Video Games e Saúde

Os benefícios de jogar já são conhecidos na capacidade de raciocínio e concentração.
E grande parte dos malefícios já foram desmentidos (não, o video game não estraga a televisão)

Há, no entanto, o problema do sedentarismo.
Podem ser citados exemplos como pessoas que perderam peso jogando Pokémon GO ou usando Kinect, até mesmo aparelhos de realidade virtual.

Mas todos nós sabemos que os jogos são, essencialmente, atividades sedentárias.
E esse sedentarismo traz problemas de saúde, mas não, eu não vou te mandar pra academia (até porque nem eu mesmo vou, mas DEVERÍAMOS).

O objetivo deste post é comentar sobre hábitos e possíveis dicas de como melhorar problemas em menor escala, como dores nas mãos, irritação nos olhos, etc…

IMPORTANTE!
ESTAS SÃO DICAS E PEQUENOS TRUQUES PARA O JOGADOR MÉDIO, NÃO SUBSTITUINDO EXAMES E CONSULTAS COM MÉDICOS REAIS, ESPECIALMENTE QUANDO SE TRATA DE PROBLEMAS DE SAÚDE MAIS GRAVES.


OLHOS:
O ideal para a distância entre você e a televisão ou monitor é que toda a tela seja enquadrada pela sua visão, sem que você precise mover a cabeça para buscar algum ponto dela.
Uma televisão de 50 polegadas pode até ser legal, mas de nada adianta se você sentar colado à tela, tendo que constantemente se mover para enxergar.
Isto não apenas prejudica a visão a longo prazo, como pode causar sérias dores de cabeça.

Outra questão quanto aos olhos, é que eles precisam ser constantemente lubrificados.
Fazemos isto automaticamente conforme piscamos, um ato automático do organismo, que sequer percebemos.
O problema é que, ao focar nossa atenção em telas, tendemos a piscar com menor frequência; jogando, então, a coisa só piora.

O resultado são os olhos vermelhos e ardendo e/ou coçando.
Ao não piscarmos com a frequência comum, irritamos o nervo óptico, que se injeta de sangue.
Para isto eu tenho uma dica: antes de me preparar para jogar, ou quando já estou jogando há algum tempo, eu vou até a geladeira e pego um frasco de soro fisiológico e pingo uma gota em cada olho, deixando que o líquido escorra por toda a área.

Assim, eu auxilio a lubrificação de meus olhos, já que o correto, que seria olhar para uma parede branca há cada uma hora e piscar constantemente por 10 minutos, é uma prática que eu já tentei, mas acabo esquecendo.

Vale ressaltar aqui que o soro fisiológico contém cloreto de sódio, ou seja, um tipo de sal em sua composição, podendo causar irritação em algumas pessoas e mesmo elevar a pressão dos olhos.
Portanto, embora eu utilize esta técnica, o mais recomendável é procurar colírios específicos para a lavagem dos olhos e/ou lubrificação, que podem ser achados em qualquer farmácia.

MÃOS:
Jogar por muito tempo pode causar lesões por esforço repetitivo, as temíveis tendinopatias.
A mais comum delas é a tendinite, onde o tendão se inflama com a repetição de movimentos, causando dores fortes e contínuas. Há também as tendinoses, inflamações nas membranas que revestem os tendões (e que podem ser decorrentes de uma tendinopatia não tratada).

Trabalhei por cerca de 12 anos como digitador de laudos médicos.
A quantidade de serviço executada e a sua repetição, aliada à velocidade, causou-me sérios problemas de tendinite nas mãos, pulsos e ombros.
Em um momento onde a dor já era diária e os anti-inflamatórios sequer faziam efeito, passei a enfaixar as mãos para trabalhar, o que reduzia a dor, mas não a resolvia.

Foi quando eu descobri as luvas de compressão na internet.
No desespero para aliviar as dores (e escapar de uma possível cirurgia), comprei um par, mesmo desconfiado do resultado.
Para minha surpresa, as luvas realmente melhoraram muito a minha condição.


Claro, o fato de eu ter mudado de função também me ajudou.
Mas até hoje utilizo as luvas para jogar ou mesmo quando vou escrever algum texto por um tempo.

Esta, no entanto, é uma medida para aqueles que já possuem problemas nas mãos.
Para o jogador que não passou por isto, o recomendável é fazer exercícios de alongamento antes de começar a sessão de jogo.
Abaixo eu deixo um vídeo com uma série de alongamentos para mãos e braços:

POSTURA:
“- Senta direito nessa cadeira, menino!” – a mãe de qualquer um de nós na infância

A postura ao sentarmos é algo que geralmente negligenciamos na infância e adolescência, e lamentos por isto na idade adulta, quando as dores começam a surgir.

Não há nenhum mistério aqui, todos sabemos como devemos nos sentar e posicionar corretamente as costas.
O problema é que, ao jogar ou mesmo trabalhar, adotamos posições mais confortáveis nas cadeiras… até que esse conforto se transforma em dor.

Esta parte, em específico, se aplica mais àqueles que jogam em cadeiras e não no sofá.
Cadeiras gamers (apesar do preço salgado) podem ser uma solução, já que as almofadas abaixo e acima do encosto ajudam no correto posicionamento e relaxamento das colunas lombar e cervical.

Se você está curvado na cadeira ou apoiando o peso do corpo em um cotovelo, é bom tomar cuidado.
Este vício de postura é comum e bastante prejudicial.

PERNAS:
Muito tempo sentado jogando?
É bom mudar este hábito!

Ficar muito tempo sentado, sem se levantar, aumenta os riscos de doenças cardiovasculares.
Entenda, nosso corpo foi feito para estar em movimento, ao contrário do que a sociedade acabou por normalizar.

Ao passar horas sentado, o fluxo sanguíneo para as pernas diminui, uma vez que elas estão relaxadas.
Em casos mais graves, até mesmo uma tromboembolia pode ocorrer, ou seja, um coágulo impedir o constante fluxo de sangue nas veias.
Uma tromboembolia pode, inclusive, levar à amputação de um membro.

Mas calma!
Ainda é tempo de levantar e dar uma caminhada e tornar isto um hábito, antes que seja tarde demais…

Outro detalhe sobre ficar sentado muito tempo não tem relação com as pernas, mas sim com, bem… o seu ânus!
Sim, estou falando de hemorroidas!!! (nunca achou que veria uma citação dessas em um site de games, fala aí!)

Lembra que eu falei do fluxo sanguíneo nas pernas?
O princípio é parecido.
Ao ficar muito tempo sentado, o peso do seu corpo pressiona as veias das suas nádegas e adjacências contra a cadeira.

Isto pode causar um coágulo de sangue ou mesmo uma hemorroida (uma inflamação nas veias do reto e/ou ânus).
Enquanto o coágulo provavelmente irá curar com o tempo (ao parar de ficar sentado), uma hemorroida pode ser tratada, mas uma vez tida, provavelmente retornará depois.

Em casos mais sérios, uma hemorroida pode precisar ser operada.
Calcule a recuperação DESTA parte do corpo…

Bem, isto conclui essa série de pequenas dicas de mudanças de comportamento necessárias para você não se lesionar enquanto joga.
Lembrando que, como dito no começo do texto, ESTAS DICAS NÃO SUBSTITUEM opiniões médicas.