Review / Tutorial: Bonkies

Os clássicos jogos de puzzle sempre são bem vindos quando sua proposta é diferenciada na sua forma de aplicar o conceito de quebra cabeça, como em Glass Masquerade que você deve montar vitrais com pedaços em diferentes formas “quebradas”…

Bonkies é um desses jogos, sendo desenvolvido pelo Studio Gauntlet e publicado pela Crunching Koalas, onde a forma da aplicação de montagem inova da mesma forma citada antes, onde você deve usar macacos (sim, macacos) para construir algumas estruturas… vamos então analisar como funciona o jogo ???

Código cedido para review pela Crunching Koalas, versão Playstation 4

Nome: Bonkies
Gênero: Puzzle / Cooperativo / Único
Desenvolvedora: Studio Gauntlet
Distribuidora: Crunching Koalas
Plataformas: Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC
Lançamento: 2021 (19 de janeiro)
Mídia: Digital

Tela Título

História / Enredo

Bonkie Corp

Macacos… seres que somos descendentes, e que sabemos de sua tamanha sabedoria em aprender e se auto desenvolver…
O Instituto Bonkie, sabendo da possibilidade de estes seres tão sábios e astutos terem uma facilidade absurda em serem treinados, tiveram a excelente ideia de usar estes animais para construções espaciais, usando eles nas dependências de seus laboratórios para então aplicar a prática em outros lugares…

Gráficos

Os gráficos do jogo são bem simples, usando uma espécie de cell shading com cartoon, onde há uma mistura de 3D nas estruturas do cenário, deixando o jogo com tons variantes em colorido e pastoso, dependendo do ambiente que os macacos estão…
O artwork dos personagens aparecem na parte inferior da tela quando lhe darem instruções…

Som / OST

O jogo não conta com nenhum tipo de dublagem…
A trilha sonora é compatível com a duração do jogo, 11 músicas no total, tendo uma composição com trance mais calmo e ritmo mais lento / melancólico e poucas que sejam mais altas e notáveis.
Deixarei o link para sua apreciação…

Jogabilidade

O esquema de controles do jogo é bem simples, e a física aplicada para a interação dos objetos é bem precisa (acredite, amizades e relacionamentos serão destruídos se jogar em cooperativo), onde cada botão de ação é correspondente à direção da posição do botão no controle.

Sistema de Jogo

Antes de tudo, o jogo conta com dois estilos de campanha: Cooperativo e Solo

Apesar de ter uma campanha solo e uma cooperativa, o jogo mesmo é recomendado para jogar cooperativo para tornar a experiência mais divertida e como uma espécie de prova de fogo para ver se você ainda será casado ou terá amigos… (lol)
Justamente por isso, a campanha solo é mais curta.

Para as fases, o jogo conta com um sistema de mapa:

O ! marca o ponto das progressões ou fases novas, que são liberadas através de requisitos básicos, as fases posteriores são liberadas ao concluir as anteriores…
Inicialmente no planeta Terra você passará pelo seu treinamento de movimentação e manuseio das peças…
Cada lugar visitado terá um personagem que “irá te guiar” nas fases com as informações do que virá pela frente…

Já as fases propriamente ditas, são as que são marcadas com o “B”:

Note que pode haver caminhos duplos que irão para uma espécie de drone, estes drones tem requisitos específicos para serem explorados, onde possuem algumas recompensas, como personagens desbloqueáveis…

Ao entrar na fase veremos o seguinte:

Caso estiver jogando a campanha cooperativo, o jogo irá indicar quantas pessoas é o ideal para terminar as fases, e consequentemente todos irão escolher seu personagem e querer por um nome específico para ele (ou simplesmente suas iniciais já que são apenas 3 letras).
Note que há um tempo para cumprir…
Sim, o desafio do jogo é justamente conseguir montar as estruturas no tempo devido, caso quiser um desafio maior, você deve coletar os tempos bananosos da fase deixando o tempo indicado como seu tempo restante…

Macacos me montam…

A aplicação dos puzzles é simples, você terá a silhueta das estruturas no centro da tela.

As fases possuem etapas, e geralmente na primeira você já tem uma peça à sua disposição, como podemos ver na foto acima.
A porcentagem é sua precisão em montar conforme a silhueta, e do outro lado tempos o tempo regressivo, mas que é adicionado alguns segundos a mais em cada conclusão de etapa.

Para as etapas posteriores, nova silhueta irá aparecer no laboratório, podendo ser uma silhueta isolada ou complementar à primeira, e o tempo será adicionado.
As peças novas virão das pequenas câmaras das esteiras laterais:

É possível interagir com as esteiras, podendo acelerar a vinda das peças ou travar elas, dependendo de como seu macaco interagir com a garra no painel.

Uma das mecânicas interessantes que o jogo possui, juntamente com a aplicação da física dele, é a direção para aplicar a força enquanto segura os objetos…

Como dito antes, a disposição dos botões de ação no controle, é referente ao direcionamento do gancho para segurar as peças.
É possível segurar mais de um botão para gerenciar a força aplicada nas peças para virar, se precisar…
Além disso, caso soltar o botão enquanto vira as peças, elas serão lançadas
Algumas peças, como as de vidro, podem quebrar se lançadas com determinada força ou altura… pode ser uma ajuda, ou uma dor de cabeça a mais…

Cuidado se for lançar as de vidro, elas vão rachar e podem quebrar

Para o alto e avante… (se não se cuidar)

Os macacos tem à sua disposição um propulsor que agiliza o movimento deles de um lado para outro ou até mesmo enquanto leva as peças…

Claro que o propulsor tem uma espécie de controle, cuide para não superaquecer e seu macaco sair voando da tela (e perder preciosos segundos nisso pra voltar)…

1 é pouco, 2 é bom, 3 é melhor, 4 é recomendado…

Porém, em algumas situações, nem sempre o propulsor irá ajudar…
Pois no modo cooperativo, algumas peças podem ser muito pesadas, ao ponto de 1 só personagem não ter força para mover elas rapidamente ou sequer tirar do lugar…

Agora perceba que a silhueta do ? tem um espaçamento entre ela…
Trata-se de alguns itens que irão aparecer conforme avançar, no caso, as estruturas não fazem parte da solução, e sim apenas um complemento das imagens que tiverem espaço…
Esse é só um dos objetos que irão aparecer para dificultar suas montagens, o resto deixo para você descobrir…

E pra questão de manter a confiança no time, caso seus personagens tocarem os punhos dos braços, eles farão uma espécie de “high five”…

Troféus / Conquistas

Dificuldade: 3/10 no conceito, 6/10 na prática

A versão Playstation 4 não tem platina, apenas 100%, onde se consiste em fazer todos os tempos bananais em todos os ambientes, e terminar as duas campanhas…
No conceito, é fácil, mas talvez você irá demorar um pouco na prática…

Considerações Finais

Graficamente é um jogo que compõe bem o seu papel em estilo cartoon, onde o foco é apenas na interação dos objetos. O cenário possui animações de fundo deixando um ambiente mais dinâmico e carismático no jogo.

A trilha sonora dá a imersão de lugares de ficção científica, baseada na calma em ter de posicionar objetos com precisão, lembrando muito a trilha sonora dos clássicos game shows nível “Passa ou Repassa”, sendo considerada na minha opinião um nível acima do discreto, porém bem aplicado…

A performance do jogo é exemplar no PS4 Fat, não tendo crashes repentinos e rodando constantemente em 60fps na sua taxa de quadros por segundo.

A jogabilidade pode confundir um pouco no início mas rapidamente se aprende na hora de manuseio e troca de lados enquanto segura os objetos (questão de ir fazendo mapeamento de posições dos botões de ação no estilo: “segura um, aperta o outro, segura os dois, solta o primeiro” e assim sucessivamente). Com certeza você irá se xingar muito (ou xingar seus amigos) quando as peças saírem voando por esquecer de como funciona a mecânica de firmeza)…

Bonkies com certeza é uma experiência divertida, sendo apenas multiplayer local com opção de até 4 jogadores, ou via shareplay com 2 jogadores. A duração do jogo é razoável, 2 partes para a campanha solo e 7 para a cooperativa.
Mesmo para duas campanhas, ambas são interessantes de jogar, pois souberam mostrar o foco do jogo de forma plausível na campanha solo, que ajudará mais você à dominar as mecânicas do jogo para poder repassar para seus amigos na hora de jogarem em time (e consequentemente se estressar por já dominar o sistema, talvez xD).

Não entendeu o que eu quero dizer??
Vou mostrar uma fase na campanha solo então:

A dificuldade é moderada alta, ou seja conforme avança no jogo, terá a necessidade de explorar as estratégias em montar os objetos que irão aparecer, desde carrinhos com rodas que podem desfazer sua imagem, até foguetes com diversas estruturas…

E você, pronto para ajudar os carismáticos macacos do instituto Bonkie???