Review / Tutorial de Oniria Crimes

* Esta análise foi feita com o código cedido pela BadLand Publishing (versão PS4/PS5)

Distribuidora: BadLand Publishing
Produtora: cKolmos Entertainement
Plataforma: PS4 / PS5 / Xbox One / Xbox Series X / Xbox Series S / Switch / PC / Linux / macOS
Mídia: Digital
Ano de Lançamento: 2020

Oniria Crimes é um point-and-click sobre investigações de assassinatos no mundo dos sonhos, construído com voxels.
(a propósito, o nome Oniria é referente ao termo onírico, algo proveniente ou de natureza dos sonhos)

A Invasão do Mundo dos Sonhos

Após um desastre global que inundou boa parte das cidades da antiga Terra, os últimos habitantes passaram a viver em Vigília.
Os primeiros exploradores do mundo dos sonhos, os Onironautas (pessoas capazes de explorar sonhos lúcidos) fundaram a primeira cidade dos sonhos: o Palácio dos Desejos, uma grande megalópole onde os sonhos humanos passaram a se agrupar.

O Palácio dos Desejos é a sede do governo de Oniria


Quando todas as esperanças humanas pareciam perdidas, a descoberta do “Método da Chave” permitiu a criação de Oniria e a entrada de pessoas que não dominavam a arte de entrar em sonhos lúcidos espontaneamente.
Esta súbita facilidade de acesso ao mundo dos sonhos gerou tensão entre as diversas facções do mundo onírico.

Os Muitos Povos de Oniria

Os Onironautas, primeiros a acessarem o mundo dos sonhos e fundadores do Palácio dos Desejos, possuíam métodos próprios para acessar os sonhos lúcidos, mas ao chegarem lá, descobriram os kabu, criaturas naturais do mundo onírico, formadas em sonhos e pesadelos naturalmente.

À direita, um Telangyn: plantas com consciência no mundo dos sonhos

Os Telangyn são plantas do mundo da Vigília, que assumem formas humanoides no mundo dos sonhos.

Os objetos sonhados possuem consciência, sendo livros e outras obras de arte no mundo onírico as versões originais, antes de suas criações no mundo real.

O Serial Killer Sonhador

As eleições de Oníria se aproximam.
Facções lutam pelo controle político do sonhar, com Tiberius, da Estrela Tripla defendendo a supremacia dos Onironautas originais, não-usuário do Método da Chave.
Tal método foi o responsável por uma explosão populacional de novos Onironautas, que demandam mudanças na política local.
Enquanto isto os kabus estão sendo expulsos de sua terra original.

Torres é um novato nos Rondadores


É neste contexto que uma série de assassinatos de figuras públicas de Oniria se inicia, levando a experiente Detetive Santos e o novato Inspetor Torres (ambos Rondadores, uma polícia investigativa dos sonhos) por uma investigação de seis casos ligados à eleição, perpetrados por um possível serial killer.

Investigando Puzzles

A estrutura de Oniria Crimes se dá através da análise de depoimentos de pessoas e objetos.
Como cada objeto possui sua própria personalidade, isto pode afetar as opiniões sobre os suspeitos.

A variedade de puzzles é alta (bem como sua dificuldade)


Os mais variados (e complexos) puzzles apresentam-se ao decorrer dos seis casos, passando de decodificação de mensagens cifradas, montagem de figuras ligando pontos à ligação de conduítes e abertura de cofres.

Torres anota todas as evidências em seu caderno, agrupando informações referentes a cada depoimento ou característica do suspeito.
Ao final da investigação, é necessário marcar duas provas em cada suspeito e incriminar ou inocentar cada um deles.

Os casos podem ser acessados novamente na delegacia


Um sumário dirá se o caso foi ou não resolvido, recebendo uma avaliação com medalhas baseando-se no número de provas coletadas, depoimentos tomados e deduções corretas.
Todos os casos são gravados virtualmente, então caso falhe na investigação, é possível acessar o caso na delegacia e analisar novamente o cenário.

Um Lore dos Sonhos

O roteiro é um dos aspectos mais fortes do jogo, com um riquíssimo lore (surpreendente para a duração do título), pela mente da brilhante escritora Meri Palas.

Objetos possuem opiniões e são importantes testemunhas


Inúmeras referências da cultura pop, como animes, mangás, histórias em quadrinhos, filmes, séries e livros, povoam o mundo dos sonhos.
Enquanto brasileiro, foi surpreendente encontrar Macunaíma, Memórias Póstumas de Brás Cubas, Meu Pé de Laranja Lima e Dom Casmurro em uma biblioteca onírica.

Os personagens são também muito bem escritos, tendo o título um forte sarcasmo e ironia, além de constantes quebras da quarta parede.

Ovelhas Eletrônicas Sonham em Voxels?

O gráfico de IC é construído com voxels e não pixels, o que lhe confere um aspecto bastante diferenciado, “mais limpo”.
Para simplificar, uma vez que não sou especialista no assunto, o voxel é um “pixel em 3D”, sendo sua nomenclatura baseada na abreviação de “volume element”

O gráfico em voxels gera um “efeito Lego”


O jogo se passa em pequenos ambientes repletos de objetos interativos, com a possibilidade de rotacionar a sala para obter diferentes ângulos dos mesmos objetos e a visualização de outros.

A adaptação para consoles do gameplay é o ponto mais sensível do jogo, sendo a mecânica de point-and-click um tanto imprecisa pelo uso dos analógicos, dificultando clicar em determinados objetos, especialmente quando possuem algo na frente (as escadas na biblioteca com seus 700 e poucos itens foi prejudicada no processo).

Existem mais de 700 livros nesta sala… eu cliquei em todos eles!


A trilha sonora possui um estilo tranquilo e charmoso, compatível com o clima noir do jogo.
Não há dublagens, o que não chega a ser um problema dado o estilo de jogo.

A platina requer a solução perfeita de todos os seis casos, o que envolve coletar todas as evidências e depoimentos , além de acertar as seis deduções de cada caso.
Há também troféus específicos de cada caso, referente à interação com objetos em quantidades pré-determinadas.

RESUMO DA ÓPERA:
Oniria Crimes é um interessante point-and-click, com uma premissa única e um excelente roteiro.
O extenso lore do universo criado contrasta com as mecânicas um tanto sensíveis ao tentar clicar em todos os objetos.
O estilo gráfico com voxels dá um ar peculiar ao jogo, complementado por uma trilha sonora noir.
O alto desafio é o ponto que pode dividir jogadores, sendo tanto positivo pela diversão da resolução, quanto frustrante em determinados casos, pela dificuldade apresentada nas resoluções.
A riqueza do universo criado será expandida com duas novels e possivelmente mais jogos.