Review / Tutorial: ScourgeBringer

Nota do Editor-Chefe:
Este review era pra ter sido lançado excepcionalmente em Maio, mas como haveria uma edição física pela Play Exclusives, resolvi lançar para ajudar tanto na campanha do jogo, como no lançamento da versão física pela nossa parceira Play-Asia.

O link de compra estará no review / tutorial.

E lá vamos nós à mais um roguelike e dividir leitores do site sobre o amor e ódio deste gênero que tem sido comum na maioria dos jogos, seja indies ou AAA, o que demonstra que tá sendo mais amor do que ódio… (ou ódio porque tem amor, mas o amor não é suficiente por ser um gênero difícil LOL)

ScourgeBringer foi originalmente lançado para PC em acesso antecipado na Steam em 6 de fevereiro de 2020, e na sua versão final em 21 de outubro do mesmo ano, ganhando versões para Nintendo Switch e Xbox. Tamanho sucesso acabou sendo lançado este ano para Playstation 4 e Playstation Vita

O jogo foi lançado graças à incrível comunidade de amantes dos jogos eletrônicos, isso é dito no próprio site oficial por simples razões:
A Flying Oaks contratou ajudas adicionais, como Trish para cuidar da comunidade do jogo com feedback, Pia Jacqmart para direção de narrativa e Adrien Brégeo para o artista dos itens da versão Supporter Pack.

Vamos então conhecer um pouco de cada empresa envolvida por trás do jogo??

Flying Oaks Informações de imprensa adicionais

A Flying Oak Games nasceu de muitas colaborações ao longo de vários anos. Toda a equipe se reuniu durante esses eventos fantásticos e ainda nos dedicamos a esta comunidade organizando de forma ativa, esses eventos. Também fazemos parte da família de organizadores do Global Game Jam. A Flying Oak Games agora é composta por artistas talentosos e designers de interação experientes. Nossa principal motivação é fazer jogos que sejam acessíveis, instantaneamente divertidos e viciantes.

E-Studio Site Oficial

E-Studio é especializada em diversos serviços de áudio e design para jogos, além de codificação e masterização em diversas plataformas de áudio, seja streaming ou mídias físicas.

Plug in Digital Site Oficial

A Plug In Digital é uma das maiores distribuidoras independentes de videogames. Ajudamos estúdios e editores a distribuir seus jogos em todo o mundo no PC, consoles e dispositivos móveis.
Somos uma força motriz por trás de sucessos independentes, como Dead Cells, Haven ou Ghost of a Tale e um parceiro-chave para empresas de alto perfil, como Focus Home Interactive, Paradox Interactive, Konami, Nacon, The Game Bakers, Raw Fury ou Curve Digital .
A Plug In Digital também opera como uma editora de videogames com dois rótulos distintos: Dear Villagers, construída em torno de uma linha editorial restrita para PC e console, e PID Games, calibrada para publicação flexível e ofertas de co-publicação em todas as plataformas.

Dear Villagers Sife Oficial

Dear Villagers é um convite caloroso para se juntar ao pequeno bairro incomum que estamos construindo dentro da indústria de jogos, um lugar onde estúdios talentosos podem liberar sua criatividade para que os jogadores possam desfrutar de jogos distintos e audaciosos.
Procuramos os desenvolvedores mais criativos em todo o mundo e os ajudamos a atingir objetivos mais elevados para seus projetos.
Do RPG à Ação-Aventura, do Ritmo à Sobrevivência, estamos pacientemente construindo uma linha lúdica para PC e consoles.
Dear Villagers é uma subsidiária da Plug In Digital.

Yooreka Studio Site Oficial

Yooreka Studio é uma editora de jogos em Shenzhen, China. Em 2020, já publicamos 5 jogos para PC, 4 deles estavam na lista de Novos Lançamentos Populares do Steam, e “Streets of Rage 4” foi nomeado para 2020 TGA Melhor Jogo de Ação.
Os membros da nossa equipe são todos jogadores essenciais e têm sido responsáveis pela publicação de muitos jogos populares e mais vendidos. Oferecemos serviços profissionais de publicação global, especialmente na região da Grande China (incluindo Steam, Tencent WeGame, Nintendo eShop, Play Station, Xbox, etc.) e auxiliamos jogos na obtenção de licença de publicação na China Continental.
Enquanto isso, também estamos atentos ao desenvolvimento da indústria e oferecemos incubação ou investimento para potenciais produtos e desenvolvedores.

Perceberam o time de peso??? Vamos então ao nosso review / tutorial…

Código cedido para review pela Dear Villagers / Plug in Digital, versão Playstation Vita

Nome: ScourgeBringer
Gênero: Roguelike, Action
Desenvolvedora: Flying Oaks
Distribuidora: Dear Villagers, Plug in Digital, Yooreka, EastasiaSoft (versão física via Play Asia)
Plataformas: PC, Linux, macOS, Nintendo Switch, Xbox, Playstation 4, Playstation Vita
Lançamento: 2021 (22 de abril / Playstation), 2020 (21 de outubro / demais plataformas)
Mídia: Digital e Física

Versão Física Play Exclusives

A versão física do Vita será lançada excepcionalmente no dia 1º de julho de 2021, e as pré vendas irão abrir a partir do horário 11PM HKT (12:00 PM -3GMT).

Serão 1500 cópias limitadas, então garanta a sua por aqui.

já para os adeptos à cópias digitais, pode-se adquirir a versão Steam diretamente no site oficial do jogo, versão para a Epic no site do jogo pela página da Dear Villagers ou comprar cartões para sua loja de consoles preferida na nossa parceira CardsCodes, através do banner abaixo com o código de desconto sendo colocado.

Tela Titulo

História / Enredo

O mundo foi destruído por uma entidade desconhecida e misteriosa.

O clima pós apocalíptico tomou conta e a humanidade sucumbiu à essa destruição.
O segredo do que aconteceu com todas as civilizações e quem causou tudo isso está em reinos que se aproximam do sobrenatural.

Khyra, uma guerreira mortal do seu clá, tem como destino ir até o mundo desconhecido, descobrindo assim mais do seu passado e talvez de uma redenção para a humanidade.
Essa redenção é o que chamaram de Provação.

O destino da humanidade e as explicações para esse caos pós apocalíptico, estão nessa provação…

Gráficos

Os gráficos tem uma paleta de cores que lembram muito os jogos antigos que usavam adaptadores EGA, com cores variantes na sua paleta de cores, porém totalmente distintas na construção do cenário.
Os efeitos de luz usam as tonalidades de cores e a técnica de piscar a tela nas diversas explosões ou indicações de dano sofrido.
O início do jogo conta com uma breves imagens conceituaiss em partes sutis do enredo.

Som / OST

A produção de som feita pela E-Studio conta com um jogo sem dublagens, com sons muito familiares para jogos eletrônicos, usando sintetizações e chiptunes para alguns efeitos de som.
Para compor a trilha sonora, o jogo conta com dinamismo entre ambiente e batalhas, ou seja, em cada área, a trilha sonora varia de um new metal e hard rock para ambientes dos reinos que Khyra está visitando…

Joonas Turner disponibilizou via BandCamp ou seu canal do YT, a trilha sonora do jogo para sua apreciação.

Jogabilidade

De forma geral, o jogo responde de forma satisfatória para as suas ações, pois o dinamismo, astúcia e reflexos irão ser necessários para ter um sucesso efetivo nas batalhas do jogo, além de tomar cuidado com as armadilhas.

Como recebemos a versão Playstation Vita, temos a possibilidade de jogar via portátil ou no Vita TV com o controle Dualshock, porém, apesar de aceitar executar pelo Vita TV, o jogo não detecta o dualshock no esquemático, seria uma boa repensarem num patch para dar suporte completo nos controles da mesma forma que é na versão PS4.

Sistema de Jogo

Como dito antes, o jogo usa o sistema procedural para toda tentativa de Khyra adentrar no desconhecido e descobrir o que aconteceu, ou seja, cada vez que iniciar uma rodada, o jogo cria mapas com designs diferentes, além de elementos randômicos na sua exploração.

O HUD é simplório e conforme jogar você terá mais elementos na tela, que serão explicados conforme a sua leitura do Review / Tutorial…

A Provação

Uma coisa que devemos frisar é que ScourgeBringer tem uma alta frequência de combates.
A provação se divide em reinos, e estes reinos são compostos por salas, cada sala terá um tipo de possiblidade, geralmente arenas de batalha, vendas de suplementos, altar de benção, área secreta e salas de desafios.

Um dos fatores RNG do jogo é o tamanho de salas para cada reino.

Uma mulher mortal…

Não demora muito para percebermos o quão Khyra é forte e rápida…
Seus ataques básicos se constituem em ataques fracos, porém rápidos e com combos de cadência mediana:

E ataques fortes, que são chamados de “Porrada”… (Smash no inglês, sim!! a localização para o Brasil ficou sensacional hahahaha)

Como ataques auxiliares, Khyra pode dar investidas que deslizam rapidamente a espada nos seus oponentes.

Os ataques aéreos também funcionam para os golpes fracos, porrada e investida.

Defesa também faz parte das ações de Khyra, porém sua posição é fixa, sendo apenas para “parry”.

Como auxílio para suas armas brancas, Khyra também conta com armas de fogo para acertar os inimigos.
A munição varia conforme a arma.

Esse é o início do tutorial do combate, ainda não é tudo, mas fique com isso em mente pro resto do review / tutorial…

A Provação e seus Testes

Para vencer a provação, Khyra contará com alguns elementos que irão estar no seu caminho de forma espiritual e forma física, além de testes de força, destreza e agilidade durante a exploração das salas.

Os Reinos e as Salas

Como dito antes, as salas que compõe cada reino terão identificações no mapa para determinar o que é cada sala ou o que ainda pode haver naquela sala.

Ponto de Início

Seu ponto de partida é demarcado por este símbolo.

Sala Padrão

A sala de combate padrão, apenas com inimigos na sala em 2 ondas.

Altar de Sangue

O altar de sangue oferece uma benção para Khyra. (detalhes à seguir)

Sala de Shop

Uma entidade lhe espera com itens para suporte.

Sala do Guardião

Derrote os guardiões para liberar o acesso à sala do Juiz.

Sala do Juiz

Sala do chefe do reino.

Sala do Desafio

Sala opcional, com hordas de inimigos, é ativada ao mexer no artefato da sala. Ao concluir ganhará algumas recompensas.

Sala Oculta

Sala revelada ao acertar inimigos com porrada + impulso. Detalhes a seguir.

Ainda no mapa, poderão haver as seguintes indicações:

Sala Atual

É a sala onde Khyra se encontra no momento.

Cursor de Destino

Usando uma das técnicas, Khyra pode viajar rapidamente para salas já visitadas.

Sala com Item presente

Por ventura, pode acontecer de deixar algum item para uso posterior ou que até mesmo algum item que esqueceu, volte lá para buscar, principalmente depois de derrotar o juiz e antes de trocar de reino.

Combates

Os inimigos que Khyra derrota se classificam em níveis diferenciados:
Xenos – inimigos mais fracos, e são encontrados em sua maioria das salas. Alguns Xenos tem a capacidade de chamar outros.
Alpha Xenos – uma versão aprimorada dos Xenos, com uma resistência um pouco maior e com as mesmas habilidades.
Guardiões – são encontrados em salas específicas, sendo considerados os mini chefes do jogo.
Os Guardiões podem estar presente em mais de uma sala, e precisam ser derrotados em cada reino.
Juizes – são os chefes de cada reino. Para acessar a sala deles é necessário derrotar todos os Guardiões (mas não precisa derrotar os Xenos em salas não exploradas).

Suporte

Para o suporte de Khyra temos algumas entidades que irão lhe ajudar (por um preço), a loja terá items para seu life, modificador e arma.
Ganância – sua loja gasta pontos de sangue, que é derramado pelos inimigos em sua maioria, seus itens geralmente são em aspecto baixo-moderados
Xip’Os – também gastará pontos de sangue, porém com ofertas um pouco melhores que as de Ganância.
Lefanu – Lefano por sua vez tem items de alta qualidade, porém o seu preço é mais perigoso, pois exige uma parte da sua vida como pagamento (ou seja, você perde HP).

Altar de Sangue

As salas em questão possuem ofertas que irão auxiliar Khyra, seja em relação às suas habilidades, armas ou até mesmo se safar de um sufoco, essas ofertas se chamam Benção
São 3 ofertas de Benção por padrão, e suas escolhas são totalmente aleatórias por partida, escolha sabiamente para montar uma build poderosa para Khyra…
OBS: não há gasto de vida e pontos de sangue para obter a Benção.

Artefato de Desafio

O artefato pode ou não ser ativado na sala de Desafio.
Como dito antes, trata-se de hordas de inimigos para derrotar, com níveis variados, porém evolutivos de Xenos e Alpha-Xenos.
Geralmente são de 6 à 10 hordas na sala, ao derrotar haverão recompensas satisfatórias perante sua forma de batalhar. Se tiver pouca vida, reflita se vale a pena.

Em busca de Pistas

Em algumas salas (e consequentemente após derrotar inimigos), você poderá encontrar um terminal de computador, ao interagir com ele, seu robô pode ler os disquetes de registro que contém informações complementares ao que aconteceu…

São 3 tipos de registros: Expedição de Garo, missões Militares e Perdidos.

Arvore da Harmonia / Árvore das Habilidades

Em toda tentativa de jogo, Khyra é teleportada para a Árvore da Harmonia.
Nela você encontra o computador Nexus, que permite mostrar todos os registros encontrados e seu bestiário.

E ir nas ramificações da árvore de habilidades e melhorar Khyra permanentemente com novas habilidades. Para isso você gasta o Sangue de Juiz.

A experiência traz melhorias

Não importa o quão bem você jogue, algum momento você irá morrer, e os resultados implicam na seguinte tela:

Note que há um contador de tentativas de jogo, além de contabilizar o total de sangue obtido e uma bonificação de sangue de juiz adicional por coleta desses pontos de sangue, além de informações da sua build e inimigo que lhe causou a derrota.

Porém, nem sempre a derrota é algo ruim, pois será uma nova chance e aprimoramento para Khyra, via Arvore de Habilidades…
Como disse antes, o HUD é simplório no início do jogo, até ter itens adicionais na sua concepção…

Complementos de Combate

Como disse antes, os ataques tem uma evolução conforme jogar o jogo diversas vezes e aprimorar Khyra com as ramificações da árvore, não darei detalhes de tudo mas alguns irei explicar.
Vamos entender um pouco mais agora do combate com alguns detalhes:

Porrada e Impulso

O impulso é uma das características de poder da Porrada, geralmente são efetivos quando um inimigo está prestes à te atacar e um símbolo “!” aparece neles.

Ao acertar o golpe, eles irão entrar em STUN, e podem ter um impulso e bater em outros inimigos ou ter sofrer adicional se bater no cenário.

Combo

Um dos complementos da melhoria de Khyra é o combo, que permite ter um multiplicador para seus pontos de sangue enquanto derrotar inimigos em série, sem sofrer dano.

A barra de combo tem diferentes indicadores, e aumenta o tamanho da barra conforme você aumentar o seu multiplicador (até 2.5).
Segmento Branco – ataques leves
Segmento Vermelho – ataque de porrada
Segmento Amarelo – ataque com arma de fogo
Segmento Azul – ataque de habilidade / investida
Indicador de Caveira – indicador de morte do inimigo

Quanto mais variado for seus segmentos de combos, maior esse segmento será e o dano de bonus é aplicado, portanto seja criativo.

Fúria

Conforme derrotar os inimigos e ter combates sucessivos, Khyra irá preencher sua fúria e poderá usar um golpe especial que causará cortes rápidos nos seus inimigos apertando o botão de ataque leve.

Modificadores

As armas de fogo possuem 3 slots complementares que auxiliam e modificam possíveis atributos e habilidades de Khyra.
Porém, algumas armas não tem esses slots disponíveis, como o seu revolver inicial.
Os modificadores podem ser encontrados nas lojas, drops de inimigos e salas secretas.
Alguns podem dar efeito de ricochete nas balas, recarregar mais rápido, melhorar dano de arma branca, etc
Leia com atenção os modificadores para tentar equipar Khyra com o melhor build possível.

Detalhes das Armas / Atributos

Khyra possui atributos físicos que podem aumentar gradativamente durante sua exploração.
Os atributos podem ser:

STR – força de arma branca
DEF – defesa
SPD – velocidade pra recarregar a Blast.32
STN – dano em inimigos tontos

As armas também possuem atributos, sendo quantidade de balas, cadência de recarregamento e dano.

A quantidade de balas preenche conforme você usar ataques de arma branca e deixa sua Blast.32 recarregar.

Extras

Claro que há alguns extras no jogo, mas falar deles especificamente estragaria a sua experiência…
Mas posso dizer que é bom alternar seu estilo de jogo entre explorar tudo e fazer um reino rápido…

Peppy é gente boa… confie em mim

Troféus / Conquistas

Dificuldade: 5/10

Para domínio e platina do jogo, você precisa de forma resumida:

  • Fazer 3 finais
  • Explorar um reino totalmente
  • Derrotar um reino e um juiz sem ser atingido (ambos complementares)
  • Comprar todos os 3 itens da Ganância de uma vez
  • Aprimore totalmente a arma de habilidades
  • Ache todos os registros
  • Tenha 20 de Pontos de Vida
  • Derrote inimigo com projéteis rebatidos
  • Cause STUN em um inimigo impulsionando outro
  • Conclua uma sala com 3 inimigos derrotados sem encostar no chão
  • Faça uma sala de desafio
  • Encontre uma sala secreta
  • Vença a provação sem pegar benção e bônus
  • Vença a provação com 5 pontos do Chaos

O jogo tem set separado para o Vita e Playstation 4.

Considerações Finais

Graficamente o jogo é agradável na sua simplicidade e paleta de cores diversificada nos detalhes de cada ambiente. Os efeitos aplicados na tela para indicar explosões e danos são na medida certa, sem causar possível epilepsia em pessoas sensiveis. A animação aplicada em Khyra é bem fluida.

A sonoplastia é algo interessante, onde vemos uma variação nas diversas criaturas que encontramos durante o jogo, e como dito antes, os chiptunes causam uma nostalgia enquanto faz os combates, que complementados com o gênero musical escolhido para as músicas de batalha, dá uma imersão excelente para o combate de ritmo rápido e divertido na criação dos combos, não tendo sequer, uma frustração em não ser dublado.

A jogabilidade na versão Vita é algo que alguns podem estranhar e dividir opiniões, principalmente, se não cuidar bem do seu aparelho, podem se frustrar perante o uso do touchpad (sei de casos de Vita que o touchpad traseiro não funciona bem devido à mal cuidado). A jogabilidade é confortável para o uso no portátil, e aplicar os disparos e fúria pelo touchpad funcionam bem, desde que tenha tido cuidado com seu console. Como os botões do vita são próximos, pode-se criar combos bem legais para as batalhas e não cansam suas mãos.
Entretanto, deviam dar uma olhada sobre a falta de suporte para o controle ao jogar no Vita TV.

A performance do jogo foi totalmente satisfatória, não tendo fechamentos repentinos, porém na versão Vita ele roda à 30fps, enquanto nos consoles é 60fps. Mas isso não atrapalha o ritmo do jogo na minha opinião, se for o caso de preferir frames, opte pela versão console.

A dificuldade e desafio é o mesmo de todo roguelike: parecer difícil no início mas aos poucos que você tenta, e aprimora Khyra, você consegue tranquilamente explorar os reinos sem muito problema. Mas batemos na mesma tecla de que você precisa gastar um tempo nele até pegar o jeito, se jogar bem conseguira juntar habilidades mais rápido. Se for jogador mediano, jogue de tempo em tempo.

A duração do jogo é de bom tamanho, 5 mundos + 1 secreto, dependendo de algo específico.

Resumindo, ScourgeBringer é um excelente roguelike, com um ritmo rápido de batalhas, diversas oportunidades para testar sua criatividade e atenção, com desafio gradativo e que lhe força a aprender as mecânicas do jogo. Sem contar os extras que farão você aprender um pouco mais do enredo simples, porém que pode ser interessante depois, além de dar maior conteúdo e desafio (lembre-se que eu não ensinei e contei tudo que o jogo tem).

Se tiver oportunidade, compre e coloque no seu curriculo gamer…

E ajude Khyra à descobrir o que aconteceu e tentar salvar a humanidade ao aceitar ser uma ScourgeBringer…