Review / Tutorial: Coleção Atari Recharged

Em comemoração aos 40 anos dos clássicos da Atari, as desenvolvedoras Adamvision Studios e SneakyBox nos trazem uma reimaginação de alguns clássicos como Centipede, Black Widow, Breakout, Asteroids e Missile Command.

A idéia é simples, todos os jogos terão algumas funcionalidades novas e com uma modernização para mecânicas mais dinâmicas e rápidas…
O review em questão irá lidar com Centipede, Black Widow e Asteroids.

Porém, devo frisar que, apesar do review estar nomeado como COLEÇÃO, os jogos são vendidos separadamente; como recebi os 3 jogos para review, acho válido mesclá-los no mesmo artigo.

Dito isso, vamos conhecer as 3 empresas em questão:

Atari (site oficial)

Atari é uma das marcas mais reconhecidas e celebradas do mundo. Nossa equipe se dedica a honrar o legado da marca e a desenvolver seu sucesso para que a Atari continue associada à diversão por muitos anos.
Fundada em 1972, a Atari desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento das indústrias de jogos de arcade, consoles de jogos e computadores pessoais. Os jogos icônicos da Atari, incluindo Pong®, Asteroids®, Centipede® Missile Command®, foram jogados por muitos milhões, e a marca continua a trazer alegria aos jogadores com seu portfólio em expansão de jogos para PC, console e móveis.
Os negócios principais da Atari incluem videogames, hardware de consumidor, licenciamento e blockchain. A equipe da Atari está focada na criação de valor por meio da expansão e integração de cada um desses negócios sob a liderança de nosso CEO Wade Rosen.

Adamvision Studios (site oficial)

Originalmente do Canadá, Adam é um desenvolvedor de jogos solo, que se concentrou basicamente em estilos retro e clássico. Seus jogos podem ser encontrados no site oficial como parte de seu portfólio além do slogan “Aprendendo à fazer jogos, fazendo jogos”…

SneakyBox (site oficial)

SneakyBox é um estúdio de criação digital premiado com foco em jogos, software personalizado e desenvolvimento de soluções envolventes. Combinando tecnologia de ponta com pensamento estratégico, oferecemos serviços de desenvolvimento de software de alta qualidade em todo o mundo, em seis áreas principais: aeroespacial, educação, energia, engenharia, manufatura e medicina.
A SneakyBox foi fundada em 2012 por dois alunos criativos e peculiares – Liudas Ubarevičius e Justas Šalkevičius. Uma equipe de 32 desenvolvedores trabalha atualmente na empresa.
A SneakyBox, junto com a Telesoftas e a Adeo Web, faz parte do cluster Blaster, que reúne mais de 220 profissionais de TI. O sistema de cluster nos permite combinar nossas forças, conhecimento e especialidades profissionais ao trabalharmos juntos em projetos de maior escala.

Sendo mais específico, Adamvision fez os jogos para o formato PC, Mobile e Nintendo Switch, enquanto a SneakyBox trabalhou no port para consoles Xbox e Playstation.

Para ficar mais organizado, vou citar os 3 jogos de forma ordenada por lançamento e isolada nos tutoriais, porém nos aspectos técnicos irei falar de forma conjunta, da mesma forma que fiz com Castlevania Anniversary Collection.

Códigos cedidos pela Atari, versão Playstation 4 para Centipede, Black Widow e Asteroids.

Telas Títulos

Gráficos

Os 3 jogos contam com uma coloração em formato “neon” e que remete ao antigo estilo CGA dos computadores antigos, porém com uma tentativa de feeling anos 80.
O jogo contem efeitos de luz tridimensionais e que tem intensidade moderada e alta, dependendo da ocasião, porém a modelagem e sistemática do jogo é 2D.
A engine usada é a Unity.

Som / OST

A trilha sonora para os 3 jogos é feita por Megan McDuffee, no qual trabalhou em River City Girls e Aeon Drive.
Os arranjos são mais voltados para o eletrônico, com sintetizadores e arranjos variantes, no mesmo estilo e gênero.

É possível ter uma amostra da música Frantic Wiggling no Youtube, pelo canal da compositora:

Megan também deixou o álbum completo para comprar ou ouvir no bandcamp.

Jogabilidade

O jogo conta com um esquemático simples para os três jogos, onde dois deles envolvem o estilo dual stick shooter, com a adição dos gatilhos para as implementações novas no sistema de jogo.

No caso de Centipede Recharged, o único botão de ação é o de disparar o canhão que é X, sendo unidirecional.

Sistema de Jogo

Os 3 jogos são do gênero shooter em tela estática, onde haverão ondas de hordas de inimigos para serem derrotados.

Dito isso, vamos aos jogos em específico…

Centipede Recharged

Nome: Centipede Recharged
Gênero: Shoot’em Up / Arcade / Shooter
Desenvolvedora: AdamVision Studios / SneakyBox
Distribuidora: Atari
Plataformas: Playstation 4 / 5, Xbox One / Series S|X, Nintendo Switch, PC, Atari VCS
Lançamento: 2021 (29 de setembro)
Mídia: Digital

E o que vem de diferente no Recharged?

No jogo original (considerando Arcade), o defensor ficava limitado apenas na linha inferior da base da tela, tendo que se defender das centopéias, insetos e destruir cogumelos.
Na versão Recharged, há uma divisão entre partes superiores e inferiores, sendo diferenciada pelas cores, dando assim seu limite de áreas.

A mudança se consiste entre a área rosada ser a nova delimitação para o defensor, porém com a invasão das centopéias e aranhas vindo nos seus devidos padrões.

Ao atirar nas centopéias, elas irão derrubar um cogumelo, por cada pedaço separado.
Em alguns casos, elas podem se dividir em duas por cada pedaço destruído.
Para derrotar elas, deverá destruir todos os pedaços.

Os cogumelos por sua vez podem ser normais ou venenosos.
Eles servem para as centopéias se desviarem do seu padrão e andar em zigue zague ao bater em um cogumelo normal até chegar na parte defensiva, enquanto no venenoso, ela irá direto para a zona do defensor.

Os cogumelos normais podem ser deixados pelas centopéias (como dito antes) e pelas pulgas descendo na tela, além de serem envenenados pelos escorpiões que aparecem esporadicamente.

Entretanto, na edição recharged, as aranhas podem conceder poderes adicionais para seu defensor.

O tempo de ativação dos poderes é indicado pelo contorno ao redor da tela retrocedendo até sumir.

Arcade / Desafios

O jogo conta com dois modos específicos:

O arcade é o modo normal com hordas de inimigos vindo em momentos alternados. O avanço de nível e aumento de dificuldade é indicado na mudança de cores dos inimigos e fundo de tela.

Já os desafios são fases específicas para cumprir objetivos e condições.

Os desafios podem ser feitos em solo / cooperativo, porém divididos em suas categorias.

Troféus / Conquistas

Dificuldade: 2/10

Os troféus não são tão difíceis se estiver acostumado com o gênero, e já ter jogado o jogo…
Algumas pessoas podem ter dificuldade em alguns desafios mas o método de tentativa e erro dominará até conseguir.
De forma resumida, você precisa:

  • Fazer 2000 pontos sem errar um tiro
  • Fazer 40000 pontos no arcade
  • Concluir os desafios em solo e coop
  • Sobreviver 180 segundos
  • Ressuscite seu amigo no cooperativo
  • Mate 15 inimigos em curto espaço de tempo
  • mate um inimigo sem causar dano nele
  • Mate 10 inimigos com um único tiro de canhão elétrico
  • Detone 50 bombas com 1 disparo
  • Mate 1000 centopéias, 400 escorpiões, 600 pulgas e 800 aranhas

Os troféus são rastreados in-game.

Black Widow Recharged

Nome: Black Widow Recharged
Gênero: Shoot’em Up / Arcade / Shooter
Desenvolvedora: AdamVision Studios / SneakyBox
Distribuidora: Atari
Plataformas: Playstation 4 / 5, Xbox One / Series S|X, Nintendo Switch, PC, Atari VCS
Lançamento: 2021 (28 de outubro)
Mídia: Digital

A Teia Recarregada

Comparado com Centipede, não há diferenças sistemáticas no campo de ataque e defesa, há não ser a resolução e modernidade dos gráficos…

Usando o método de dual stick shooter para o jogo, você terá sentidos octagonais para atacar e se defender das hordas de insetos.

Perceba a indicação da aproximação dos inimigos na tela

Aqui a essência é simples, a sua teia é seu campo de defesa, porém os inimigos terão um padrão variante:

Mosquitos cruzam 3/4 da tela e fazem uma curva, dropam “$” que dá bônus
Besouro cruzam quase a tela inteira, com pouca variação de movimento, dropam poderes
Vespas cruzam a tela em velocidade menor, porém dropam ovos
Ovos – ao eclodir, podem virar vespas ou spoilers
Bicho Granada – explodem ao ser atingidos
Bicho Foguete – lança tiros explosivos na viúva negra, podem ser evitados atirando neles em distância segura
Insetos Trovejantes – se atingido, ele quebra a formação e ataca. Se atingido novamente, ele explode todos os outros T-bugs por 5000 pontos.
Matador de bichos – inofensivo para o jogador e invulnerável. Compete com a Viúva Negra por comida. Bata em sua presa piscante para ganhar pontos.

Os spoilers nada mais são do que a limitação da teia ao ficar demarcada pela linha em branco, pode ser desfeita atirando bichos granadas nela ou simplesmente esperando alternar de lugar.

Como notado, os besouros derrubam poderes para a viuva negra alternar seus tiros.

Da mesma forma, o tempo de ativação é indicado pelos contornos na tela retrocederem.
Ainda como poder de ataque, a viúva negra tem a chamada teia mortal que é seu especial indicado no canto esquerdo inferior da tela, ao ser usado, ela usa uma rajada que matará todos que estiverem nela, instantaneamente.

Como opção de defesa, com relação aos ovos, é possível evitar que eles eclodam empurrando eles pra fora da teia ou detonando eles com algum tiro explosivo.

Arcade / Desafios

Da mesma forma que o Centipede, o jogo conta com dois modos específicos:

O arcade é o modo normal com hordas de inimigos vindo em momentos alternados. O avanço de nível e aumento de dificuldade é indicado na mudança de cores dos inimigos e fundo de tela.

Já os desafios são fases específicas para cumprir objetivos e condições.

Os desafios podem ser feitos em solo / cooperativo, porém divididos em suas categorias.

Troféus / Conquistas

Dificuldade: 4/10

Os troféus não são tão difíceis se estiver acostumado com o gênero, e já ter jogado o jogo…
Algumas pessoas podem ter dificuldade em alguns desafios mas o método de tentativa e erro dominará até conseguir.
De forma resumida, você precisa:

  • Fazer 6000 pontos no arcade
  • Concluir os desafios em solo e coop
  • Sobreviver 180 segundos
  • Ressuscite seu amigo no cooperativo
  • Mate 20 inimigos em curto espaço de tempo
  • Mate 10 insetos trovejantes em curto espaço de tempo
  • Empurre um ovo pra fora da teia
  • Mate 15 inimigos com um único tiro de teia mortal
  • Detone 5 inimigos com 1 explosão de bicho granada
  • Evite que 100 ovos eclodam
  • Mate 2000 insetos

Os troféus são rastreados in-game.

Asteroids Recharged

Nome: Asteroids Recharged
Gênero: Shoot’em Up / Arcade / Shooter
Desenvolvedora: AdamVision Studios / SneakyBox
Distribuidora: Atari
Plataformas: Playstation 4 / 5, Xbox One / Series S|X, Nintendo Switch, PC, Atari VCS
Lançamento: 2021 (14 de dezembro)
Mídia: Digital

Armageddon / Aerolitos feelings…

Novamente, o foco de mudança foi apenas a estética, não tendo novidades significativas na área de jogo.

Seu objetivo é destruir os asteroides de diversos tamanhos e resistências e evitar o choque contra eles. No universo do jogo, o espaço é finito e é do tamanho da tela, tendo a possibilidade de seu tiro atravessar de um lado para outro.
Os asteroides se dividem em 2 pedaços por cada destruição feita neles.

Alguns asteroides, ou o próprio universo, podem trazer algum perigo, tome cuidado.

Haverão OVNIs que tentarão atrapalhar sua missão de defesa, alguns podem ser mais agressivos ou simplesmente passar na tela sem atirar… ou vir junto de um asteroide.

Nesse último caso, o OVNI pode ser libertado do asteroide ao ser atingido ou explodir junto, tome cuidado.

E novamente temos a implementação de poderes para sua nave…
Com a mesma mecânica de indicação ao redor da tela, em forma de retrocesso.

Nesse jogo não tem muito mistério, apenas a sua destreza e reação são necessários para o sucesso…

Arcade / Desafios

Achou que esse ia ficar de fora??? Obviamente que não…

O arcade é o modo normal com hordas de inimigos vindo em momentos alternados. O avanço de nível e aumento de dificuldade é indicado na mudança de cores dos inimigos e fundo de tela.

Já os desafios são fases específicas para cumprir objetivos e condições.

Os desafios podem ser feitos em solo / cooperativo, porém divididos em suas categorias.

Troféus / Conquistas

Dificuldade: 3/10

Os troféus não são tão difíceis se estiver acostumado com o gênero, e já ter jogado o jogo…
Algumas pessoas podem ter dificuldade em alguns desafios mas o método de tentativa e erro dominará até conseguir.
De forma resumida, você precisa:

  • Fazer 500 pontos sem errar um tiro
  • Fazer 1000 pontos sem se mover
  • Fazer 6000 pontos no arcade
  • Concluir os desafios em solo e coop
  • Sobreviver 180 segundos
  • Ressuscite seu amigo no cooperativo
  • Mate 20 inimigos em curto espaço de tempo
  • Mate 30 inimigos com um único megalaser
  • Detone 30 bombas com um único disparo
  • Mate 1 inimigo com um projétil defletido
  • Destrua 1000 asteroides e OVNIs
  • Tenha 50 asteroides na fase ao mesmo tempo

Os troféus são rastreados in-game.

Considerações Finais

Graficamente o jogo tem boas paletas de cores, apesar do estilo neon de anos 80, não são tão vibrantes. Porém ao usar o poder de “desaceleração’, o blur misturado com o efeito de cores pode incomodar alguns jogadores, por ser demasiadamente excessivo, mas o jogo permite ligar e desligar.

Musicalmente o jogo compete com o visual retro, o contraponto é que a OST foi pensada de forma conjunta para toda a coleção dos Recharged, sendo as mesmas músicas para todos os jogos (o que dá a idéia de uma versão física reunindo todos juntos, talvez?).
Megan fez boas composições, mesmo que repetidas entre os 3 jogos, talvez seria mais interessante fazer músicas distintas para os títulos…. noves fora, se eu realmente acertei a previsão de edição física lol.
A sonoplastia remete aos antigos jogos de Atari, mantendo o saudosismo na sua mente enquanto joga os jogos na sua versão moderna…

A jogabilidade mantém a simplicidade mesmo com a implementação das mecânicas novas, além do fato de ter o ritmo acelerado nos jogos e responder com precisão as suas necessidades. Evidentemente, alguns jogos irão desafiar a sua noção de tempo entre os tiros, tendo em vista que ele mantém o estilo de 1 tiro por vez, seja por choque ou dispersão.

A performance (em PS4 FAT) é satisfatória quando não há muitos efeitos ou excesso de inimigos na tela. Em Black Widow e Asteroids, a performance pode ser um problema se não souber administrar suas jogadas, sendo um problema para a performance do jogador mais desatento. Já no caso de Centipede, os pequenos lags não incomodam por serem mais rápidos devido às explosões curtas dos tiros. Já no caso de Black Widow e Asteroids que podem haver cadeias de explosões, o LAG é mais incômodo.
Com relação à fechamentos, o jogo não teve nenhum problema.

Evidentemente, os jogos do Atari Recharged se mostram mais focados em tentar trazer o público mais novo para conhecer os jogos antigos da Atari, com uma aposta mais moderna, porém, o sentimento ficará mais voltado para o público saudosista, que acompanhou a evolução dos jogos mas que com certeza sentirá saudade de rever esses jogos reimaginados.
Certamente são jogos que devem ser aproveitados em promoções, principalmente depois de ver filmes com referência à eles, tipo “Pixels” com Adam Sandler que remete ao Centipede de forma criativa, e que aumentará talvez a curiosidade em experimentar essa versão concebida pelo Adam, o desenvolvedor (sim, o trocadilho foi proposital).

Ou ainda, serve como opção para os caçadores de troféus que gostam de um desafio moderado baixo e que não se importam de dar a chance do universo indie (e que homenageia os clássicos), adentrar na sua casa.