Review / Tutorial: Panorama Cotton

Vamos então continuar com a comemoração de 30 anos da franquia, na qual contém dois jogos escolhidos: Märchen Adventure Cotton 100%, e Panorama Cotton.
Para quem ainda não tiver visto, também temos o review do Cotton Reboot!, que é a reimaginação mais moderna de Cotton: Fantastic Night Dreams.

Exclusividade do Japão novamente…

O estojo do jogo para Mega Drive

Novamente, temos um jogo que saiu apenas no Japão.
Da mesma forma que o jogo e o sistema anterior, o Mega Drive também tinha trava regional para seus jogos, desconsiderando quaisquer mod’s, então, genuinamente falando, você precisaria ter um console e um cartucho japonês.

O jogo foi lançado em 1994 (em agosto, enquanto o 100% de SNES foi em abril) com a Success mantendo o desenvolvimento, teve a distribuição pela Sunsoft, na qual teve uma limitada produção de cópias, sendo apenas 4000 produzidas, o que atualmente torna o jogo um dos mais raros no mercado de colecionadores de sistemas antigos, mas não se preocupe, para a alegria desses colecionadores, a edição feita pela Strictly Limited também possui o cartucho para o Mega Drive, além das versões PS4 e NSW, o link de compra deixarei mais para frente.
Em 2019, com o avanço das emulações dos sistemas 16 bits (que inclusive faz parte do pequeno port trazido pela Ratalaika), o jogo teve uma tradução não oficial pelos fãs.
Entretanto, esse jogo, diferente do anterior, não teve port para Playstation ou outros sistemas, ficando exclusivo do Mega Drive…… até agora :P.

No mais, vamos novamente embarcar na nostalgia que a nossa carismática bruxinha vem nos trazendo ao rejogar esses clássicos?

Código cedido para review pela ININ Games / United Games, versão Playstation 4

Nome: Panorama Cotton
Gênero: Shoot’em Up / Shmup (subgênero: Cute’em up)
Desenvolvedora: Success
Distribuidora: SunSoft (Mega Drive), ININ Games / UGE (NS & PS4)
Plataformas: Mega Drive, Playstation 4, Nintendo Switch
Lançamento: 1994 (Mega Drive), 2021 (Playstation 4 / Nintendo Switch)
Mídia: Digital e Física (cartuchos (Mega Drive), edições limitadas (NS / PS4))

Edições Físicas

Para os colecionadores e amantes das edições físicas ou limitadas, a Strictly Limited ainda tem um estoque de algumas das edições do jogo na sua loja, além da edição standard.

Através desse link, faça seu login e escolha sua edição.

Para quem quiser comprar, algumas observações:
Os cálculos são feitos apenas com o valor de venda do jogo adicionado ao valor de frete para sua residência. Caso for preciso o pagamento de importações adicionais no seu serviço postal, deverá ser feito por sua total responsabilidade.

Tela Título

História / Enredo

A minha idéia era fazer o mesmo que fiz em Cotton 100% e trazer a história traduzida pra vocês, mas como são 4 minutos de prólogo, e pra bom concepção da tradução, eu teria que tirar várias prints do jogo e explicar as imagens, entretanto, vou resumir em alguns momentos críticos para que vocês entendam.

A história começa com um pequeno memorial contando sobre o universo do jogo, onde os Willows são os doces mágicos mais importantes do mundo fantasioso que as personagens se encontram. Wool, a antagonista do jogo anterior, foi responsável pela escuridão do mundo após roubar os 7 Willows mágicos responsáveis pela luz do dia. Queen Velvet, preocupada com a situação, pediu para Silk encontrar alguém capaz de derrotar Wool e trazer a luz do dia de volta para o mundo. Na sua jornada, Silk encontra a nossa bruxinha Cotton, que juntas derrotaram Wool…

… e sua força e história ficou conhecida por diversas gerações, imortalizada nesse conto, pela Silk obviamente…

Eis que Knit chega de repente dizendo que Queen Velvet está dizendo coisas sem nexo e que o mundo está correndo um perigo iminente por consequência do caos… e que apenas ela poderia salva-lo. Sem que dê tempo das fadas impedirem, Velvet monta em cima de Pinky e parte em sua jornada de salvar o mundo…

Knit e Silk começam então uma busca pra tentar verificar as diversas possibilidades e o que acarretou a doideira de Velvet…
Ao reflerirem, elas lembram que há alguns Willows com cheiros e gostos duvidosos, nos arredores dos jardins do castelo… sendo então o provável motivo dessa atividade anormal…

Silk carrega o Willow queimado para longe, mas antes que ela possa se livrar dele, Cotton aparece de repente e o rouba dela. Sem parar por um momento para ouvir a história de Silk, Cotton começa a comer o Willow queimado. No entanto, ela rapidamente o cospe.
Silk então explica parte do que aconteceu

Quando Cotton descobre que alguém está queimando Willows, ela jura que não vai deixar isso continuar. A partir daí, Silk e Cotton partem em sua nova aventura.

Gráficos

O jogo conta com gráficos bem saturados nas suas paletas de cores (saindo um pouco dos tons mais fracos dos jogos 68000 e SNES), algo que era admirável no Mega Drive quando bem aplicado. Os efeitos ficam por das cores e as diversas camadas de profundidade no cenário enquanto Cotton viaja pra frente, dando uma imersiva profundidade de locomoção (o chamado parallax).

A arte dos personagens novamente fica por conta de Hideki Tamura, Motoi Saito e Shinobu Itō mantendo o carisma das animações das intermissões, na qual nesse título é bem pouco.

Da mesma forma que Cotton 100%, o port conta com algumas opções de filtros e efeitos adicionais para os mais modernos ou saudosistas.

É possível trocar os shaders da tela e incluir uma pequena simulação de telas CRT:

A ideia desse shader é diminuir e mascarar um pouco os pixels e aplicar pequenas formas arrendondadas para as modelagens e fontes do jogo, além do aspecto com saturação menor.
OBS: diferente do review do Cotton 100%, nesse port a emulação para a proporção de tela funciona, se encontrando na versão 1.01 com a nota de “correção de bugs”

Som / OST

Novamente com dublagens sutis e uma trilha sonora variada, Kenichi Hirata se mantém invicto na composição das músicas. Usando o chip FM do Mega Drive de forma que consiga dar boa impressão das músicas enquanto se tem o som dos tiros da magia de Cotton, notamos músicas com tons mais J-POP…

Takae Yoriguchi retorna como a dubladora de Cotton.

Jogabilidade

Por ser um controle com 3 botões de ações no Mega Drive, o jogo contém um esquemático simples, sendo um botão para gerenciar a velocidade de Cotton, disparar sua magia e usar a as clássicas Mágicas, sendo possível trocar o posicionamento das funções nos botões em ambos os menus (port de emulação e do jogo).

Aprimoramento no suporte de Silk / Overheat: a versão do port entretanto traz uma novidade. O jogo original conta com o modo de sobreaquecimento da magia de Cotton, diminuindo a taxa de tiros, se manter o botão pressionado por 2 segundos. Essa opção pode ser desligada no menu do emulador do port.

Isso tem ligação com o suporte de Silk que você verá no decorrer do texto.
Ao manter o original, Cotton irá disparar com menos frequência e Silk irá entrar em suporte. Como o Mega Drive só tinha 3 botões na sua versão mais comum(A B C) era a única maneira de ativar o suporte de Silk.
Porém no port, é possível usar a Silk no R2, caso você manter a versão original.
Caso deixe desligada, ela entrará no suporte da mesma maneira, com a diferença de que Cotton irá manter sua frequência de disparos.

Sistema de Jogo

Cotton deverá passar por 5 estágios para ver o responsável pela queima dos Willows.
Usando um sistema de rail shooter, no qual se prende ao aspecto de limitar a movimentação na tela enquanto a rota é feita automaticamente, com possíveis desvios de rotas ou não com a ação ocorrendo pela perspectiva por trás do personagem.

Os reflexos podem ser testados…

Como comentei na definição do sistema, o jogo poderá apresentar pequenos obstáculos para desviar, os projéteis dos inimigos indo ao seu encontro, ou os próprios inimigos vindo na sua direção, seja do fundo do cenário ou por trás de Cotton em algumas ocasiões…

Neste jogo, Cotton não perde vidas com um instantkill, mas sim uma stamina de resistência para esses casos, como é possível ver na parte superior central da tela. Entretanto, essa é a sua única vida no jogo. É possível recupera-la ao concluir as fases (dependendo do seu desempenho) ou em bonus durante as fases.

Por trás da magia de Cotton…

O sistema de nivelamento, clássico da série, se mantém neste jogo, com os cristais amarelos sendo o responsável pelo aumento de poder da magia dos disparos de Cotton, além dos diferentes tamanhos de cristais.

Da mesma forma que os outros jogos, Cotton também ganha EXP derrotando os inimigos e destruindo obstáculos, e a barra de EXP expande, necessitando mais experiência para subir de nível.

O nível máximo de poder nesse jogo é 5, sendo rebaixado se for atingido demasiadamente, já que em cada acerto, a barra retrocede.

Seis, por três….

Mantendo o clássico de atirar nos cristais e modificar eles para alternar magias, temos 3 possíveis escolhas para os 6 slots que Cotton pode armazenar.
O segundo tipo da magia porém é ativado pela Silk, enquanto estiver no formato suporte para Cotton (mantendo o botão de disparo sob ativação), Silk irá girar entorno de Cotton, ao usar a magia, é ativada a magia pela Silk.

Os cristais vermelhos são responsáveis pelas magias de elemento fogo.

Para a magia de fogo, é possível usar o Fire Dragon e Flame Fairies.

Para os cristais verdes, é o elemento terra.

Para esse elemento é possível usar Boxtree Fruit e Fairy Launcher

Para os cristais azuiz, é o elemento relâmpago / luz.

Para esse elemento é possível usar o próprio Thunder e o Barrier & Thunderball

OBS: Barrier & Thunderball são 2 fases de magia, sendo um escudo protetor em volta de Cotton por um tempo determinado, caso houver um choque nesse escudo, ele ativará os “Bolts” (piada com parafusos pois BOLT também serve para relâmpagos)

Três aspectos que devem ser levados em conta aqui:
Cristais Elementais não são possíveis alternar, sendo sempre o da esquerda o selecionado.
Caso houver slots cheios, o último da direita é expulso quando um novo é coletado.
Cristais grandes concedem 2 slots de mesma magia.

Standard / Challenge

Novamente, os 2 modos de jogo estão no port desse.

No standard você conta com save states e rewind, ou seja, é possível salvar em qualquer momento ou voltar uma parte de tempo, caso tenha cometido erros, enganos ou perdido uma vida.

No challenge, você não tem disponível os recursos citados anteriormente, sendo o jogo rodando de forma genuína.

Extra

Caso terminar o jogo acima de 1 milhão de pontos, você irá poder jogar com a Silk no “Silk’s Dream”

A diferença fica por conta da troca de lugares entre ambas as personagens, mas as fases, chefes e desafio é exatamente o mesmo (com diferença do hurtbox de Silk ser menor).

Troféus / Conquistas

Dificuldade: 4/10

Enquanto no modo standard você pode ativar cheats para conhecer o jogo, no modo challenge eles são retirados.
De forma resumida, você deve: terminar o jogo em ambos os modos e fazer pontuação de 1000000 em ambos os modos.

Considerações Finais

Continuando com o espírito de analisar o jogo na época de 1994, graficamente o jogo é um show na era dos 16 bits, com efeitos agradáveis e os poucos flashes de luz não chegam à incomodar. A entonação das cores é em saturação da medida certa, sendo possível notar os diversos efeitos de cenários e dinamismo no fundo em algumas fases.
O parallax do Mega Drive sempre foi louvável, da mesma forma que o Super Nes, dando uma imersão de profundidade boa jogando em velocidades variantes de Cotton.

A trilha sonora continua agradável de ouvir, mantendo o estilo cômico e carismático da franquia. Aliás, não se engane em achar que o jogo tem menos músicas, por ter apenas 5 fases…
Cada chefe tem seu tema, diferente do que éramos acostumados em ver nos Cotton’s anteriores…

Jogabilidade pode confundir os menos acostumados no estilo on rails, mas aos poucos vai pegando a prática ao se acostumar com a profundidade e ângulos dos tiros. A implementação em modificar o overheat permite que os menos experientes joguem o jogo de forma amigável, e que os veteranos da franquia possam manter o saudosismo e jogar na forma clássica ou com a ajuda do R2.

A performance do jogo está impecável, com uma taxa de frames fixa, sendo um pseudo 3D, o Mega Drive lidava em torno de 30 fps. Não houve fechamentos repentinos enquanto joguei, apesar de ter sido um tempo rápido, o que nos leva pro próximo item.

A duração do jogo é curta, em torno de 40 minutos à 1 hora é possível zerar o jogo. As fases tem uma longevidade variada, algumas fases são curtas, outras médias. Algumas possuem subchefes, outras não.
O desafio do jogo é moderado, apesar de Cotton ter uma barra de stamina em vez de vidas, não se engane. O jogo pode desafiar você nos obstáculos e padrões dos inimigos, tendo em vista que não há avisos quando eles vem por trás de Cotton. As variações de deslocamento das fases irão desafiar na sua velocidade de resposta

Entretanto, apesar da mesma tentativa de trazer o jogo para o ocidente de forma oficial, o jogo não conta com traduções da história e conversas nos eventos, ficando limitado para quem sabe o idioma. Não sei se a Ratalaika irá complementar isso para os que estiverem interessados em saber um pouco mais da história cômica da nossa carismática bruxinha, já que o jogo se encontra no patch 1.01. Não é comum ver atualizações seguidas para emuladores (tirando trabalho não oficiais por meio de fãs).

De forma resumida, Panorama Cotton mais uma vez ressucita o legado de nossa querida bruxinha, sendo um jogo que vale a pena conferir, para os que ainda não tiveram a oportunidade de jogar em algum momento, ou os amantes do gênero que ainda não deram a oportunidade ao jogo, jogue sem medo. Lembre-se que empresas como Ratalaika, City Connection, ININ GAMES / United Games, entre outras, estão nos dando a chance de rever esses tesouros antigos, seja para matar a saudade ou para que venha em um conhecimento de divulgação maior, pois muitos desses jogos japoneses, até a era Playstation 3 (porque não?), são de um número imenso de exclusividade.
Aguardo imensamente que a Success mantenha a parceria e nos tragam Rainbow Cotton pois é o único que eu não joguei, além da minha espera em jogar o Cotton Fantasy: Superlative Night Dreams (ININ Games / United Games, não se esqueçam de mim hahahaha)…