Review / Tutorial de Paw Paw Paw

* Esta análise foi feita com o código cedido pela Ratalaika (versão PS4/PS5)

Distribuidora: Ratalaika
Produtora: Simpleton
Plataforma: PS4 / PS5 / Xbox One / Xbox Series X / Xbox Series S / Switch / PC / Linux / macOs
Mídia: Digital
Ano de Lançamento: 2020

Paw Paw Paw é um beat’em up/hack’n’slash 2D com elementos de RPG sobre um grupo de revolucionários lutando contra a tirania do Rei Coelhorde III.

O Rei Coelhorde III era justo e admirado em seu reino, até um estranho cristal cair dos céus e se alojar em sua cabeça, transformando completamente sua personalidade.
Agora Coelhorde tornou-se um tirano; em um de seus atos mais perversos, instituiu a utilização de calças por todos os habitantes de Paw Paw Paw.
Cabe a você juntar-se à resistência Anticalças e destronar o vil regente.

Coelhorde em um de seu mais maligno ato!

Você escolhe entre um total de seis personagens (alguns bloqueados no início):
Kamu, Guerreiro (urso): luta com arma de uma mão e escudo
Aku, Bárbaro (urso): usa arma de duas mãos
Mereka, Botânico (urso): usa armas duplas
Kita , Arqueiro (urso): auto-explicativo
Obek, Batedor Pesado (touro): semelhante a  Aku
Domba, Ladrão (carneiro) : semelhante a Mereka
Doggu, Guardião (cão): semelhante a Kamu
Welu, Arqueiro Assassino (coelho): semelhante a Kita

O jogo pode ser jogado em coop local de até quatro pessoas na campanha, tendo dois personagens de cada estilo de combate, facilitando a não repetição na hora de jogar com amigos.
Como diferencial, cada personagem possui duas habilidades especiais e uma habilidade passiva própria.

Coop para até quatro pessoas para relembrar os velhos tempos


Os acampamentos Anticalças espalham-se entre as fases, neles sendo possível usar os pontos de experiência obtidos para comprar novas habilidades, comprar poções de cura e mana, bombas e ovos de montarias, recrutar mercenários controlados pela IA, além de equipar armas ou comprar novas.

Compras e upgrades são feitos nos acampamentos


Durante as fases, além da experiência obtida nos combates, é possível coletar comida derrubada pelos inimigos abatidos ou em árvores, caixas e vasos destrutíveis. A comida serve como moeda de troca na hora das compras, substituindo o dinheiro.

Falando nos inimigos, assim como os heróis da história, a maioria consiste em animais humanoides: cães, porcos, ratos, leões, entre outros, incluindo humanos primitivos.
Os inimigos usam boa variedade de armas, entre machados de guerra, espadas, arcos, bombas e lança-chamas.
Os chefes pedem mais estratégia e bons estoques de itens de recuperação de vida e energia.

Recrutas são mercenários controlados pela IA para ajudar nos combates (mas não espere que eles durem muito)


Ao se aproximar do castelo de Paw Paw Paw, a dificuldade aumenta com os leões de armadura dourada, que passam a ser inimigos recorrentes.
A luta final, composta por diversas formas do chefe, resulta no maior desafio do jogo (que me forçou a “farmar” alguns níveis).

Você está feliz em me ver ou isso no seu bolso é um barra gigante de HP do chefe?


Além do modo campanha, podendo ser jogado até entre quatro pessoas localmente, o título conta ainda com um modo Sobrevivência, consistindo em ondas de inimigos devendo ser derrotadas apenas por um jogador, com o equipamento básico do personagem e do bom e velho modo Versus, para sair na porrada com os amigos.

Graficamente, o jogo possui um estilo artístico semelhante a “jogos em Flash”, com visual cartunesco bastante estilizado.
Os cenários são bastante coloridos, passando por florestas, esgotos, calabouços, vilarejos, cidades e um castelo, com armadilhas no chão.

Cada personagem possui um tipo de arma específico


Não apenas de cenários estáticos vive o jogo, como também de uma viagem de trem e uma descida de uma montanha nevada
A trilha sonora tem temas bastante “dançantes” e que facilmente irão grudar no seu cérebro.

A platina é relativamente fácil e simples, embora o jogo seja em si seja mais difícil que o padrão de jogos distribuídos pela Ratalaika, pedindo que o jogador passe por todos os chefes e zere o jogo, além de desbloquear os personagens e executar algumas ações em determinado número, como recrutar guerreiros, rolar pelo chão, arremessar bombas e subir níveis com um personagem.

RESUMO DA ÓPERA:
Paw Paw Paw é um divertido beat’em up/hack’n’slash, com mecânicas simples mas funcionais, arte e personagens carismáticos, além de um roteiro recheado de humor e tiradas irônicas.
O título possui alguns picos de dificuldade nas fases finais (malditos leões!), pedindo estratégia e reflexos rápidos (além de muitos recursos). É possível farmar níveis e comida nas fases anteriores para evoluir o personagem e ir mais preparado.
O pacote é complementado com a possibilidade de coop local para até quatro pessoas, modo Sobrevivência e Versus.
Uma boa pedida para aliviar o stress do dia-a-dia descendo a porrada em animais antroporfomizados (ou se estressar ainda mais morrendo por ataques especiais dos chefes).