Review / Tutorial: Gensou Skydrift

Antes de tudo, devo frisar que o jogo é baseado em apenas jogabilidade e diversão, com um orçamento abaixo do normal para a geração. Portanto se sua ideia de jogos é ter gráficos muito detalhados ou produções de alto custo, talvez este review não seja direcionado pra você.

Muito antes do termo indie virar popular ao ponto de ser considerado um gênero de jogos eletrônicos, existiam os chamados jogos döjin games nos jogos japoneses, que seria praticamente a mesma coisa. Geralmente feitos por fãs de uma franquia, eram jogos totalmente independentes e com baixo custo, muitas vezes sendo citados como jogos de projetos de faculdade ou algo do tipo.
Na realidade o jogo é um relançamento portado para Playstation 4 nesse ano, e para Nintendo Switch e PC em 2019, sendo o original lançado em 2015 através do Comiket 88 (onde 88 é a edição do evento)

Comiket

Comic Market (コ ミ ッ ク マ ー ケ ッ ト, Komikku Māketto), mais comumente conhecido como Comiket (コ ミ ケ ッ ト, Komiketto) e às vezes Comike (コ ミ ケ, Komike), é uma feira de dōjinshi bianual em Tóquio, Japão. É normalmente realizado no Tokyo Big Sight em agosto e dezembro (eventos de verão e inverno). Um mercado de base focado na venda de trabalhos doujin (autopublicados), o Comiket é um evento sem fins lucrativos administrado pelo Comitê Preparatório de Comic Market (ComiketPC), administrado por voluntários. Inaugurada em 21 de dezembro de 1975, com cerca de 700 participantes, a convenção cresceu e se tornou a maior convenção de fãs do mundo, com uma assistência estimada em mais de meio milhão.

Touhou Project foi uma das séries que mais teve doujin games, passando por diversos gêneros, como luta, shooter vertical, rpg, metroidvania e plataforma, variando em jogos criados pelo seu próprio criador Team Shanghai Alice e jogos feitos pela sua base de fãs, seja por meio de outras desenvolvedoras ou de forma própria…

Gensou Skydrift é justamente o encontro de Touhou no gênero de corrida, sendo inspirado em jogos de rivalidade arcade com trapaças que atrasem e atrapalhem seus oponentes, exemplos como Mario Kart, Sonic Riders, e Crash Team Racing se enquadram nisso.

Desenvolvido pela illuCalab, fez outro jogo baseado em Touhou para Nintendo Switch, chamado A Magical High School Girl. Sua equipe consiste inclusive em desenvolvedores que participaram em Mario Kart.

A distribuição do jogo é feita pela Phoenixx, empresa fundada em 2019 por veteranos do entretenimento, eles tem como objetivo em suportar inovadores e criativos desenvolvedores de jogos no Japão e no mundo todo, com a missão de inspirar e nutrir o espírito humano, um criador, um jogo e uma comunidade por vez.
Apresentado as devidas empresas e um pouco da franquia, vamos à análise do jogo…

Código cedido para review pela Phoenixx, versão Playstation 4

Nome: Gensou Skydrift (幻走 Skydrift / 幻走スカイドリフト)
Gênero: Corrida Arcade
Desenvolvedora: illuCalab
Distribuidora: Phoenixx
Plataformas: Playstation 4, PC e Nintendo Switch
Lançamento: 2021 (9 de março PS4) / 2019 (12 de dezembro Switch e PC (steam) / 2015 (14 de agosto Original)
Mídia: até o momento do review, apenas digital

Trívia

Gensou (幻走) significa Corrida Sobrenatural / Corrida Ilusória

Tela Título

História / Enredo

Vou considerar que você já esteja familiarizado com Touhou Project…
Caso não esteja, vá nas redes sociais e diga que gostaria de um Descobrindo Franquias… lol

A história segue vários habitantes de Gensokyo enquanto eles investigam um influxo de energia mágica que parece criar pistas de corrida em muitos locais. Devido à energia de alguns dos personagens sendo exaurida, eles decidem montar um em cima do outro durante o vôo para conservar o poder mágico.

Personagens

O jogo tem 22 personagens, sendo 8 já liberadas e 14 desbloqueáveis jogando a campanha, 2 inclusive são novidade comparada com a versão original.
O site oficial mostra 12, então usarei a referência do que já foi mostrado lá.
OBS: o nome em romanji é inverso ao nome em kanji / kana.
Ou seja, nome sobrenome / sobrenome nome.

Reimu Hakurei
博麗 霊夢

A donzela do santuário de Hakurei.
Com a atuação ortodoxa que parece ser o personagem principal.

Last Word: 夢想封印 / Musou Fuuin
Média: Balanceada / Técnica

Marisa Kirisame
霧雨 魔理沙

Uma maga de esteriótipo comum.
Um personagem equilibrado focado na velocidade, sendo um pouco mais rápida que Reimu.

Last Word: マスタースパーク / Master Spark
Média: Balanceada / Velocidade

Izayoui Sakuya
十六夜 咲夜

Uma empregada elegante. Um caráter técnico com alto desempenho em curvas, mas não é bom em grandes altitudes.

Last Word: 咲夜の世界 / Sakuya no Sekai
Média: Técnica

Scarlet Remilia
レミリア・スカーレット

Um vampiro que vive na Mansão do Diabo Vermelho. Um personagem de velocidade que sacrifica o desempenho da curva.

Last Word: スピア・ザ・グングニル / Spear The Gungnir
Média: Velocidade

Sanae Kochiya
東風谷 早苗

Donzela do santuário Moriya. Tem força para competir no corpo a corpo e possui alto desempenho em média.

Last Word: 客星の明るすぎる夜 / Kakusei no Akaru sugiru Yoru
Média: Poderoso

Suwako Moriya
洩矢 諏訪子

Deus da montanha.
Um personagem especializado em comportamento aéreo, curvas e ortografia.

Last Word: ケロちゃん風雨に負けず / Kero-chan fuuni makezu
Média: Técnico

Koishi Komeiji
古明地 こいし

Youkai de Satori.
Um caráter técnico bem equilibrado.

Last Word: スーパーエゴ / Super Ego
Média: Técnica

Kokoro Hatano
秦 こころ

Menreiki. Um personagem pesado especializado em velocidade máxima.
Trívia: Menreiki são youkais baseados no folclore japonês, usando máscaras Gigaku.

Last Word: 怒面「十面相の呪い」/
Ikamen (jū mensō no noroi)
Média: Velocidade

Youmu Konpaku
魂魄 妖夢

Jardineiro de Shiratamaro. Personagem de velocidade com excelente desempenho de aceleração

Last Word: 白楼剣 / Hakurouken
Média: Velocidade

Inaba Reisen Udogein
鈴仙・優曇華院・イナバ

Coelhos que vivem em Eientei.
São bons em traçar linhas precisas com boa aderência.

Last Word: 国士無双の薬EX / Kokushi Musou no Kusuri EX
Média: Balanceada / Técnica

Nue Houjuu
封獣 ぬえ

Um youkai não identificado na sua tipologia.
Um personagem técnico que é bom em lutar com foco na ortografia.

Last Word: 恐怖の水色UFO襲来 / Kyōfu no Mizuiro UFO Shūrai
Média: Técnico

Futo Mononobe
物部 布都

Daoshi.
Um personagem bem equilibrado com velocidade perfeita.

Trivia: Daoshi pode ser Döshi ou Daochi, são mestres do Taoismo.
É uma tradição filosófica e religiosa originária do Leste Asiático que enfatiza a vida em harmonia com o Tao. O termo chinês “Tao” significa “caminho”, “via” ou “princípio”, e também pode ser encontrado em outras filosofias e religiões chinesas.

Last Word: 太乙真火 / Taiou Shinka (agradecimentos ao meu clássico editor Hawk e ao meu amigo Yamacto por relembrarem a leitura de Tai e Otsu em referência chinesa)
Média: Balanceado / Velocidade

Gráficos

Os gráficos do jogo usam a engine Cryware, muito comum em jogos japoneses, por sinal.
Cryware tem estilos mais voltados para animes, seja em cell shading ou com um tridimensional mais simples, porém com texturas mais leves e coloração mais rica, com pouca textura.
Justamente por ser um jogo mais antigo e ser totalmente independente, o serrilhado se faz presente em sua grande notoriedade.
Os artworks das personagens aparecem nos eventos pré-corrida e pós corrida.
O blur causa o efeito de velocidade maior nos impulsos…

Som / OST

A trilha sonora mantém seu estilo para a franquia, com músicas de batidas rápidas e variações entre arranjos de metal / rock e músicas voltadas eurobeat, característica inclusive clássica na franquia Touhou é justamente sua trilha sonora excepcional, sendo feita pelos já veteranos da franquia Sound Holic e Tasogare Frontier.
Quanto à dublagens, não há vozes no jogo.

Para apreciação, deixarei a playlist no Youtube pelo canal Plasmoid Thunder.

Jogabilidade

A jogabilidade do jogo é totalmente arcade, com um esquema simples que utilizam botões em 5 funções, repetidas no seu mapeamento para o que melhor lhe convir.

Sistema de Jogo

O jogo conta com um sistema de rivalidade usando as magias das personagens, com o intuito de atrapalhar as concorrentes na corrida, por meio do Boost Rings, que além de causar um impulso, você aumenta seu Spell Gauge.
O amarelo aumenta Spell em menor proporção que os vermelhos.

Ao encher o Spell, o ready fica aparecendo em cima da barra, indicando que você pode usar uma carta de feitiço, escolhido randomicamente:

Sim, o sistema TAG no jogo está presente (afinal de contas o jogo tem 22 personagens), e cada uma influencia nos atributos de cada personagem (que irei dar detalhes mais pra frente), ao fazer essa troca você nota que pode fazer um boost também, para manter a mágica das personagens, como disse no plot.

Feitiços / Níveis / Interações

Os feitiços são compostos por 2 níveis.
Spell Gauge verde – Feitiços nível 1
Ao preencher o feitiço uma vez, a barra e o READY ficam verdes, significa que você está com o nível 1 de feitiços, que consiste em alvos simples e unitários.
Nesse nível se encontram os spells Knives of Maid, Amulet, Magical Mushroom Bomb, Demon Lord Cradle, Spiritual Strike, Scapegoat Doll, Divine Rainment of the Dragon Fish e Tengu Fan.
Spell Gauge azulFeitiços nível 2
Caso não usar a carta pra ser sorteada e juntar mais spell, sua barra ficará azul, indicando o nível 2 dos feitiços, podendo ser usada em até 3x.
Nesse nível, se encontram os spells Stardust Reverie, Triple Amulet, Triple Mushroom Bomb, Defensive Barrier, Luna Dial, Peerless Patriot’s Elixir, Sky God Summon: Onbashira, Sinking Anchor e Lighting Trap of Passing Away.

As interações dos feitiços variam pela fonte e alvo que irão ser aplicados, além da possiblidade de influenciar o seu Tag Team. Isso lhe dá a possiblidade de juntar 2 cartas, 1 por personagem e tentar causar efeitos contrários aos seus rivais, seja para ataque, ou para defesa.
Entretanto nem tudo será a seu favor, dependendo da ordem dos feitiços, você mesmo se prejudica e um pode anular o outro.

A Última Palavra

Além dos 2 níveis de feitiços, o jogo ainda lhe permite usar o Hi Ougi de cada personagem, 1 vez na corrida, sendo chamado de LAST WORD…

O LW Gauge é o indicador acima do Spell Gauge, com a barra amarela.
Usualmente ele preenche conforme o tempo estimado pelos atributos de cada personagem, porém podem sofrer um aumento considerável atacando e sofrendo danos nas corridas.
Quando for possível, o Ready ficará amarelo, e ao usar, a carta da personagem aparece.

Já ao invocar o LW, a tela apresenta a personagem com o seu feitiço mais temido do jogo:

Seja para ataques, defesas ou vantagens, o Last Word é incrivelmente poderoso…

Atributos

Voltando agora para as personagens, você notou que botei a ficha delas com os atributos e o gráfico de tendências, então por que não explicar isso pra vocês também?

Ao todo, são 7 atributos citados como base do seu personagem:
Speed – a velocidade máxima alcançável sem os boosts.
Boost – a força de velocidade recebida nos anéis, switch’s e feitiços de impulso.
Drift o drift é a combinação de o quanto o personagem converte e com que força converte.
Mass – o quanto você pode atordoar outros pilotos atropelando eles e quanto resiste. (choque)
Spell – a taxa que seu feitiço carrega, tanto passivamente quanto pelos anéis amarelos de boost.
Air – a velocidade máxima alcançável no ar sem nenhum aumento.

Dentre os atributos, há alguns particulares, mas esse vou deixar de fora do review / tutorial.

Técnicas

As técnicas presentes no jogo podem mostrar o total potencial presente nele, apesar de na sua teoria ser um jogo simples, o jogo tem um ritmo rápido nas corridas e muitas dessas técnicas são usadas pela máquina conforme seu nível e progresso do jogo.

Switch Boost – como comentei antes, a troca das personagens lhe permite um pequeno e breve boost, sendo um fator chave para tentar manter sua vantagem ou tentar alcançar seus rivais.
Launch Boost – o clássico boost inicial se acelerar no timing certo da contagem regressiva.
Break Drifting – trata-se de iniciar uma deriva logo após um impulso para melhor reter a velocidade adquirida.
Ring Bouncing – uma das técnicas difíceis que torna possíveis determinados NISCs, envolve saber o timing da direção ao passar por um anel para ganhar altura extra.
Mushroomlogy – permite usar o Mushroom Bomb nos anéis de boost para ter alcance maior.

NISC – No Item Shortcut

Trechos de atalhos que envolvem vantagem maior que o caminho normal da corrida.

Modos de Jogo

O jogo é totalmente linear na sua campanha, um detalhe que devo frisar é que não há save durante ela, tendo de ser feita em 1 playthrough direto, porém não é muito longa, o que compensa.
Ao concluir a campanha 1 vez, irá liberar a another campaign, com outras pistas e versões alteradas de algumas já jogadas, além de outro ponto de vista da história.

O modo Versus pode ser online ou contra a máquina. Podendo ser partidas ranqueadas ou privadas, sendo possível escolher a região nas configurações
OBS: infelizmente nos testes que realizei não haviam jogadores disponíveis ao ponto de julgar a performance de conexão, já indicando a pouca atividade nos servidores…

Free Run é você contra você mesmo, por intermédio do recorde por voltas e corrida.

Gallery permite você ver seu replay, como a trilha sonora e os créditos.

Config acho que dispensa explicações…

Troféus / Conquistas

Dificuldade: 2/10

Para domínio / platina do jogo não há mistérios.
Resumidamente, você deve terminar o jogo nas duas campanhas, jogar o modo Free Run 2 vezes sendo uma para superar seu próprio tempo, jogar 10 ranked e vencer 1, jogar um free match, jogar com todas as personagens, e jogar todas as pistas no versus, ganhando pelo menos 1 vez da máquina estando no nível 5.

Considerações Finais

Graficamente o jogo pode desagradar muitos que são exigentes com produções de arte e motor gráfico, mas lembre-se que é um jogo mais antigo e com uma produção mais independente. Quem jogou os jogos doujin na época que eram mais populares com certeza não irá se importar com isso.

A trilha sonora é realmente o ponto destaque do jogo, com seu ritmo rápido combina perfeitamente, mantendo inclusive toda a composição de músicas dos jogos da franquia Touhou Project.

A jogabilidade é divertida e as mecânicas aplicadas tornam ela mais arcade possível, sendo dinâmica entre a estratégia e a sabedoria em todas as pistas.

A performance do jogo no PS4 FAT é satisfatória na sua execução, sem crashes e com um ritmo combinado com os 60fps que o jogo propicia, claro com suas variações sutis. Porém o jogo possui erros de mapping e clipping, o que pode atrapalhar a sua performance de jogabilidade, geralmente em algumas bordas da pista.

O desafio do jogo é baixo para mediano, com progressão na sua dificuldade, ou seja, inicialmente você tem 1 rival, na próxima corrida terá 2, e assim sucessivamente. O design pode confundir alguns jogadores que não estiverem acostumados com jogos de corrida e pistas com diversas curvas e variações, um item que aliás eu acho importante destacar, pois há diferentes ambientes do universo do jogo, enriquecendo a variedade de pistas, inclusive com suas próprias regras.

Gensou Skydrift certamente é um jogo indie / doujin divertido e com uma idéia diferente dos clones de Mario Kart / Crash Team Racing, tendo em vista que não há coleta de caixas de itens ou coisa parecida para atrapalhar seus oponentes, focando apenas na velocidade e carregamento das suas habilidades, considere um jogo doujin a altura da sua proposta lá em 2015, sem pensar no poder de geração que temos hoje em dia.