Review / Tutorial de Wild West Crops

* Esta análise foi feita com o código cedido pela Ratalaika (versão PS4/PS5)

Distribuidora: Ratalaika Games
Produtora: LightUp
Plataforma:  PS4 / PS5 / Xbox One / Xbox Series S / Xbox Series X / Switch / PC
Mídia: Digital
Ano de Lançamento: 2021/2022



Wild West Crops é um jogo de plataforma 2D, onde uma invasão de vegetais mutantes precisa ser combatida pelo destemido El Gatito.

El Gatito vivia em uma pacata cidade do oeste, até que um meteoro caiu dos céus… e transformou vegetais em humanoides mutantes.

Cuidado com aquilo que deseja…


As planícies estão infestadas de vegetais assassinos, mas El Gatito está preparado com seu revólver e seu arsenal de coquetéis molotov.
Conforme avança pelas fases, novas armas são encontradas, como o revólver com tiro longo e o revólver de tiro contínuo.

Com triângulo você verifica seu inventário e também pode conferir o minimapa


Para avançar pelas fases, alguns portões pedem que alavancas sejam ativadas ou abrem-se quando todos os inimigos da área são mortos.
Portões especiais pedem que uma chave seja utilizada.

Alavancas abrem portões para passagem


Ao longo da jornada é possível coletar moedas, que servem para comprar upgrades de vida ou itens de cura, representados por uma jarra de leite e um copo de leite, respectivamente.
Baús contêm uma grande quantidade de moedas, esteja atento a eles.

Baús possuem uma boa quantidade de moedas
E uma vez coletadas…
… podem ser gastadas em upgrade e recuperação de vida


Falando dos inimigos, os tomates (que são frutas, mas ok) são os inimigos básicos, que apenas avançam em sua direção, já as cenouras correm rapidamente, enquanto as espigas de milho disparam grãos em três direções diferentes.
Temos também inimigos voadores e outros inimigos que disparam projéteis, embora plantados no mesmo local (alguns vegetais eu não identifiquei, não por culpa da arte, mas do meu pouco conhecimento das plantas mesmo).

Enquanto os tomates são inimigos básicos e não apresentam grandes problemas
As cenouras são corredoras natas


Os chefes são grandes, possuem grandes barras de HP e são bem agressivos.
Tive morte instantânea no encontro com o primeiro deles e sofri pra derrotar o segundo.
Ao derrotar um chefe, fica disponível um upgrade do personagem, como a habilidade de segurar-se nas beiradas das plataformas, permitindo alcançar alturas maiores.

Os chefes são bem agressivos
Mas liberam bons upgrades de personagem
Como a habilidade de pendurar-se em beiradas


A arte 2D de WWC é bem feita, com personagens pixelados expressivos e belas cores, tanto nos personagens em si quanto nos cenários, que possuem espinhos, alguns fixos, outros que caem do teto (os que não possuem brilho são os que caem e podem acertá-lo).

Espinhos opacos caem do teto, enquanto os brilhosos são fixos
Espigas de milho são atiradoras, não se esqueça disto

A trilha sonora, embora composta de apenas uma canção, o que pode ser repetitivo, acaba por grudar no cérebro, com temática western.

Eu tive muito cuidado para usar os barcos e não cair na água…
… até descobrir que El Gatito era um exímio nadador

A platina de WWC segue o padrão Ratalaika, pedindo que os dois primeiros chefes sejam alcançados, além de acumular certas quantias de dinheiro e matar uma quantidade específica de inimigos.

Olhando agora, acho que é uma couve-flor lá embaixo…


RESUMO DA ÓPERA:
Wild West Crops é um divertido plataforma 2D pixelado, onde você controla o gato mais rápido do oeste.

El Gatito é um pistoleiro de mão pata cheia, enfrentando hordas de vegetais mutantes por belos cenários 2D, com bastante verticalidade.
O desafio dos chefes pede boa habilidade por parte do jogador.

Barris de TNT podem ajudá-lo… ou complicar a sua vida quando usados como plataforma


Se você gosta de jogos 2D, Wild West Crops é uma boa pedida, afinal de contas, você seria capaz de resistir a um felino de bigode?