Review / Tutorial de Balancelot

* Esta análise foi feita com o código cedido pela Ratalaika (versão PS4/PS5)

Distribuidora: Ratalaika Games
Produtora: Anvilbird Interactive; Jestercraft
Plataforma: PS4 / PS5 / Xbox One / Xbox Series X / Xbox Series S / Switch / PC
Mídia: Digital
Ano de Lançamento: 2019/2021

Balancelot é um plataforma 2D com foco em física.
Se você acha que justa em bicicletas era hardcore, espere até testar num monociclo!

Escolhendo entre Lancelot ou Lance no começo, seu objetivo é simples: chegar ao final da fase num monociclo, carregando uma lança.
A parte difícil? Equilibrar-se no monociclo enquanto salta penhascos e obstáculos, evita armadilhas como toras de madeira que caem na sua cabeça ou espinhos escondidos para acertá-lo durante o pulo, enquanto derrota inimigos.

A lança é tanto um facilitador quanto um dificultador


Para acertar os inimigos, basta apertar quadrado, sendo um único hit necessário, mas não esqueça de se equilibrar com os comandos de avançar e recuar no monociclo, além de manter a lança com a ponta de modo a não trancar em nenhuma parte do cenário.
As quedas são inevitáveis até você dominar os comandos.

Equilibrar monociclo em conjunto com a lança é a chave do sucesso… ou não


Cada fase possui três checkpoints, o que ajuda no looping de repetição gerado.
As armadilhas e inimigos ficam mais difíceis conforme você avança: começa com lesmas gigantes e parte para cabeças de “leões” arredondadas, cercadas de “patas”.

Os famosos “leões”


Para completar 100%, é necessário coletar as estrelas nas fases, e elas estão sempre em locais de difícil acesso.
A cada cinco fases vencidas, um novo personagem é desbloqueado.

Uma boa representação de cenário para a dificuldade do jogo


Além da campanha normal, o jogo conta com o modo Spooky Island, com temática de Halloween.
Aqui, além do visual “zumbi” no personagem, aranhas caem do teto, dificultando ainda mais o avanço.

O estilo gráfico do jogo se baseia na arte medieval românica, as famosas pinturas sem profundidade e terceira dimensão. O jogo é colorido, porém com cores “menos vivas”, assemelhando-se às pinturas da época.

A arte românica diferenciava-se da gótica pela sua simplicidade e perda de profundidade


A trilha sonora conta com o clássico italiano Funiculì Funiculà em versão instrumental.
Gruda no cérebro imediatamente (ao menos a música é boa).

A platina é “fácil”, bastante passar o tutorial (level 15 minutos aí, me julgue!), matar 10 lesmas, cair 20 vezes, chegar ao primeiro checkpoint, pegar uma estrela bônus e matar um leão (aparece pela primeira vez na quarta fase)

RESUMO DA ÓPERA:
Balancelot é um rápido (rápido?) desafio hardcore para testar a sua capacidade de se equilibrar em um monociclo enquanto usa uma lança, que pode tanto ajudá-lo quanto atrapalhá-lo.
A arte românica, misturada à música italiana constrói um interessante estilo medieval.
Um bom teste para os seus nervos, dominar a física do jogo é o grande prêmio do jogo.