Review / Tutorial – Fuga: Melodies of Steel

Taranis, o tanque gigante do jogo

Ola, aqui é o Pena e hoje venho com um jogo de RPG / Estratégia que tem uma cara bonitinha e ótima jogabilidade, o Fuga: Melodies of Steel.

Ele foi produzido e publicado pela CyberConnect2, sendo que estão completando 25 anos de existência e esse é o primeiro jogo publicado por conta própria. Eles são bem conhecidos por vários jogos de animes, como todos da série “.//Hack” e vários da série Dragon Ball, Naruto e JoJo.

Review feito em base da versão pra PS4 e PC
(códigos cedidos pela CyberConnect2)

Titulo: Fuga: Melodies of Steel
Produtora: CyberConnect2
Distribuidora: CyberConnect2
Gênero: RPG por turno / Estratégia
Plataformas:
PlayStation 4, PlayStation 5, Nintendo Switch, Xbox Series X, Xbox One e PC (Steam e Epic Games)
Mídia: Digital
Textos: Inglês, Francês, Espanhol, Italiano, Japonês, Chinês Tradicional e Simplificado
Dublagem: Japonês e Francês

A série “Little Tail Bronx”

A série iniciou no PlayStation 1 com o jogo “Tail Concerto”, trazendo os personagens antropomórfico nas suas aventuras. Infelizmente eu não tive contato com a série antes do Fuga, então as informações aqui são por pesquisa:

  • Tail Concerto: primeiro jogo da série, saiu somente para PS1 em 1998, mas recebeu versão ocidental do jogo;
  • Mamoru-Kun: Esse não é um jogo, mas sim, uma campanha sobre segurança em desastres lançada no Japão usando a base da série;
  • Solatorobo: Red the Hunter: esse saiu para NDS em 2011 e é o que tem mais ligação com o Fuga (qual a ligação, só jogando pra saber);
  • Little Tail Story: esse foi um Free-To-Pay lançado em 2014, mas ficou pouco tempo no ar e já está encerrado.

Um dos cartazes sobre segurança do Mamoru-kun

História

A história se passa no pais conhecido como “Terras Livres de Gasco“, que é uma ilha gigante que flutua no céus do mundo da série. Nessa ilha encontramos “Petit Mona” uma vila pacífica que vive do campo.

Só que essa paz foi destruída quando o exercito da nação Berman iniciou uma invasão, atacando diversos pontos de Gasco. Somente algumas crianças consegue fugir do ataque seguindo as instruções de uma voz que elas escutaram pelo rádio.

E é assim que elas encontram Taranis, um tanque gigante que estava escondido nessa ilha. Agora com a ajuda dessa monstro de aço elas enfrentaram o exercito inimigo pra salvar as suas famílias.

A história toda giram em torno das crianças que precisa sobreviver a essa guerra e decidir se farão o sacrifício final usando a arma mais poderosa do Taranis, o Soul Cannon, que consome a vida de alguém para destruir qualquer obstáculo que ficar no seu caminho.

Gráficos

O jogo foi feito usando o Unreal Engine, trazendo gráficos em 3D puxando mais pra o estilo infantil, tanto pelo estilo dos personagens como nos designs gerais dos inimigos, tendo uns tanques e outros veículos bem caricatos.

Os personagens ficaram muito bonitinhos e as ações deles dentro do tanque são bem divertidas.

Boron: “nho nho nho nho” XD

Em vários pontos do jogo temos artes em 2D dos personagens e até trazendo artistas diferentes pra certas ilustrações. Todas elas ficaram muito bonitas e agradam demais, ainda mais e você gosta de animes.

Áudio

As músicas do jogo são bem gostosas de ouvir, tendo umas bem agitadas durante umas batalhas mais difíceis, mas as que realmente ganham destaque são as cantadas nos momentos mais tristes e emocionantes da campanha. Claro que eu não vou entrar em detalhes, mas realmente vale muito a pena escuta-las.

Infelizmente eu não achei a OST do jogo no Spotify e nem no Soundcloud, então segue uma lista que eu encontrei no Youtube pra você curtir enquanto termina de ler o review.

Algumas das interações das crianças enquanto você explora o Taranis

O jogo tem dublagem em japonês e francês, dai fica pro conta do jogador qual prefere, mas ambas são com os mesmo dubladores, isso por que nas conversas a dublagem dos personagens são apenas algumas palavras, não o texto completo, sendo que somente a voz do rádio e o narrador que tem a dublagem completa.

Uma curiosidade do por que a dublagem ser em francês é por que é a língua oficial do pais deles (o primeiro jogo mesmo recebeu uma versão na França antes mesmo de sair pro resto do mundo).

Um detalhe final é que, dependendo de qual das línguas você deixar na dublagem, algumas músicas cantadas também ficam na mesma língua.

Jogabilidade

Esse é um jogo de RPG com estratégia por turnos. Enquanto ele é bem linear no seu avanço, o que você faz (e dependendo da sua sorte também), a sua campanha pode variar bastante de dificuldade. Ele tem bastante informação, então vamos por partes.

Menu

Ao contrário da maioria dos RPGs, o menu principal é mais pra saber como está a sua campanha e criar a estratégia de como vai melhorar os pontos do que em configurações da equipe, mas é bom entender bem essas informações:

  • Status: Entra no meu para verificação dos seus personagens e do tanque;
  • Items: Verifica o seu inventário;
  • Library: Entre no menu com diversas informações gerais do jogo;
  • Options: acessa o menu de configurações básicas do jogo;
  • Return to Title: Retorna pro menu inicial e cria um save temporário

Status

Nessa parte tem três separações, na área de Characters você tem uma visão geral da criança, mostrando qual arma do Taranis ela manipula, as skills que ela já aprendeu, seu suporte e efeito do Hero Mode. Essas partes eu entro mais em detalhes na parte de batalhas.

Na área Affinity mostra como está a relação entre as crianças e se já liberou o ataque especial da dupla. Isso ajuda bastante pra montar as estratégias durante os combates.

Já na aba Taranis temos os status gerais do tanque, desde os status pra batalha como o nível de cada uma das instalações.

Items

Essa parte é apenas visualização do seu inventário, sendo dividido por Items de Batalhas, Ingredientes e Materiais. Nenhum item é utilizável por esse menu.

A parte do Library contem informações gerais da campanha e outros detalhes que são desbloqueados conforme avança no jogo, como artes especiais e as da história. Esse daqui eu não vou entrar em detalhes pois pode sair algum spoiler sem querer e é mais interessante ver essas artes conforme você joga.

O jogo salva automaticamente em alguns pontos da campanha, mas caso deseje sair do jogo, use a opção “Return to Title“, assim cria um save temporário do ponto que você está. Mas como o jogo foi designado pra manter as suas escolhas, assim que você carregar esse save ou qualquer outro do sistema, o temporário é apagado, assim evita as roubalheiras dos saves.

Cidades

No começo de cada capitulo temos acesso a uma cidade. Nelas você pode conversar com os moradores pra saber o que está acontecendo na guerra e receber itens.

Por não ter opção de compra, as trocas são relativamente justas nesse jogo

Como o próprio vendedor comenta, dinheiro durante uma guerra é inútil. Nelas só temos acesso a troca de itens, divididos entre os utilizados em batalha e materiais pra melhorar o Taranis.

O avanço durante os capítulos

O jogo no geral não tem exploração, é como você estivesse num tabuleiro aonde cada casa indica o que acontece nele. Se for uma casa com item ou cura, ele literalmente só passa por cima e continua andando, parando somente em alguns pontos específicos, como batalhas ou locais de descanso. Como isso é bem importante, segue uma lista de todos os ícones:

ÍconeDescrição

Início
Ponto de partida do capítulo

Fim
Ponto final do capitulo aonde tem o chefe

Batalha Normal
Início de batalha normal. O numero no topo mostra quantas batalhas sequenciais tem nesse ponto.

Batalha Elite
Início de batalha elite, que tem inimigos bem mais fortes. O numero no topo mostra quantas batalhas sequenciais tem nesse ponto.

Cura HP
Ao passar nesse ponto, Taranis recupera um pouco de HP. Pontos com um sinal de positivo (+) recuperam mais HP.

Cura SP
Ao passar nesse ponto, Taranis recupera um pouco de SP. Pontos com um sinal de positivo (+) recuperam mais SP.

Cura HP & SP
Ao passar nesse ponto, Taranis recupera um pouco de HP e SP. Pontos com um sinal de positivo (+) recuperam mais HP e SP.

Item
Ao passar nesse ponto, você recebe alguns itens. Pontos com um sinal de positivo (+) tem itens mais raros

Descanso
Ao chegar nesse ponto, o jogo salva automaticamente e entra no Intermission.

Exploração
Ao chegar nesse ponto, você encontra uma ruína e pode explora-la.

Bifurcação
Ponto de decisão de caminho

União
Ponto de unificação de caminhos paralelos num único ponto

Em vários pontos do jogo você pode escolher qual das rotas pretende seguir, indo do mais fácil ao mais difícil. Claro que as mais difíceis tem melhores recompensas, mas analise direito as suas condições pra não perder a batalha.

Explorando o interior do Taranis (Intermission)

Em vários pontos, principalmente no começo do capitulo e logo antes da batalha do chefe tem os pontos de descanso, aonde temos uma visão do interior do monstruoso tanque.

Como já e de se imaginar, ele, é bem grande e você precisa usar os elevadores pra chegar nos vários pontos dele. Claro que nem tudo está liberado desde o início.

Outro detalhe é que você pode escolher qual das crianças você controla na exploração. Isso é importante pois as interações dentro do Taranis gera experiência pro personagem que você está controlando, então trocar entre eles é essencial.

Algo que você precisa ficar esperto é que as ações dentro do Taranis gastam AP (Action Points) que é mostrado no topo da tela e cada ação tem um gasto diferente. Toda Intermission inicia com 20 de AP.

Conversar com os personagens melhora o relacionamento entre eles e alcançando certos níveis, ativa os eventos entre eles e libera ataque especial da dupla.

Caso uma das crianças esteja deprimida (é um status negativo que persiste depois das batalhas e impede que ela use técnicas), você pode conversar com ela e tentar anima-la. Dependendo das respostas dada, é necessário conversar com ela mais de uma vez.

Aleatoriamente aparece esses pontos azuis dentro do Taranis, são itens variáveis que te ajudam na campanha.

Depois de um ponto do jogo libera o uso do caderno de anotações. Nele mostra o que cada uma das crianças quer fazer e realizar essas ações melhoraram o humor delas e libera o uso do Hero Mode na batalha (entro nisso posteriormente). O que eles querem é aleatório.

Instalações do Taranis

Praticamente todos os locais do Taranis são expansíveis, melhorando a eficiência deles, mas precisa de materiais diversos pra melhora-los. Pra melhoria do local não gasta AP.

Qualquer ação nas instalações que tiver uma chance de falhar, mostrado lá no Sucess Rate, tem uma chance de algum personagem que tem uma boa relação com o que você está controlando ajudar e aumenta a chance de dar certo.

Caso a ação falhe, você não perde os materiais utilizados na ação, somente AP.

Workshop

No Workshop temos a possibilidade de melhorar os equipamentos de combate do Taranis. Cada equipamento é melhorado separadamente e cada tentativa utiliza 2 AP. O nível máximo que você pode melhorar depende do nível atual do workshop.

Scrap Fishing

No Scrap Fishing as crianças literalmente pescam entulhos no chão enquanto o Taranis anda. Cada tentativa gasta 2 AP e temos dois fatores que modificam os resultados:

  • Linha: quanto melhor a linha, mais itens consegue pegar. O símbolo de item cheio indica que se der certo, é garantido a quantidade dele de itens, enquanto o apagado não é garantido que venha;
  • Dificuldade: Quanto maior a dificuldade, menor a chance de dar certo, mas os itens são melhores. Níveis maiores são liberados conforme você melhora essa instalação.

Um ponto dessa instalação é que as vezes tem um ótimo resultado, dando quantidade extra dos itens adquiridos.

Cooking

No cozinha você prepara as refeições das crianças e cada tentativa gasta 3 AP. Os materiais usados na cozinha você cultiva no próprio Taranis e cada refeição adiciona um efeito mostrado no Meal Effect, sendo que esse efeito permanece ativo até o próximo ponto de descanso.

Novos pratos são liberados conforme melhora essa instalação, só que quanto melhor a comida, mais ingredientes usa e tem maior chance de falhar.

Farm

No Farm você planta os ingredientes usados na cozinha e para plantar gasta 2 AP. Aqui o processo é um pouco diferente, já que não tem chance de dar erro, mas uma vez plantado, você só consegue colher os produtos no próximo ponto de descanso (para colher não tem gasto de AP). Mais pontos de plantio / cuidar dos animais e a quantidade que cada tipo item produz aumenta conforme melhora essa instalação e novas opções de plantio aparecem conforme avança na campanha.

Dormitory

No Dormitory as crianças podem descasar e recebem experiência nisso, mas gasta 5 AP pra isso. Crianças que estão machucadas precisam descansar pra recuperar desse status. A quantidade de camas aumenta conforme você melhora essa instalação.

Observatory

No Observatory é uma das instalações que não tem melhorias e temos duas opções. A primeira é o Observe, aonde as crianças analisam os arredores do Taranis pra colher informações da região (3 informações por capitulo). Essa parte não afeta a partida, é apenas informação sobre os locais do jogo e não gasta nada pra fazer isso.

A outra opção é o Expedition. Aqui você envia três crianças pra explorar as ruínas que você já encontrou na campanha, mas tem um porem, somente crianças que estão saudáveis podem participar da expedição e cada tentativa gasta 5 AP. Como funciona a expedição eu explico posteriormente aqui no texto.

Laundry

O Laundry também funciona diferente das outras instalações. Ele só libera em pontos específicos do capitulo e só pode ser utilizado uma vez, mas não há gasto de AP nele. Ele serve pra melhorar a amizade entre duas crianças em um nível.

Control Room

O Control Room é apenas pra acertar a formação de batalha antes de continuar a investida do Taranis, não gasta nada pra acertar isso.
Existe uma ultima interação escondida, mas como não afeta nada na jogabilidade e é mais pela piada, eu vou deixar pra você descobrir quando jogar ahaha.

Explorações

Quando você encontra uma ruína pelo mapa ou entra na parte de exploração no Taranis, as crianças exploram uma ruína. Elas são aleatórias dentro das variações de cada tipo de ruína e nível. O objetivo final é abrir esse baú, mas pra isso precisa encontrar a chave.

As vermelhas são balas pra a arma de brinquedo
Os azuis são itens

Durante a exploração, você tem controle das crianças nas ruínas, mas considere esses locais mais como um grande quebra-cabeça do que uma ação, já que nos níveis mais avançados você precisa fazer tudo certo pra conseguir todos os itens da ruína.

Você vai encontrar armadilhas e monstros nas ruínas e se for acertado, você perde uma criança na exploração (ela não e machuca pra as batalhas, mas não pode ser usada mais nessa exploração). Se todas as 3 forem acertadas, termina a exploração.

A arma serve pra destruir paredes, vasos e derrotar monstros. Os vasos e monstros deixam itens (e alguns deixam a chave do baú) e pro caso dos monstros, alguns precisam de até 3 tiros pra morrerem.

No final da exploração você recebe um rank de acordo que você fez e os itens que encontrou lá. Dependendo do rank, a um bônus de experiência pros participantes.

Batalhas

Sempre que você entra num ícone de batalha, logo na entrada mostra quantas ondas de inimigos terá, então a partir dai já é montar a estratégia conforme aparece os inimigos.

As batalhas são por turno e você pode ver a sequencia dos personagens lá no topo, quanto mais a esquerda, mais perto da ação da criança / unidade.

Os comandos básicos da batalha são:

  • “Attack”: Aqui entra a arma do Taranis que a criança utiliza, variando entre a metralhadora, lançador de granada e Canhão;
  • Skills: acessa as técnicas específicas do personagem;
  • Defend: entra em modo defensivo e diminui o dano por 2 turnos;
  • Items: acesso os itens de batalha pro uso.

Durante a batalha você pode remanejar as crianças, tanto as que já estão no combate como as que estão de reserva e formar duplas.

Cada personagem tem um suporte quando está no circulo menor e elas não agem (ou recebem status negativo) quando estão nessa posição, somente as que estão no controle das armas.

Repare que cada criança tem um símbolo de arma com elas, isso indica qual arma elas usam, sendo elas:


Metralhadora
Atira três vezes, tem uma boa mira, mas causa pouco dano.

LançaGranada
Apenas um tiro, tem dano e mira medianas.

Canhão
Também tem um único tiro por uso, é o mais forte mas tem a menor mira das três armas.

Só um detalhe, uma vez que você mude o posicionamento das crianças, não pode fazer isso novamente por 3 turnos, então monte bem a estratégia antes de confirmar.

Todos os inimigos tem uma fraqueza que é marcada pelo relógio colorido neles (alguns tem mais de uma fraqueza). Quando você acerta o ataque com a arma correspondente, quebra o ícone e causa um atraso no turno do inimigo, isso é extremamente importante no jogo. Pra quebrar o ícone independe se o ataque foi um tiro normal, skill ou até mesmo um item de ataque.

As cores são relacionadas as armas

Quando a afinidade entre a dupla está pelo menos no nível 2, elas podem utilizar um ataque especial. Pra isso, precisa carregar o ícone de coração conforme ataca e causa dano nas batalhas. O efeito do especial é determinado por quem está no suporte, mas o tipo de ataque é por que está na arma.

Lembra lá dos pedidos que as crianças fazem durante o descanso? Então, se você realizou o desejo, ela pode acumular pontos pro Hero Mode. Quando carrega totalmente, a criança entra nesse modo automaticamente e mantém esse estado por 5 turnos dela. Os efeitos são variados, como causar mais dano, atacar mais rápido ou causa status negativos. O modo é mantido mesmo depois que terminar a batalha, assim como a carga do especial da dupla, então saber a hora certa de usar esses especiais da uma grande vantagem no jogo.

O ícone de escudo que tem nos inimigos indica o nível de defesa dele, quanto maior o número, menor o dano que ele recebe. Pra isso, as crianças que usam a metralhadora tem uma técnica que reduz esse número. Vale lembrar que HP e SP é relacionado ao TARANIS, então isso é dividido entre todos o.

Um cuidado durante as batalhas é o nível de HP do Taranis. Quando ele fica menor que 50% do HP total, cada ataque dos inimigos podem causar status negativos nas crianças, como deixar elas deprimidas ou machucadas.

Sim, tem inimigo que tem as três fraquezas e tem que destruir os três pra causar um atraso nele

Qualquer inimigo que aparece você pode analisar os status dele sem gasto de ação, tendo informações importantes pra vence-los.

Decida se vale a pena o sacrifício

E por ultimo temos arma mais forte do jogo, o Soul Cannon. Durante uma batalha de chefe, caso o HP do Taranis baixe pra menos de 50%, libera o uso dele. Enquanto usa-lo destrói completamente o chefe, você perde definitivamente a criança escolhida pra dar energia a essa arma monstruosa.

No final da batalha, todos recebem experiência e aumentam a afinidade com a dupla que usou na batalha. Tem um rank também dependendo dos resultados, podendo receber bônus ou penalidade de experiência.

Caso perca a batalha, você pode tentar novamente a partir do ultimo ponto de descanso, podendo refazer as ações lá ou manter o que tinha feito. Só que nenhuma ação feita depois desse ponto é carregada, então se pegou item ou subiu de nível, vai perder eles.

Extra

Independente de qual final você fizer (sim, temos dois finais no jogo), ao finalizar o jogo, libera o New Game +, que carrega todo o seu progresso e melhorias do Taranis e dos seus personagens, facilitando a tentativa pra um outro final.

Conforme você joga o New Game +, vai liberando informações extras sobre toda a história relativa ao Taranis e o que ocorreu no mundo antes da história do jogo. O que tem aqui eu não vou entrar em detalhes por ter muitos spoilers.

Deluxe Edition

Apesar de não termos acesso ao conteúdo da versão deluxe, dei uma pesquisada (e roubei a informação do site do jogo ahahah), então segue o conteúdo extra que ele tem:

  • OST com 15 musicas;
  • Livro de artes digital (80 páginas)
  • Roupas de praia pros personagens
  • Um “Dummy Soul” pra usar o Soul Cannon sem sacrificar uma criança;
  • Itens de cura e upgrades

Conquistas

Na Steam já está 100%
Na PSN vai demorar um pouco, mas pelo menos já fechei

Enquanto o jogo não permite grind de nível ele não é muito complicado depois que pega o ritmo do jogo e também não é injusto. Mas agora fazer todas as conquistas do jogo vai dar um pouco mais de trabalho, já que não é possível fazer tudo na primeira partida, necessitando jogar no NG+. Das mais trabalhosas, temos:

ConquistaDescrição
Perfect HarmonyFinalizar o jogo com todas as crianças vivas
Expert TeamEvoluir todas as crianças ao nível 50
Skilled CraftsmanMelhorar algum equipamento do Taranis ao máximo

Conclusão

Fuga: Melodies of Steel traz um jogo de estratégia bem linear, mas muito gostos de jogar e com bastante carisma com os seus personagens.

Mesmo sendo linear e não permitindo grind de level, não é um jogo injusto e com um pouco de estratégia é possível seguir todas as rotas mais difíceis mesmo na primeira partida, só precisando se organizar um pouco no balanceamento das melhorias do tanque e evolução dos personagens.

Os gráficos puxa pra um lado um pouco mais infantil com os personagens antropomórfico, sendo que até os equipamentos inimigos tem designs mais caricatos (na sua maioria), mas agradam bastante quem curte esse estilo.

A parte sonora dele é bem interessante, varia bastante dependendo do clima da história e batalhas e acertaram bem nos momentos das musicas cantadas mais tristes. Outro detalhe é a opção de usar dublagem em francês pra manter o clima de 2ª guerra mundial pelo ponto de vista Francês do jogo, foi um belo toque isso (mesmo que eu prefiro jogar com dublagem em japonês, tive que testar essa dublagem pela curiosidade e não desaponta).

Pessoalmente gostei muito do jogo, espero que continuem com a história e mantenham algo parecido com essa jogabilidade.

Enquanto no ponto de vista de funcionamento do jogo ele tem a mesma performance entre o PS4 e PC, existe sim alguns detalhes que valem a pena comentar:

  • No PS4 ele da uma pequena travada quando inicia o save automático antes dos pontos de descanso (não atrapalha em nada já que não tem controle direto do Taranis ai, mas é bem visível isso);
  • A versão do PC NÃO ACEITA O CONTROLE DO PS4, somente a do Xbox (testei com o do Xbox One aqui);
  • O posicionamento dos comandos no PC para o teclado não ajudam muito nos momentos em que controlamos as crianças, já que mover, segurar pra correr e atirar fica tudo no mesmo canto do teclado (claro, a ideia é usar um controle no jogo, mas fica o aviso pra quem for utilizar o teclado)