Review / Tutorial de More Dark

* Esta análise foi feita com o código cedido pela Ratalaika (versão PS4/PS5)

Distribuidora: Ratalaika Games
Produtora: HugePixel
Plataforma: PS4 / PS5 / Xbox One / Xbox Series X / Xbox Series S / Switch / PC
Mídia: Digital
Ano de Lançamento: 2019/2020

Quando os gatos saem, os ratos o demônio sai, os humanos fazem a festa!

More Dark é um puzzle 2D plataforma onde você deve organizar o inferno, “recapturando” (leia-se pular na cabeça e esmagar) os humanos.

Controlando um Imp (pequeno demônio serviçal) você precisa esmagar os humanos fujões a mando da filha do demônio.
O desafio principal fica por conta da verticalidade das fases, uma vez que o Imp salta muito pouco.

A verticalidade das fases dá o tom do desafio

Caixas podem ser movidas para desbloquear caminhos ou fazer pequenas escadas.
Upgrades vão sendo recebidos aos poucos, como a bomba, que pode destruir pedras marcadas em amarelo (mas não matam os humanos nem o próprio Imp), o slime, que é usado para um salto mais potente e o ímã, que muda a gravidade, fazendo o demônio caminhar no teto.

Conforme avança, a importância das caixas se torna maior, pedindo mais estratégia para chegar à saída


Os cenários contam com partes destrutíveis, plataformas que caem, espinhos metálicos (o que seria de um bom plataforma sem espinhos?) e áreas com teleporte entre os lados da tela.
Ficou trancado em algum puzzle? Não se preocupe, seu Imp é descartável, basta apertar triângulo para morrer e recomeçar a fase com um novo demônio para chamar de seu.

Humanos mais fortes, os chefes pedem diversos golpes para serem derrotados


Após uma série de fases, um minigame ao estilo Breakout, com humanos sendo arremessados na lava e precisando ser rebatidos em direção a moscas, além de batalhas contra chefes (humanos mais resistentes e que precisam ser golpeados diversas vezes na cabeça).

Aa fases bônus são um Breakout/Arkanoid com humanos


O gráfico é bastante pixelado e colorido, com cenários “complexos” em estética, apesar da repetitividade das masmorras.
A trilha sonora consiste em um tema de piano ao fundo, embora você vá notar mais o barulho de pulo do Imp, bem característico de plataformas 2D.

A platina é simples e fácil, consistindo em chegar ao level 31, morrer uma vez, matar um humano esmagado por uma caixa aérea, matar um humano prensado por uma caixa, pegar os upgrades bomba e slime, concluir um jogo bônus e completar a primeira área.

RESUMO DA ÓPERA:
More Dark é um divertido e rápido puzzle 2D plataforma.
Embora comece fácil, a dificuldade escala progressivamente, especialmente a partir do level 32, pedindo mais estratégia na hora de calcular as rotas de fuga.
O gráfico é simpático, o jogo bônus é divertido e as lutas contra chefe surpreendem (não parece que algo semelhante existirá na mecânica).
Uma experiência para dar aquela relaxada (e queimar alguns neurônios no processo).