esbarra, ele vai de encontro direto com diversos clichês e tropes de animes, misturando a ficção científica com mitologia grega e uma enxurrada de referências astronômicas, que mesmo com tantos clichês, tem um desenvolver da história gostosa e com alguns eventos bem interessantes que mantém a atenção do jogador até finalizar a campanha.

Gráficos

O jogo divide bem como apresenta a sua campanha. Durante os combates temos gráficos em 3D de alta qualidade em cenários enormes sem ser num terreno “flutuando no espaço” que nem boa parte dos SRPGs são e durante as animações de ataques essas cenas também ocorrem dentro do mesmo cenário, o que aumenta em muito a imersão do jogo.

Já durante as conversas temos as artes em 2D dos personagens seguindo a linha de novels, mostrando eles com o fundo do cenário e em alguns pontos artes mais detalhadas para apresentar melhor o contexto da história. Pelo menos aqui as artes dos personagens tem alguns movimentos, mesmo que simples, mas já dão uma melhor dinâmica nesses pontos.

Áudio

Não temos uma quantidade muito grande de musicas no jogo, o que acaba repetindo bastante durante a campanha, mas elas são bem feitas e combinam bem com os ocorridos e batalhas do jogo, então não enjoa o jogador.

Como encontrei a OST do jogo no Youtube, vou postar ela aqui pra você curti-la enquanto termina de ler o review.

O jogo tem dublagem em inglês e japonês nas partes mais importantes do jogo, ai caso prefira deixar em japonês pra manter o clima anime dele, segue alguns dos dubladores:

  • Satomi Akesaka: dubladora da Terra, faz a Esdeath do Akame ga Kill!
    e a Usalia do Disgaea 5;
  • Mariko Honda: dubladora da Mercury, faz a Uzume da série Neptunia
  • e a Rindo do Seven Pirates;
  • Moe Toyota: dubladora da Luna, faz a Sakura do Beyond the Boundary
  • e a Sandra do Arc of Alchemist.

Jogabilidade

Como a maioria dos jogos de estratégia, ele é dividido entre o preparo pras batalhas e as batalhas propriamente ditas.

Logo no começo do jogo você pode escolher entre três dificuldades, mas não se preocupe, caso ache que está muito fácil ou difícil, é possível trocar ela antes de iniciar as batalhas no menu do jogo, assim não fica preso numa partida que não está agradando.

Nota: Vale informar que o review foi feito em base da versão 1.07 do jogo, que além de adicionar certas mecânicas extras, muda alguns detalhes de interface, então se você não atualizar o jogo ao usar e versão física, a experiência varia um pouco.

Preparo pras missões

Entre cada sequencia da história temos o preparo para as missões com algumas divisões que ajudam bastante na hora de customizar os seus personagens e mechas.

Deploy

Nessa sessão temos 3 opções, sendo que a ultima só libera depois de fechar o jogo, então explicando as 2 restantes:

  • Main Story: Nessa parte vamos para a próxima parte da história, independente de ter ou não uma batalha. Vale ficar atendo que algumas partes tem mais de 1 batalha em sequencia;
  • Battle Simulator: Aqui é o ponto com foco pra evoluir os seus personagens, sendo que aqui temos uma versão direta dos combates da história separadas e algumas batalhas exclusivas dessa sessão.

Train

Essa interface com o “Hangar” é das atualizações

Essa área é aonde configuramos todos os personagens e mechas para os combates, sendo que cada área tem suas telas próprias.

Em Prepare podemos equipar os mechas com as armas e outros equipamentos, seguindo as classes bases de cada personagem, enquanto também podemos alterar as profissões de cada piloto e as técnicas passivas deles.

Cada personagem tem uma “classe geral”, sendo eles:

  • Assaulter: Focado no ataque de curta distância, pode equipar espadas de duas mãos, espadas de 1 mão e metralhadora;
  • Tank: Focado na defesa e chamar a atenção dos inimigos, pode equipar espada de uma mão e escudo, além de metralhadora;
  • Sniper: Focado no ataque a longa distância e apoio as outras unidades, pode equipar rifles, espada de 1 mão e metralhadora;
  • Scout: Focado mais no apoio das outras unidades, pode equipar Bits, espada de 1 mão e metralhadora.

Um ponto importante daqui é que existe duas caracteristicas pra ataque e defesa:

  • ATK & DEF: Essa são as caracteristicas utilizadas para ataque e defesa de equipamentos físicos, que tem o símbolo do equipamento da cor amarela;
  • G-ATK & G-DEF: Essa são pros ataques que utilizam poderes gravitacionais, sendo que os equipamentos tem seu símbolo na cor roxa.

Cada personagem tem uma afinidade própria pra cada um desses pontos, então utilizar equipamentos que usam a sua melhor característica é muito recomendado.

Na hora de equipar as profissões, precisa se atentar que existem técnicas que são exclusivas pra as profissões, mas pelo menos as técnicas exclusivas dos personagens são utilizáveis em qualquer configuração depois de libera-las. Cada personagem também pode equipar até 4 técnicas passivas que ajudam bastante nos combates.

Na área “Star Cube” é aonde liberamos as novas técnicas de cada personagem utilizando JP adquiridos nos combates. O JP é geral para as profissões do personagem, então não precisa trocar de profissão pra aprender melhorar outras profissões. Aqui segue a linha de grid, aonde precisa liberar um nó para seguir pra a nova técnica.

Quando você aprende todas as técnicas de uma profissão, libera o acesso pra a próxima profissão e no caso, quando faz isso na profissão inicial é dada a escolha de qual caminho deseja seguir. Pense bem qual utilizará, já que você não pode seguir pra a outra linha até terminar a que escolher, algo que só vai acontecer provavelmente DEPOIS DE FINALIZAR O JOGO.

Seção adicionada pelas atualizações gratuitas

Com as atualizações, adicionaram a seção do “Hangar“. Aqui você pode melhorar as caracteristicas de cada um dos mechas do seu grupo, aumentando o seu poder de fogo e resistência. Caso consiga completar a melhoria deles, um bônus é adicionado que ativa assim como as técnicas passivas dos pilotos.

Nota sobre DLC: caso compre as DLCs dos mechas extras, eles aparecem aqui e dão a opção de troca entre as máquinas.

Em Shop entramos na loja do jogo, aonde podemos comprar e vender os equipamentos conforme desejar.

Essa interface da loja foi modificada com as atualizações, ficou mais prática.

Na hora de comprar os equipamentos é possível compra-las separadas ou usar a opção “Try On” e verificar como o equipamento altera o status do personagem.

Em “Weapon Modification” podemos melhorar as armas usando dinheiro, indo do valor base até o “+3”, sendo que na próxima alteração a arma muda de forma e depois não pode receber melhorias.

Aleatoriamente pode ocorrer de criar uma arma do tipo “Dark Side”. Essas são armas mais poderosas dentro o rank que ela está, mas tem um porem, equipar elas causa dano na unidade a cada turno, então preste bem atenção se vale a pena utiliza-las.

Em “Inventory” temos uma visão geral de todos os itens e equipamentos do grupo, mas é só visualização mesmo, não é possível equipar nada a partir desse menu.

World Map

Apesar do nome não ser exatamente o que mostra, no World Map temos uma explicação dos pontos que passamos durante a campanha, liberando conforme avança nela. É interessante pois aqui tem uns detalhes que podem passar batido durante a partida normal.

Ship

No setor “Ship“, conforme avançamos na campanha, aparecem conversas não obrigatórias com os personagens do Asterism. Essas conversas são mais pra conhecer mais um pouco dos personagens mesmo, então caso queira faze-las, é aconselhável fazer assim que aparecem, pois podem sair dai sem segunda ordem.

Se entramos no “Space Ship Library“, temos acesso as informações gerais que foram liberadas durante a campanha, como comentários sobre os personagens, mechas, locais e armas. Numa das atualizações deixaram mais fácil a visualização dos equipamentos pra ajudar saber quais ainda não foram encontrados.

Nota sobre DLC: Caso compre a DLC das histórias paralelas, a parte do “Special” é aonde você encontrará elas, mas só aparecem depois que você avançar em pontos específicos da trama.

Batalhas

As batalhas do jogo são por turno, variando a sequencia dos turnos pela velocidade de cada um dos pilotos, que você pode acompanhar a sequencia pela parte superior direita com as fotos dos personagens.

O alcance dos ataques é fixo pelo equipamento e não acerta em intervalos, somente na distância exata

Nesse jogo o alcance do ataque padrão varia da arma equipada e como não é possível troca-las durante o combate, precisa calcular bem o que pretende usar nelas, já que o v. Segue os alcances padrão de cada uma delas:

  • Espadas (1 e 2 mãos): 1 quadrado de distância;
  • Metralhadora: 2 quadrados de distância;
  • Rifle: 3 quadrados de distância;
  • Bits: 4 quadrados de distância.
Uma das cenas de batalha

Caso você ou um inimigo ataque alguma unidade que utilize uma arma com o mesmo alcance, pode ocorrer um contra-ataque, então é ideal evitar isso, dependendo da necessidade.

Exclusivo pra armas com 1 quadrado de alcance, caso uma unidade com esse tipo de equipamento esteja do lado de um rival e uma unidade aliada (isso funciona para os inimigos também) que também usa um equipamento de combate corpo-a-corpo consiga alcançar o lado oposto do seu companheiro, aparece esse “B” (de back-slash). Posicionando a sua unidade ali e iniciando um ataque, caso o adversário não morra no primeiro ataque, o companheiro usa um ataque extra contra ele.

Todos os pilotos possuem técnicas aprendidas lá no Star Cube. As ativas necessitam de SP que recarrega conforme passa os turnos e a sua utilização varia entre suporte com buffs e debuffs, como também cura.

É possível verificar o alcance de ação dos inimigos, assim tem como montar estratégias melhores a partir dessa informação.

Nesse jogo temos também o sistema de “Aggro”, que é uma contagem que aumenta e diminui dependendo das ações das unidades. Quanto maior esse número, maiores são as chances dele ser o próximo alvo do adversário caso esteja dentro do seu alcance de ataque. Saber usar isso ao seu favor é uma das estratégias mais recomendadas aqui.

Mais anime que uma espada de energia gigante não existe ahahaha

Algumas técnicas, como os ataques “Big Bang” não usam SP, mas uma porcentagem da barra de poder gravitacional, que carrega conforme os combates ocorrem. Essa barra é geral pro grupo todo, mas saber usar esses comandos nos momentos certos pode virar o combate ao seu favor.

Extras

Depois que você finaliza o jogo libera o New Game +, podendo iniciar a partida com o que desejar da campanha anterior.
Além disso, também libera o nível de dificuldade “Muito Difícil” pra aqueles que querem mais desafio e também a opção da história ser narrada pela Terra ou pela Luna, o que varia a experiência geral do jogo.

Também libera um pós game na sessão “Asterism Expedition Log”, trazendo 35 novas missões e uma história paralela que varia um pouco da finalização do jogo, com vários itens que só são encontrados nesse ponto do jogo.

DLC

O jogo tem um passe de temporada com alguns conteúdos variados, dentre eles temos:

  • Ao comprar o passe já libera itens pra ajudar no inicio da campanha;
  • 3 histórias paralelas que mostra a interação entre os personagens duma forma mais engraçada (já está disponível, mas precisa avançar na campanha pra liberar);
  • 4 novos mechas para a Terra, Sun, Mercury e Uranus, sendo versões melhoradas dos mechas base delas. Até o momento somente o Artoria NEXT, que é o da Terra está disponível.

Agora as histórias e mechas estão a venda separados do passe de temporada, caso queira apenas algo especifico.

Troféus

Como você pode deixar na dificuldade que preferir sem afetar os troféus, fechar o jogo não é muito complicado, mas ele exige um grind pesado pra conseguir todos os troféus e ainda depende de sorte pra conseguir alguns itens que demoram pra cair. Entre os mais trabalhosos temos:

ConquistaDescrição
Weapon MasterObter todos os equipamentos do jogo.
Observer of the StarsCompletar a bibilioteca
Skill MasterLiberar todas as habilidades de todos os personagens
Loot MasterAbrir todos os baús do jogo.

Conclusão

Um pouco de fanservice sempre vem bem hahahaha

Relayer traz um jogo de estratégia com mechas que mesmo indo de frente com diversos clichês de animes, ainda é bem agradável de jogar.

Os gráficos 3D durante as batalhas são um dos pontos forte do jogo que, mesmo não tendo uma variedade tão grande de unidades e ataques, tantos os models dos mechas como dos cenários são extremamente bem feitos.

As musicas do jogo são boas, mas em pouca quantidade, então você escutara as mesmas musicas várias vezes durante a campanha, mas pelo menos não são enjoativas e combinam bem com o clima do jogo, além de todas as partes importantes do jogo terem dublagem.

A jogabilidade durante os combates de estratégias é bem feito, podendo variar as técnicas e armas dos mechas, aumentando bastante o nível de estratégia dele, além de algumas mecânicas interessantes com os especiais e técnicas especificas dos personagens.

No geral, se você gosta de jogos de estratégia e mechas, esse é uma boa pedida pra jogar, trazendo uma história razoável mas com combates excelentes.