Review / Tutorial: Pumpkin Jack

Falar de plataformas é sempre um risco, seja pela mistura com ação, adventure e puzzles, ou pela sua simplicidade e comparativo de longevidade e saturação…
Pumpkin Jack é um desses jogos onde ele mescla a simplicidade em todos os aspectos e uma pitada de extensão grande das fases, seja pelos seus puzzles criativos ou pela sua formula de progressão…

Desenvolvido por apenas 1 pessoa: Nicolas Meyssonnier, teve a ajuda de alguns nomes como Yohan Jager na trilha sonora, Adrien Lucas para a interface gráfica e port para os consoles, entre outros. Sendo publicado pela HeadUp, e posteriormente pela Thunderful Publishing para as versões PlayStation 5 e Xbox Series S|X, após a compra da HeadUp pela mesma…

O desenvolvedor não poderei falar muito por ser um solodev e não ter especificamente um site.

Thunderful Group (site oficial)

O objetivo geral do Thunderful Group é fornecer produtos de entretenimento criativo da mais alta qualidade para pessoas de todas as idades.
O Thunderful Group foi fundado em 2019 após uma reestruturação dos grupos de empresas Bergsala e Thunderful para criar um novo player forte no mercado. Como um grupo unificado, o Thunderful Group opera em todos os segmentos da indústria de jogos.
Com sede em Gotemburgo – Suécia, com escritórios adicionais em Aarhus, Colônia, Copenhague, Helsingborg, Helsinki, Hohenwestedt, Hong Kong, Karlshamn, Kungsbacka, Larvik, Madrid, Malmö, Newcastle, Skövde, Estocolmo e Sunderland, o Thunderful Group desenvolve, publica e distribui produtos de entretenimento de alta qualidade com foco em jogos baseados em IPs próprios e licenciados.
As operações do Grupo estão divididas em dois segmentos de negócio: Thunderful Games, que desenvolve, publica e vende jogos, e Thunderful Distribution, que distribui e vende consolas de jogos, jogos, acessórios de jogos e brinquedos.

HeadUp (site oficial)

A Headup é uma empresa de publicação e desenvolvimento de jogos híbridos que oferece aos jogadores de todo o mundo o melhor conteúdo do setor de jogos independentes. Fundada em 2009, está ativa em todas as principais plataformas, como consoles, dispositivos móveis e PC, e foi premiada como “Melhor Editor” no German Developers Awards em 2012, 2013, 2017 e 2019. Com mais de 80 milhões de clientes atendidos em dispositivos móveis e mais vários milhões de jogadores no PC e consoles, Headup está sempre procurando aumentar a conscientização e o sucesso comercial para desenvolvedores que pensam fora da caixa.

Vamos então analisar como foi feito esse projeto que mescla estilos de franquias conhecidas ??? (que verão no decorrer do texto :P)

Código enviado para review pela Thunderful Publishing, versão Playstation 4 & 5
Review baseado na versão Playstation 4

Nome: Pumpkin Jack
Gênero: Action / Platformer / Adventure
Desenvolvedora: Nicolas Meyssonnier
Distribuidora: HeadUp / Thunderful Publishing
Plataformas: PC, Nintendo Switch, Xbox Ones & Series S|X, Playstation 4 & 5
Lançamento: 2020 (23 de outubro PC, NSW, XB) / 2021 (27 de outubro PS)
Mídia: até o momento, apenas digital

Tela Título

História / Enredo

O pacífico Reino de Arc En Ciel, com seus cidadãos felizes e coelhinhos adoráveis, deixou o próprio Diabo em fúria!

Com sonhos de turbulência, tortura e derramamento de sangue em sua mente, ele desencadeou a terrível Maldição da Noite Eterna sobre a terra.

Não apaixonados pela ideia de uma mudança em seu estilo de vida pacífico, os humanos convocam seu salvador – um poderoso mago com o poder de acabar com a maldição do mal.

Para impedir que esses penetras de festas arruínem sua diversão, o Diabo convoca o espírito de Jack, o Senhor da Abóbora, para lutar contra o exército de feras do mago e destruir o mago desmancha-prazeres!

Você, como Jack, estará abrindo caminho através de níveis cheios de medo enquanto pune aqueles que ousaram desafiar seu mestre!

Trívia: Jack – o’ – Lantern
Jack é claramente inspirado na famosa abóbora iluminada, usada no Halloween, recorrente do fenômeno i̅gnis fatuus (foto fátuo), que é a iluminação encontrada em pântanos e brejos.

Além disso, a clássica abóbora iluminada também é representada na América do Norte como o Cavaleiro sem Cabeça dos contos The Legend of Sleepy Hollow (1820), de Washington Irving.

Fonte: Pinterest

Gráficos

Trabalhado com a engine Unreal Engine, o jogo possui gráficos com texturas simples, e uma perceptível aposta em iluminação, sendo algo bem dinâmico em magias, acertos dos golpes e o universo do jogo num geral. Os eventos entre fases são apresentados da mesma forma que foi mostrada no resumo da história acima, com uma pequena CG que conta o que aconteceu na fase anterior.
Já os diálogos durante as fases, o artwork dos personagens aparece juntamente com a fala em balões, porém sem dublagem (no caso, Jack faz apenas os gritos de golpes). O jogo mantém a atmosfera sombria com efeitos de neblina / nevoeiro, com olhos dos personagens brilhando no cenário, o que faz uma boa combinação com a dinâmica de iluminação.
O jogo possui gráficos com texturas simples, e uma perceptível aposta em iluminação, sendo algo bem dinâmico em magias, acertos dos golpes e o universo do jogo num geral. Os eventos entre fases são apresentados da mesma forma que foi mostrada no resumo da história acima, com uma pequena CG que conta o que aconteceu na fase anterior.
Já os diálogos durante as fases, o artwork dos personagens aparece juntamente com a fala em balões, porém sem dublagem (no caso, Jack faz apenas os gritos de golpes). O jogo mantém a atmosfera sombria com efeitos de neblina / nevoeiro, com olhos dos personagens brilhando no cenário, o que faz uma boa combinação com a dinâmica de iluminação.

Algo que achei interessante, foi o fato de o jogo dar a opção de alterar o FOV (Field of View), dando uma perspectiva maior e panorâmica no jogo.

Não entendeu??? Não se preocupe, pra isso o site está aqui… 😛
FOV nada mais é que o aumento de perspectiva do objeto central da tela com relação ao seu raio ao redor, em campo de 180º, sendo o ponto central o foco mais fundo com relação ao resto da tela, algo muito usado por sinal em jogos de FPS.
Ainda não entendeu? Perceba a diferença da tela e da relação do Jack em tamanho com o foco central expandido.

O FOV alto porém não é aconselhável para os que são sensíveis à perspectiva de visão, pois o cenário moverá mais rápido que o normal.

Som / OST

Como disse antes, a trilha sonora é composta por Yohan Jager, que fez a trilha sonora de outros jogos como Escape from Naraka e Tumbleweed.
Os arranjos usados no jogo são baseados em orquestra e com teor de jogo cômico, porém sombrio, isso resulta em harmonias bem nostálgicas com filmes e desenhos conhecidos
Para nossa alegria (e principalmente a minha felicidade em facilitar o review), Yohan disponibilizou a trilha sonora no Spotify para sua apreciação.

Na dublagem temos poucas vozes, e o jogo teve 2 versões, americana e francesa:
Na dublagem americana temos Brandon Fague (Narrador / Jack), trabalhou em outros jogos como Green Hell, Remothered, Those Who Remain e Observer.
Na dublagem francesa, temos Benjamin Daniel (Narrador / Jack), trabalhou em The Dungeon Of Naheulbeuk: The Amulet Chaos, jogo que iremos trazer review em breve, e em filmes franceses, tendo mais trabalhos como diretor.

Jogabilidade

O jogo tem um esquemático simples, usando os 4 botões de ação e 2 shoulders.
Em termos de resposta, o jogo não tem muitos problemas em inputlag, algo comum em jogos do gênero, sendo bem responsivo nos combates e fugas necessárias.

Sistema de Jogo

O jogo é um plataforma com ação e aventura totalmente linear, sendo constituído por 6 fases extensas e com segmentos iguais em todas elas, como veremos no decorrer do review / tutorial.

O trapaceiro está de volta…

Ao chegar no mundo dos humanos, Jack se depara com habilidades mágicas que serão sutilmente demonstradas pelos personagens que ele irá conversar, dando prioridade para suas possibilidades evasivas.
Evidentemente, algumas mecânicas já conhecidas por nós fazem parte do jogo, mas é uma bela forma de mostrar a criatividade do humor do jogo…

A sutileza do tutorial para o Pulo Duplo…

Além do pulo duplo, Jack também poderá fazer um rolamento para evasão de ataques rápidos e perigos do cenário, ao contrário do pulo duplo, não tem nada de mágico, e sim instintivo (lol).

Um trapaceiro sabe dar um jeito em tudo…

Ok, temos parte da evasão, e que tal um suporte???
Jack se junta ao Corvo, que será o companheiro com funções bem úteis…
O corvo pode atacar os inimigos sendo lançado em direção deles, entretanto é um ataque que demora um tempo para reestabelecer (afinal animais cansam).
Além disso, o corvo poderá ajudar o Jack em objetos do cenário que bloqueiam sua passagem.

Mas e o ataque???
Bem… um trapaceiro sabe como lidar com qualquer situação para sair dos perigos, e nesse caso, Jack tem uma pá… exatamente, uma PÁ!!!!

Jack terá 3 tipos de ataques: ataque base, ataque aéreo e contra-ataque.
O ataque base é o ataque normal durante a sequência de golpes.
A ataque aéreo é feito, evidentemente, durante o pulo.
Já o contra-ataque, diferente de jogos da atualidade onde usamos parry ou defesa, é efetuado logo após o rolamento de evasão.

Progressão das Fases

O jogo é dividido por segmentos de sequências das fases, e todas tem o mesmo design dividido em 4 tipos. Entretanto, a ordem de 3 tipos pode variar entre as fases, mas serão todas com o mesmos segmentos, com suas devidas variações…

No caso, há exploração que envolve combates e seguir até determinado ponto.

O segundo é sequência rápida que envolve cenas de fuga ou destreza alta.

A sequência de puzzles / tarefas, onde Jack irá separar a cabeça do corpo para entrar em caminhos alternativos e poder continuar no caminho principal.

Os diálogos do Corvo sempre são hilários…

E por fim, e não menos óbvio, os chefes… que finalizam a fase.

Mantendo a sua morte viva…

Jack usa a essência de monstros e humanos para se manter vivo, a essência porém, é encontrada facilmente, seja derrotando os inimigos ou destruindo objetos do mundo. trata-se de pequenos orbes verdes que irão na direção de Jack…

Os checkpoints são salvos automaticamente em pequenos trechos das fases, porém há um ponto específico que serve para Jack recuperar sua vida tomando a sopa de essência dos caldeirões.

Extras

Dependendo da sua exploração, você poderá encontrar o mercador, que venderá roupas para Jack.

As roupas não afetam o gameplay com melhorias ou algo do tipo, apenas a estética.

Como todo plataforma, haverão também os coletáveis.
Há 3 tipos de coletáveis nas fases:

Caveiras de Corvo – são 20 por fase, servem para liberar as roupas com o mercador, além de espantar o mal e manter a sorte, em algumas crenças.

Gramofone – faça Jack mexer o esqueleto e dançar, sendo 1 por fase…

Presente de Natal – ache 5 em cada fase e leia a carta secreta de Jack para Papai Noel…

Troféus / Conquistas

Dificuldade: 2/10

De forma resumida, para platinar você precisa:

  • Terminar o jogo
  • Achar as 120 máscaras de corvo e os 6 gramophones
  • Comprar todas as roupas do mercante

Dei a nota 2 de dificuldade por simplesmente ser mais desafiador achar todos os coletáveis, mas quem prestar atenção não terá problemas sérios…
OBS: os presentes não são necessários, mas as cartas são divertidas de ler

Considerações Finais

Graficamente o jogo chama atenção na aposta de dinamismo da iluminação, como pode-se notar nas gifs e fotos. Apesar do jogo ter uma simplicidade nas texturas, a ambientação do cenário e o background chamam a atenção, principalmente pelos pontos altos das fases, onde podemos tirar prints bem legais, mostrando o quão versátil pode ser a Unreal. A paleta de cores é bem intensa em determinados pontos e o jogo tem um tom mais escuro para dar contraste aos olhos dos personagens no entorno do cenário.

A trilha sonora é um dos pontos altos, com um tom misto de orquestra e arranjos cômicos, é impossível não sentir que está jogando filmes ou desenhos antigos, principalmente pela narrativa durante as cenas e a forma que a localização foi aplicada. Todos os diálogos tem um humor sagaz e com trocadilhos que foram bem aplicados na história do jogo.

Alguns personagens icônicos se foram….

A jogabilidade tem respostas boas para o combate, mas em alguns momentos sentimos que o jogo tem efeito de “dano esponja”, onde na maioria das vezes vence o que matar mais rápido, já que algumas colisões não são tão efetivas durante os golpes (e exploração mas nada que incomode). Alguns podem reclamar da animação fraca de Jack nos pulos, mas lembre-se que é um solodev, o trabalho deve ser visto como um todo.

A duração do jogo é em torno de 4 horas e meia para terminar e 6 horas para achar tudo e explorar. As fases são extensas e levam em torno de 30 à 60 minutos para serem concluídas, e tem design criativos em alguns pontos, porém idênticos umas às outras em outros (principalmente em partes altas).
O desafio porém é algo que deixou a desejar, apesar do jogo ter batalhas criativas com os chefes, a dificuldade num geral é bem baixa, dificilmente você ficará sem energia nas lutas e irá se desesperar, já que todos os objetos destrutíveis possuem essência dos monstros. As batalhas entretanto irão mudar conforme avançar no jogo, pois Jack consegue uma arma nova por cada chefe derrotado, sendo possível alterna-las a qualquer momento enquanto jogar.

A performance em geral ficou excelente, o jogo roda à 60fps fixos, sem variação ou slowdowns quando tem diversos inimigos e efeitos de luz, mostrando que Nicolas fez uma bela otimização, não havendo fechamentos repentinos também.

De forma geral, Pumpkin Jack se mostrou um revival digno de clássicos da era 32bits, sendo citado pelo desenvolvedor como “Medievil conhece Jak and Daxter”, apostando em uma fórmula de jogo simples, com desafio baixo e humor com dose certa, além de o jogador na realidade ser o lado malvado da história. Caso você goste dessas combinações, merece uma atenção, considerando que é um solodev e o jogo ser curto, não espere variedade de inimigos descomunal, mas espere um gameplay bem variado para Jack.
Caso você goste de jogos hardcore, o jogo não se encaixa no seu padrão.

Ajude Jack à destruir os humanos e trazer o caos de volta à Terra…