Review / Tutorial de Thunderflash

* Esta análise foi feita com o código cedido pela Ratalaika (versão PS4/PS5)

Distribuidora: Ratalaika Games
Produtora: SEEP
Plataforma:  PS4 / PS5 / Xbox One / Xbox Series S / Xbox Series X / Switch / PC
Mídia: Digital
Ano de Lançamento: 2020 / 2021

Thunderflash é um run n’gun retrô, no melhor estilo Ikari Warriors e Shock Troopers.

Em missão contra o grupo terrorista Bloody Wolf, em Kashmir, o esquadrão Thunderflash, composto por apenas dois soldados enfrenta hordas de mercenários em nome da liberdade.

Rock e Stan em ação co-op (Rock parece um personagem de Dragon Ball Z ou estou louco?)

Com câmera top-down e também sidescroller, você enfrenta a guerra sozinho ou com um amigo em co-op local.
O gameplay das fases com visão aérea funciona no sistema de 8 direções, ou seja, você pode andar e atirar também na diagonal.

Barris verdes contêm itens coletáveis, enquanto os vermelhos… bem, você sabe o que eles fazem

Enquanto as fases “padrões” utilizam o sentido vertical de avançar para frente, com os soldados “subindo” a tela, existem as fases com veículos, geralmente sidescroller envolvendo motos, barcos e até mesmo jetpacks.

Você ousa atacar o Papai Noel com um lança-chamas, em pleno ar?

É possível coletar medalhas que aumentam a pontuação, bem como energia e armas de fogo temporárias (lança-chamas, metralhadora, shotgun) e recarregar os mísseis.
Apenas tome cuidado com as minas terrestres e com bombardeiros que soltam bombas na sua cabeça!

Bombadeiros fazendo o que fazem de melhor! Matar o que estiver no caminho.


Os inimigos variam entre soldados com armas de fogo, lança-chamas e facas, incluindo estrelas do mar voadoras explosivas (???).
As lutas contra subchefes e chefes envolvem tanques e grandes máquinas voadoras, além de um dragão robótico e dois chefes humanos.

Chefes com super poderes? Sim!


Os gráficos remetem aos clássicos num estilo retrô pixelado bastante familiar, com personagens super deformed e cores pouco saturadas, lembrando os tons da geração 8-bits.

Alguns chefes podem ser um pouco extravagantes


A trilha sonora é nostalgia pura, com “midis” e efeitos de som que passam a impressão de estar jogando um título perdido do passado.

Estrelas-caveiras-marinhas???


Se sentindo corajoso? Tente a dificuldade Hardcore, onde o dano dos inimigos é aumentado.
O jogo conta ainda com o clássico modo Boss Rush (para rejogar as lutas contra chefes e subchefes) e o Survival (uma arena com robôs infinitos).

A arena do Survival, quando você quer atirar, mas não quer caminhar muito

A platina consiste em zerar o jogo, pegando os troféus por cada missão finalizada e algumas missões com veículos, além de troféus por derrotar subchefes e matar 100 inimigos no modo Survival.

RESUMO DA ÓPERA:
Thunderflash é um mergulho no run n’ gun clássico dos anos 80/90.
O jogo respira nostalgia nos gráficos, sons e no desafio.
Os protagonistas, Rock e Stan não possuem diferenças nos atributos, ficando a cargo do jogador escolher o seu preferido, sem perdas, o que ajuda bastante no balanceamento do co-op.
Diversão rápida e simples quando você quer atirar primeiro e não fazer perguntas depois.