Review / Tutorial de Aeon Must Die!

* Esta análise foi feita com o código cedido pela Focus Home Interactive (versão PS5)

Distribuidora: Focus Home Interactive
Produtora: Limestone Games
Plataforma:  PS4 / PS5 / Xbox One / Xbox Series S / Xbox Series X / Switch / PC
Mídia: Digital
Ano de Lançamento:  2021

Antes de começar, uma palavra, Asternato!
Nós da Shin-Reviews estamos cientes das alegações e acusações envolvendo a produção do jogo.
No entanto, as questões legais cabem aos envolvidos e não fazem parte do texto a seguir.
Enquanto reviewr (até hoje me questiono sobre esse termo) eu, Thiago Musashi, assumo a responsabilidade de analisar a obra e apenas ela, independente de suas questões jurídicas.
Deixo este recado para que não haja possíveis conflitos de interesse, uma vez que recebemos o código da publisher.
Esta é a postura que adotamos frente a questões de mesma natureza: analisar a obra pelo que ela representa da maneira mais imparcial (possível).
Posto de lado este assunto, prossigamos com o review propriamente dito:

Aeon Must Die! é um beat’em up com foco narrativo e mecânica de risco e recompensa sobre o Imperador Aeon e seu “receptáculo” que precisam cooperar para derrotar Ivory e os generais da Armada do Vazio.

DUPLA PERSONALIDADE

Aeon, o Imperador do Vazio, foi traído por seus generais e deixado para morrer.
Moribundo, ele faz uma simbiose com o personagem principal, chamado apenas de Asternato (aparentemente sua raça), habitando seu corpo em conjunto.

Um imperador “levemente” possessivo


Tal simbiose, no entanto, não é necessariamente amigável, pois Aeon é possessivo e megalomaníaco, forçando o seu “hospedeiro” a cooperar.

Sempre que o personagem principal perde uma luta, perde também um ponto de Propósito (um total de 9). Quanto menor o Propósito, mais próximo de ser dominado por Aeon você fica.

Ao perder uma luta, Aeon domina o “Asternato”, consumindo seu Propósito

Caso perca todos os pontos, Aeon assume o controle total do seu corpo, liberando todas as habilidades disponíveis, mas você fica impedido de fazer as missões secundárias.Você pode optar por uma Morte Honrosa, para escapar do controle total de Aeon, mas o jogo será resetado até o último chefe e você perderá as habilidades adquiridas até então.

UM CICLO INFINITO DE VINGANÇA 

A cada derrota, você pode retomar o ponto perdido de Propósito, enfrentando novamente o inimigo que o derrotou.
Junto às missões, uma área com as vinganças mostrará os adversários que o venceram previamente. A cada vitória do mesmo personagem, ele ganha mais poder, marcado em sua ficha.

O Propósito é o que mantém o Asternato em poder do próprio corpo

Ao conseguir sucesso na vingança, todos os pontos de Propósito roubados por aquele inimigo retornam para você, afastando-o do domínio de Aeon.
O sistema possui uma vaga semelhança ao Nemesis, da série Middle-Earth: Shadow (of Mordor e of War), com os inimigos recorrentes rindo das suas falhas e tornando-se mais fortes a cada vitória sobre você.

DUALIDADE DE COMBATE

Diferente de outros beat’em ups, em Aeon Must Die! você não avança pelas telas, sendo cada combate em uma arena terrestre ou sobre a sua moto voadora (que se comunica com você em linguagem binária).
Para avançar, você precisa derrotar todos os adversários do cenário em questão.

Ao atingir um dos extremos, é preciso mudar a temperatura, para evitar morrer com apenas um golpe

Aeon concede dois poderes a você: calor e frio.
Para sobreviver é necessário equilibrar as energias, alternando os golpes com quadrado (calor) e triângulo (resfriamento).
Sempre que atinge um dos extremos, você fica suscetível a morrer com um golpe.

Executando um inimigo para recuperar o Propósito perdido anteriormente

Com R2 executa-se o parry, responsável por intensificar o calor; já com L2 é o resfriamento que se aciona através da esquiva.
Ao resfriar completamente o corpo, o personagem fica fraco, lento e incapaz de esquivar novamente, dependendo apenas dos ataques de fogo e do parry para sobreviver. É preciso esvaziar completamente a barra de resfriamento para sair do estado de perigo iminente.
De igual forma, ao queimar completamente o personagem emite chamas e fica mais rápido, mas pode morrer com um golpe.

EVOLUÇÃO

Ao completar sidequests ou atingir notas melhores nas fases, é possível obter pontos de Respeito, responsáveis por adquirir mais golpes para o personagem.
A árvore de habilidades fica dividida em pontos de fogo e pontos de frio. Há ataques de dispersão de uma energia, como agarrar o oponente e apertar triângulo, liberando o frio ou recuar disparando uma rajada de fogo do peito.

O “círculo de fogo” é uma das habilidades da moto

A moto também “evolui”, com módulos instaláveis, servindo para usá-la como ajuda no combate.
Ela pode atacar inimigos na frente ou atrás do cenário, que estão esperando para entrar na luta, ou mesmo criar um círculo em torno do inimigo.

Eu juro que as minhas notas estavam melhores, mas perdi o progresso tomando porrada de chefe

A cada capítulo concluído, uma avaliação de D a SSS é disponibilizada, baseando-se na variedade dos golpes e no dano sofrido.
Esta nota influencia não apenas o Respeito recebido, como os status dos inimigos: Camaradagem (o quanto eles interferem na luta quando fora do cenário), Reação (o tempo entre os ataques) e Técnica (os inimigos ganha mais ataques).

Só captei tela dos meus fracassos (nota mental, reavaliar quais capturas escolher)

VINGANÇA OU REDENÇÃO?

Ao deixar que Aeon assuma o controle, você se torna mais poderoso, liberando todas as habilidades, mas sem poder fazer as sidequests e, consecutivamente, fazer as melhorias da moto.

Ash, um dos generais traidores

Aeon busca vingança contra tudo e todos, incluindo seus generais; enquanto Asternato, no entanto, você pode escolher perdoar os generais, dando origem a três finais.
O final dominado por Aeon é o mais “fácil” de ser obtido, sendo considerado o final ruim (e muito possivelmente o primeiro que você irá obter).

PSICODELIA EXTRADIMENSIONAL

Um dos principais destaques de AMD, sem sombra de dúvidas, é sua arte.
Utilizando a Unreal Engine, o jogo possui um belíssimo gráfico 3D em um ambiente 2D.

Asternato em foco

O jogo possui muitos efeitos de luz, cores e movimento combinados.
A arte possui um estilo ímpar, até um pouco difícil de colocar em palavras. Os personagens possuem modelagem com formas geométricas, seja na armadura de Aeon e seus generais, ou nas sombras e cores dos demais inimigos.

A moto no destaque e o Sonhador ao fundo

Conforme ganha calor ou resfria o corpo, a armadura de Aeon intensifica suas cores.
A troca de dimensões modifica padrões de cores e formatos, incluindo uma espécie de fumaça ou miasma com fundo astral.

Surrealismo puro

O sistema de menus funciona como as páginas de uma história em quadrinhos, cada capítulo sendo uma capa de edição, além dos diálogos serem exibidos em balões.
Hachuras aumentam a sensação de velocidade da moto.

Estilo de histórias em quadrinhos como estilo visual


A trilha sonora é de música eletrônica, combinando com a psicodelia e a velocidade do jogo.
O jogo possui dublagem em alguns momentos (cutscenes) e Aeon fala algumas palavras e frases durante o combate.

PLATINANDO O VAZIO

A platina de AMD é TENSA, para dizer o mínimo.
A dificuldade do jogo em si já é alta, não seria diferente com os troféus.

Morrer é algo natural, na vida e, principalmente, em Aeon Must Die!

Apenas para citar alguns, fazer os 3 finais em um único save, terminar o jogo em um save onde Aeon não tenha tomado controle do seu corpo ou você tenha recorrido à morte honrosa, conseguir S em um dos finais (o somatório das avaliações de todas as fases), completar todas as sidequests (somente possível sem o controle total de Aeon) e fazer um dos finais sem comprar nenhum upgrade (com exceção das melhorias da moto). 

RESUMO DA ÓPERA:
Aeon Must Die! é um beat’em up diferente em muitos aspectos, seja pelo sistema de fases semelhantes a um jogo de luta, o conceito de ser dominado e precisar vingar-se dos inimigos ou mesmo sua arte, completamente psicodélica.

As cutscenes possuem dublagem completa (em inglês)

“Asternato” luta contra os inimigos e contra a dominação de Aeon, um imperador que se tornou fraco após sofrer uma traição de seus generais e parte em uma busca por vingança e poder desenfreados, podendo ser impedido apenas pelo seu próprio hospedeiro.

A chuva resfria a armadura de Aeon, cuidado…

A dificuldade é alta para os finais bom e neutro, tornando-se mais fácil trilhar o caminho de Aeon, onde o poder é infinito e as mortes não sofrem punições.
Essa dinâmica de risco e recompensa a cada parry ou esquiva, cada vingança contra um adversário que lhe roubou propósito é a força-motriz do título.

Um jogo surpreendente e empolgante e, ao mesmo tempo, frustrante em determinados aspectos, Aeon Must Die! é uma experiência única no seu gênero, experimental em muitos sentidos, é um título que merece atenção dos jogadores.
Mas vá preparado, pois a dificuldade será grande…