Review / Tutorial de Windjammers 2

* Esta análise foi feita com o código cedido pela DOTEMU (versão PS4/PS5)

* título disponível no Gamepass

Distribuidora: DOTEMU
Produtora: DOTEMU
Plataforma: PS4 /PS5 / Xbox One / Xbox Series S / Xbox Series X / Switch / Google Stadia / PC
Mídia: Física e Digital
Ano de Lançamento: 2022

Windjammers 2 é um jogo arcade de esporte, continuação do título de 1994 para o Neo Geo.

O RETORNO DO CAMPEÃO

Uma quadra, uma rede, dois oponentes, um disco.
Windjammers é um jogo de arremesso de disco, de velocidade rápida, onde o objetivo é acertar o fundo da quadra ou fazer com que o disco toque o chão no lado adversário.

Um jogo clássico dos anos 90 envelheceu…
… tente não sorrir ao vê-lo agora.

Os jogadores podem utilizar dash para alcançar o disco, além de ataques especiais, aplicando diferentes efeitos.
O jogo é dividido em dois sets de 15 pontos; caso haja empate, um terceiro set é iniciado. Se mesmo assim os competidores empatarem ao final do tempo, a morte súbita é instituída, vencendo quem marcar o primeiro ponto.

ELENCO EM EXPANSÃO

Dez competidores, de diferentes nacionalidades, estrelam WJ2, cada qual com status e poderes próprios.
Quatro estreantes unem-se aos seis competidores do título original, balanceando melhor o elenco, que agora conta com o mesmo número de competidores focados em velocidade ou força.

Elenco renovado

Veteranos:
Hiromi Mita – Japão – foco em velocidade
Steve Miller – Grã-Bretanha
– foco em velocidade
Jordi Costa – Espanha
– foco em força
Loris Biaggi – Itália
– foco em velocidade
Gary Scott – Estados Unidos da América
– foco em força
Klaus Wessel – Alemanha
– foco em força

Wessel vs Lys: a força do veterano contra a velocidade da novata

Novatos:
Jao Raposa – Brasil
– foco em velocidade
Sophie De Lys – França
– foco em velocidade
Sammy Ho – China
– foco em velocidade
Max Hurricane – Canadá
– foco em força

MODOS

Online – Partidas rápidas, rankeadas e com amigos estão disponíveis para dois jogadores.

A pontuação rende créditos extras

Arcade – O modo carreira, onde você enfrenta uma série de oponentes para se tornar o campeão do torneio Windjammers. Há fases bônus, como acertar discos lançados por uma máquina ou lançar o disco na praia, controlando um cachorro que deve saltar pessoas deitadas e coletar hot dogs para ganhar boost.
No modo arcade, a pontuação enche uma barra que, uma vez completa, concede um continue extra.

O cão perseguidor de discos está de volta!
Contra local: o versus de sofá vive!

Contra – O modo versus local, para quem quer disputar com o oponente sentado ao seu lado (sem cotoveladas, por favor!).

TIPOS DE JOGADA

(botões padrão no PlayStation)

– Analógico + X serve para deslizar, um dash rasante, quando você não está com o disco em mãos
– Triângulo serve para pular, o que permite pegar o disco no ar, quando ele foi arremessado para o alto

Diferentes personagens possuem diferentes efeitos aplicáveis ao disco (acorda aí, Raposa!)

– O arremesso simples funciona com o X + a direção desejada no analógico
– O Lob é executado com Cìrculo, fazendo o disco subir, para cair no chão da quadra adversária
– Girando o analógico + X, o arremesso em curva é feito
Ao apertar X na recepção do disco, ele é rebatido para cima, ação que serve para reduzir a força do objeto

O Smash é executado ao pegar o disco no ar

– Ao saltar, o Smash pode ser executado com X, Círculo ou Triângulo, arremessando o disco na quadra adversária com diferentes efeitos por botão
– A “Deixada” (Drop Shot) é executada com Círculo antes de pegar o disco, sendo uma devolução leve e rápida, para cair no chão da quadra

Slap Shot é uma jogada de reação rápida para pegar o adversário de surpresa

O Tapa (Slap Shot) é um rebatida rápida, com Quadrado antes de pegar o disco; a força é proporcional ao do arremesso do adversário, inclusive aplicando o mesmo efeito de volta
– Quando o medidor do personagem está cheio, antes de receber o disco, é possível utilizar o Power Toss (com X + Círculo ou com R1), jogada que arremessa o disco para o alto, removendo força e/ou efeitos que o adversário possa ter utilizado

O espanhol J. Costa prepara seu Power Disc

– Power Disc é executado com X + Círculo (ou R1), quando o personagem está com o disco em mãos e utiliza a barra de energia carregada (cada personagem possui seu próprio tipo de Power Disc)

Power Discs são jogadas devastadoras, difíceis de serem defendidas
Ao posicionar-se abaixo do disco, é possível carregar a energia para o próximo arremesso

– Quando o disco vem de cima, uma mira aparece no local da queda; posicione-se embaixo da mira para concentrar energia esta ação irá permitir:

  • Super Custom Shot, com X;
  • Super Lob, com Círculo (o disco sobe e depois desce na quadra, de lado, deslizando para o fundo da quadra);
  • Super Spin Shot, com X e girando o analógico (causando movimentos circulares rápidos na trajetória)
  • Roll Smash, com X, Círculo ou Triângulo; semelhante ao Smash normal, mas com a energia carregada, sendo necessário saltar depois de executar o carregamento de energia sob a mira;
  • Reversal é a devolução de um Super Shot do adversário, logo após pegar o disco, podendo ser executado com X, X + analógico girado ou Círculo

NOSTALGIA DA MANEIRA CERTA

Falar bem do estilo artístico da DOTEMU é chover no molhado.
Além da arte dos personagens desenhada à mão e das cores vibrantes, respeitando muito o jogo original, como uma evolução natural, temos os cenários com modelagem 3D.

A Arena Cassino possui modificadores de pontuação

Não apenas isto, mas as arenas possuem modificadores, como redes com obstáculos, que podem mudar a trajetória do disco ou mesmo uma arena cassino, com valores de pontuação mudando constantemente.

A trilha sonora também é bastante fiel à original, com temas agitados e “dançantes”, usando versões remixadas das músicas do título original, com mais camadas de áudio e instrumentos.
(a voz da narradora, inclusive, lembra bastante a original… seria a mesma pessoa???)

UMA PREMIAÇÃO DIFÍCIL

A platina de Windjammers 2 pode ser MUITO desafiadora, dependendo do seu nível.

Comemore mesmo… o modo arcade é bem difícil!

A inteligência artificial é agressiva, mesmo na dificuldade mais baixa.
Além de troféus envolvendo o número de execuções de certos movimentos (como marcar 50 pontos com Super Custom ou deslizar 500 vezes), há também troféus por zerar com todos os personagens, concluir o Arcade na dificuldade mais alta (prepare os nervos e os reflexos), vencer uma partida somente com jogadas de 5 pontos, zerar sem usar continues, no intermediário ou difícil e jogar com Discman (Discman? shhh… é segredo!)

RESUMO DA ÓPERA:
Windjammers 2 é um brilhante retorno da franquia de arremesso de discos em alta velocidade.
O nível de desafio é alto, chegando a superar o jogo original, com uma inteligência artificial agressiva e rápida. O jogo também possui modos online e versus local.

A arte colorida mescla desenho à mão dos personagens com o 3D das arenas remete diretamente ao original, sendo uma evolução natural do estilo.
A trilha sonora atualiza a clássica, com novos instrumentos e remixes, além de uma narradora idêntica à original (é sério, é a mesma voz?).

O elenco do título original foi acrescido com quatro novos personagens, equilibrando melhor o número de jogadores focados em velocidade com os jogadores de força.
As arenas possuem modificadores na jogabilidade e na pontuação, adicionando desafios extras ao jogador.
A campanha (Arcade) conta ainda com fases bônus.

Um brinde à nostalgia pelos jogos dos anos 90, Windjammers 2 é tudo que uma continuação precisa ser: respeitosa com o jogo original, mas sem cair no erro de apenas repetir a fórmula, e sim atualizando com novos elementos, sem perder o carisma.
Imperdível para os fãs do original e altamente recomendado para os novos jogadores, que nunca tiveram a chance de experienciar o título original.

P.S.: DOTEMU, nunca te pedi nada… mas existe um outro jogo de Neo Geo, de uma série até mais antiga… Super Dodge Ball, da franquia Kunio.
Citando aqui somente porque, vai que alguém lê e acha uma boa ideia. Sonhar não custa nada.

Quem é a dona atual dos direitos?
Arc System, nunca te pedi nada…

2 comentários