Review / Tutorial: Desperados III

Jogos RTS (Real Time Strategy) foram uma febre no fim dos anos 90 e início dos 2000, com uma grande popularidade de franquias como StarCraft, Age of Empires, Warcraft, Command & Conquer
São jogos que você deve gerenciar recursos para obter uma base com estratégia para os combates dos inimigos no mapa… entretanto, alguns RTS não envolvem a parte de gerenciamento de recurso, mas sim uma boa furtividade para aniquilar seus inimigos da forma mais prática possível, caindo no subgênero de RTT (Real Time Tactics).

Desperados se enquadra nesse tipo, sendo baseado mais na sua estratégia para conseguir cumprir seus objetivos sem muito alarde, ou se precisar da força bruta, saber a hora certa para chamar atenção…

Originalmente lançado para PC em 2001, Desperados: Wanted Dead or Alive chamou atenção pela sua forma hardcore de jogar, sendo considerado um dos melhores e difíceis jogos de RTS em stealth já vistos, sendo desenvolvido pela Spellbound Entertainment e publicado pela Infogrames para Windows, MacOS e Linux.

O segundo jogo por sua vez, Desperados: Cooper’s Revenge foi lançado em 2006, sendo publicado pela Atari e ainda desenvolvido pela Spellbound, infelizmente não tive a oportunidade de jogar ao ponto de confirmar ou não as críticas de ser “menos atraente que o primeiro”, entretanto, essa crítica se baseia nos rumores de que a Atari perdeu seis meses de pagamento, forçando a Spellbound à lançar o jogo sem os planos planejados e promovidos no seu marketing.
Há ainda um spin off da franquia, mas não convém falarmos neste review…

Agora, o terceiro jogo é desenvolvido pela Mimimi Productions, e publicado pela THQ Nordic, sendo lançado em 16 de junho de 2020. Uma das coisas que posso comentar é que seus antecessores tinham classificação ESRB T, e este tem M, sendo lançado para consoles, além do PC.
Vamos então analisar e ensinar o sistema desse grande RTT que poucos podem conhecer ou sequer imaginam seu legado??? (E também ver se seu legado hardcore ainda é mantido)

Código cedido para review pela THQ Nordic, versão Playstation 4

Nome: Desperados III
Gênero: Real Time Strategy (subgênero: Real Time Tactics)
Desenvolvedora: Mimimi Games Productions
Publicadora: THQ Nordic
Plataformas: Playstation 4, XBox One, PC, MacOS, Linux
Lançamento: 2020 (16 de junho)
Mídia: física ou digital
Para compra da edição física, pode ir na Play-Asia ou no site oficial do jogo clicando em “order now”.

Tela Título

História / Enredo

Apesar de ter o número 3 no nome, o jogo se passa em 1875, antes do primeiro, mostrando um pouco mais da história da infância do nosso protagonista, John Cooper e alternando com os tempos mais atuais com ele adulto.
Na era adulta, sabemos que John está atrás de alguém chamado Frank, e o motivo desta procura se baseia justamente nos fatos passados em que você joga com ele criança.

No decorrer da história, rostos familiares se juntarão ao nosso pistoleiro, mostrando como Cooper conheceu Doctor McCoy e Kate, por exemplo, que são personagens jogáveis nos outros jogos, além de claro personagens novos.
Diversos eventos irão ocorrer no desenvolvimento da história, mas o destino de todos já estava traçado…

Personagens

Como comentei antes, há algumas caras conhecidas na gangue (Katie e McCoy) e outras novas (Hector e Isabelle), caso não tenha jogado algo da franquia, vamos saber um pouco mais de cada um??

John Cooper

John Cooper aprendeu o básico da caça de recompensas com seu pai James Cooper, um caçador de recompensas experiente, desde muito cedo. Com a idade, ele adquiriu mais habilidades e prudência, e fez vários bons amigos e parceiros.
Cooper é um homem de poucas palavras e um solitário por natureza. Ele nunca fica em um lugar por muito tempo. Assim que ele completa sua caça à recompensa em um lugar, ele segue em frente. Quando não precisa de gangue, prefere trabalhar sozinho. Mas Cooper sabe muito bem por experiência própria que até um Colt possui apenas seis balas, e é por isso que ele procura alguns velhos parceiros de vez em quando para ajudá-lo em missões particularmente perigosas. Seu intelecto aguçado o torna o líder de sua equipe e lhe permite rastrear qualquer bandido, não importa o quão inteligente seja.

Katie O’Hara

Kate O’Hara cresceu no rancho da família O’Hara, no Colorado, sob os cuidados de seu tio Ian. A única lembrança de seus pais é uma Derringer que era de sua mãe.
Kate se torna uma alma inquieta que nunca fica muito tempo em um lugar, semelhante a Cooper. Ela ganha seu sustento jogando cartas e é uma convidada popular nos jogos por causa de sua aparência de tirar o fôlego. No entanto, sua sorte descarada no pôquer (quase se poderia chamar de mágica) a coloca em apuros repetidamente – problemas dos quais Cooper, em particular, teve que resgatá-la mais de uma vez. Kate fez parceria com Cooper na maioria de suas missões de recompensa. Em uma missão, duas coisas são importantes para ela: o tamanho da recompensa e a dificuldade da tarefa. Quanto mais difícil é uma tarefa, mais apela aos seus instintos de jogador. Em sua imaginação, a recompensa é como um jackpot que ela precisa para ganhar.

Doctor McCoy

McCoy passou sua juventude estudando medicina na Inglaterra. Quando terminou os estudos, procurava uma aventura que o fizesse navegar para o novo mundo. Ele cruzou o Atlântico e pôs os pés na costa americana.
Lá, ele foi recrutado à força para lutar na Guerra Civil Americana. Ele lutou e trabalhou como médico, mas não suportou o horror e a futilidade da guerra, então desertou após um ano de serviço e se tornou um pistoleiro de aluguel. Logo se tornou conhecido em certos círculos como alguém que faz o trabalho e não faz muitas perguntas. Ele também não responde a perguntas irrelevantes sobre si mesmo.
Até Cooper só conhece McCoy como “Doc”; ele nunca soube seu primeiro nome. A experiência de guerra de Doc o transformou em um homem cínico e desiludido.

Hector Mendoza

Hector apesar de ter um passado onde fez parte de uma gangue e ter a cara de um homem ruim, se mostra o contrário, com um coração bondoso. O destino de Cooper e Hector se encontrarem vem há muito tempo, onde um dos motivos do passado de Cooper faz com que tenha uma eterna dívida com Hector por uma ajuda essencial…

No momento em que John Cooper se torna um caçador de recompensas e tem seu objetivo, Hector novamente está ao lado de Cooper para fornecer qualquer ajuda que ele possa fazer por ele.

Isabelle Moreau

Nascida e criada em Nova Orleans, Isabelle dominou as técnicas ocultas do Voodoo. No estágio inicial de sua vida, ela não se importava em abusar de suas técnicas de Voodoo por dinheiro, mas Wayne a ajudou a mudar sua visão e vida.

Gráficos

Feito pela engine Unity, muito comum em grande parte dos jogos pela sua variação de concepção e que faz bem seu trabalho, com detalhes aplicados no mapa e que trazem o realismo do universo que os personagens se encontram, seja pelas sombras, abutres voando, vento passando no cenário ou águas correntes…
O jogo contém uma coloração variante, incluso em seus ambientes diversificados durante a história, isso quer dizer que há coloração ofuscante no deserto ou uma coloração mais pálida em ambientes noturnos e escuros.
Já a modelagem do jogo é simples, onde notamos que o empenho maior (e que diga-se de passagem é o esperado já que é um RTT) é nos cenários, os personagens tem modelages simples comparado com o que se pode fazer, incluso o fato de nos eventos eles não mexerem os lábios na sua fala, apenas fazem seus gestos e ações.
Como todo RTT, sua visão de jogo é isométrica.

Som / OST

Um dos pontos fortes da série são as músicas, sendo compostas por Filippo Beck Peccoz, que além de Desperados, trabalhou em Shadow Tactics: Blades of the Shogun e Fox n Forests.
Segue a lista da trilha sonora no Spotify pelo próprio Filippo para apreciação.

Pouca coisa né???? Isso que ainda tem os volumes 2 e 3 do jogo base mais um volume com missões extras, que foram DLC gratuito por meio de patch. Tá tudo lá no Spotify…

Já no voice acting americano colocarei apenas dos 5 personagens:

Jogabilidade

Comparado com o computador, quem está acostumado com mouse para clicar e usar os atalhos do teclado para uma maior precisão de tempo, nos controles de console é convertido para funções diretas, ou seja, enquanto no PC você usa o sistema de point and click, no console você controla diretamente o personagem com seu direcional… (isso não considerando a mudança de interface)

Pode demorar um pouco mas o domínio em executar ações rápidas e conjuntas virá naturalmente…

Sistema de Jogo

Diferente do que costumo fazer, não vou citar o HUD por motivos óbvios, mas sim explicar diretamente com as mecânicas do jogo o que está presente na tela…

Um dos fatores mais interessantes do jogo é a opção que você tem em escolher a forma de jogar, se quer ser discreto e sem barulho possível, ou algo mais direto e com tiroteio (porém mesmo assim você ainda verá que terá que montar tática pra isso)…

O jogo possui 4 dificuldades (detalhes lá no final do review), caso preferir jogar o jogo na sua essência, o hard é o recomendado…

O velho oeste e a necessidade de ser cuidadoso

O jogo possui diversas mecânicas que lhe favorecem em montar a sua tática de resolução das fases…

Para o caso de você preferir o STEALTH, o jogo lhe permite usar do ambiente de diversas formas, incluso o fato da postura que seus personagens podem ter, como andar de pé, correr ou ficar agachado.

Seus personagens são identificados pelas colorações no seu contorno, inclusive caso eles fiquem atrás de um prédio caso seu ângulo de visão esteja contra a visão panorâmica no momento.

Justamente por esse contorno é pra diferenciar da interação com moitas, sombras, lugares barulhentos e tudo que pode lhe favorecer no cenário, deixando seu personagem totalmente colorido, significando que está bem escondido:

Os lugares que tiverem sombras, pouca iluminação e mais fechados com relação ao seu inimigo foco, terão essa vantagem para você.
Os lugares barulhentos podem ocultar os seus ruídos em determinadas ações.

Os inimigos tem um padrão nas suas posições, porém apertando no digital em cima do inimigo que quer, você poderá ver seu FIELD OF VIEW:

O FOV verde indica que o personagem está na condição normal, sem alerta e alarde.
O FOV amarelo indica que há uma certa suspeita e ele está desconfiado, podendo verificar.
O FOV vermelho indica que ele viu seu personagem, está agressivo e irá te caçar.
O FOV roxo indica que estão distraídos ou seduzidos.

Ao chegar nas condições variantes, é possível que retorne para o verde depois de um tempo, se ele não encontrar seus personagens.

Os campos demarcados com linhas segmentadas significam que o campo de visão é limitado, ou seja, se seu personagem tiver agachado, ainda não será detectado, porém se tiver de pé, irá ser detectado.
Esses campos costumam aparecer naturalmente por obstáculos no cenário, baixa luminosidade ou apenas que o personagem tem a visão menos potente que o normal…

O campo de visão é 90% do seu sucesso de ações, use sempre que possível.

Visão + Percepção

Dependendo da dificuldade que estiver jogando, a relação do FOV com o que está acontecendo na hora é totalmente rápida (pressupondo que esteja jogando no HARD)…
Matou alguém e alguém viu o corpo??? Suspeita na certa e alerta posterior…
Matou alguém e saiu correndo em uma brecha da visão??? Suspeita na certa…

Para isso, além de planejar a hora certa para matar, é necessário esconder os corpos na hora certa, e no ambiente certo…

Não seja como eu que estava levando o corpo de boa e não lembrei do cara ali na direita………

Pra sua ajuda, o mecanismo de carregar os corpos podem ser feitos sequencialmente com a kill dos inimigos, ficará ao seu critério deixar o corpo deitado para chamar atenção e causar mais mortes calculadas, ou matar e já esconder rapidamente…

Até uma bola de feno pode causar um ruído…

Perceba que enquanto eu levava o corpo um círculo em volta do personagem apareceu…
Isso são os ruídos que você causa perante o peso do corpo enquanto carrega, tome cuidado para sua discrição não lhe afetar de forma contrária…

Os ruídos podem ser um caso sério no momento da sua tática, geralmente são indicados por ações pesadas habilidades de distração.

Seja o barulho da sua faca cortando a pele ou os gritos dos personagens… eles podem te atrapalhar

Toda e qualquer ação que envolva morte, por algum raio específico irá causar a consequência da ação e ruídos serão ouvidos. O círculo azul indica o alcance desse raio e até onde é possível ouvir, portanto seja rápido ou perspicaz…

Quem, como, quando e onde?

Além de ter de tomar todo o cuidado com a forma de matar os inimigos, deve-se saber com quem vai lidar e quem vai usar…

Como assim Shin??? Não é só matar de forma discreta ou agressiva???
Não necessariamente… alguns detalhes devem ser levados em conta com relação aos inimigos, mas antes disso iremos falar especificamente do seu bando:

Os personagens possuem habilidades e equipamentos, cada um com sua especialidade.
Essas habilidades tem um determinado número de vezes para ser usada, algumas são infinitas e outras são recarregáveis, mas todas sofrem cooldown.

As habilidades também podem interferir no desempenho e interação dos personagens, fazendo uma ficha rápida de cada um deles, seria mais ou menos isso:
Cooper – ataques letais stealth através da faca, distração e tiro duplo, pode nadar, subir trincheiras e leva 1 corpo por vez com disposição de postura em pé e velocidade média.
McCoy – ataques letais stealth através da distração, tiro a distância, não pode nadar, nem subir trincheiras, pode burlar portas trancadas, pode curar os outros e a si mesmo e leva 1 corpo por vez com disposição de postura agachada e velocidade lenta.
Katie – ataques concussivos (ou seja, não letais), distração e disfarce / sedução, tiro médio, causadora de anormalidades na visão dos inimigos, pode levar 1 corpo por vez com disposição de postura agachada, velocidade média, não pode nadar e nem subir trincheiras.
OBS: Katie não irá enganar Long Coats e cachorros com seus disfarces
Hector – ataques letais, distração, tiro a queima roupa, pode curar apenas a si mesmo, não pode nadar e nem subir trincheiras, pode levar 2 corpos com disposição de postura de pé e velocidade rápida.
Isabelle – ataques letais, ligação / distração / voodoo, pode curar a si e os colegas, não usa armas de fogo, pode nadar e subir trincheiras, leva apenas 1 corpo com disposição de postura de pé e velocidade rápida.

As habilidades recarregáveis seriam as armas de fogo, onde é possível adquirir balas para a arma do personagem através das caixas que se encontra no cenário, porém apenas os personagens específicos para aquelas balas podem abrir e pegar as munições.
OBS: no caso de Isabelle, ela pode possuir mais rituais voodoo.

Isabelle e uma caixa de munição, mas é apenas para a COLT do Cooper e só ele pode abrir…

Os tipos de inimigos que aparecem podem ser definidos da seguinte forma:
Pistoleiro Posto Fixo – inimigos parados em 1 lugar apenas observando o lugar de forma periódica simples (alternam entre esquerda e direita), se distraem facilmente.
Pistoleiro Patrulha – inimigos demarcam uma rota e ficam patrulhando, seja em número isolado ou até 5 inimigos em grupo, podem se distrair em grupo ou por 1 de cada vez, dependendo da tática usada.
Ponchos – não se distraem tão fácil ao ponto de deixarem seu posto, apesar de olharem por alguns segundos algo que estiver de anormal no cenário.
Mulheres – as mais agressivas e rápidas, possuem percepção mais aguçada e não se deixam levar pelas distrações de sedução de Katie, mas podem se distrair com outras coisas.
OBS: as mulheres também podem ser ponchos, há uma vestimenta específica para identificar.
Long Coats – inimigos mais difíceis de derrotar, possuem um FOV maior que o normal, podem ser patrulha ou ponto fixo. Mais difíceis de se distraírem, sua resistência é alta, sendo necessário Hector para ser o executor ou se for outro personagem, causar efeito concussivo, deixando eles tontos e aí sim causar o dano letal.
Reforços – note que há um sino vermelho dentro da casa na imagem anterior…
Isso é o indicador de que há reforços ali dentro, uma vez alardeados, os inimigos irão receber reforços dessas casas.
Elas possuem um número específico de inimigos, e é possível matar todos enquanto estiverem te caçando, caso não lhe acharem e assumirem um posto, irão ajudar na segurança.

1 imagem = 3 exemplos, Ponchos nas portas, Patrulha sendo meu alvo, Long Coat dentro da casa…

Muitos detalhes, neurônios queimando…

Como dá pra notar no decorrer do review / tutorial, há muitos personagens em postos estratégicos, e provavelmente você já deva estar chateado de o console não ter a mesma rapidez e eficácia que o PC…
Mas lembre-se, eu falei que é possível sim, tudo questão de prática…

Ao apertar e segurar R1 você irá abrir a relação dos personagens, podendo selecionar mais de 1 para aplicar a mesma ação:

Mas não é bem isso que eu queria, não tem como todos matarem ao mesmo tempo ????
Obviamente… aí entramos no que o jogo define como showdown.

Apertando no digital você ativa o modo de plano, onde é possível atribuir ações para cada um dos personagens de forma pré determinada.
A duração da ação varia conforme seu plano, se deslocar até um determinado ponto e depois aplicar alguma kill, o personagem irá gastar o tempo necessário para fazer tudo isso normalmente, portanto é essencial que você saiba planejar de forma sincronizada.

As ações podem ser simultâneas ou planejadas de forma individual conforme a atribuição dos botões mostrados na tela (depende da forma que você planejar e a ordem de quem você usar).
Nesse aspecto o jogo congela o tempo para efetuar seu plano…
Já na dificuldade DESPERADOS, não há essa pausa…

Qualquer ação é possível, um plano bem executado é sucesso na certa…
Lembram que disse que é possível usar das situações e cenários??? Preste atenção:

Não entendeu?? Acompanhe a montagem do plano:
– Katie diminui a visão dos postos fixos que tinham o FOV com relação ao poncho inferior
– Cooper mata a mulher no posto fixo superior
– McCoy caminha em direção ao poncho inferior e o mata
– Após o plano estar montado, aguardo o long loat sair da guarda e ir plantar a dinamite
– Mais dois inimigos acompanham o long coat
– Executo o plano de forma que McCoy comece primeiro (devido ao seu deslocamento)
– Aguardo o timing para os pontos fixos não alertarem e executo o plano agora com Katie e Cooper juntos
– Seleciono Katie e nocauteio o Poncho com a visão prejudicada
– Explodo a dinamite e mato o long coat e os outros 2 capangas usando o detonador no cenário

Excelente recurso não??? Agora é ir queimar uns neurônios e tentar usar sempre ao seu favor…

Mas… não é só seu bando que tem afinidade…

Devido a essa diversidade de personagens e universo rico com o fato de ter de saber exatamente o que fazer… alguns riscos ainda podem complicar…
Lembra dos indicadores de FOV??? Algumas patrulhas podem ter interação com pontos fixos, se matar alguém que eles conversem, poderá deixar eles em alerta por estranhar que não está mais em seu posto…

Você vai odiar muito os long coats…

Áreas / Zonas

Algumas fases possuem determinados ambientes que poderão atrapalhar, ou ajudar na sua tática…

Água rasa / pântanos – se correr nessas áreas dará um raio grande de ruído que poderá alertar as unidades próximas

Pegadas – lamas, pântanos podem deixar seus rastros por alguns segundos, uma vez visto essas pegadas os inimigos ir atrás delas e fazer o mesmo caminho que você deixou, pode ser uma forma de despista-los usando o próprio cenário, pense nisso…

Civis – as áreas comuns de civis deixam os personagens em condição safe (um ícone escudo verde ficará em cima dos personagens), suas limitações são demarcadas com áreas de estabelecimentos em vermelho na sua entrada. Dali pra dentro, tudo é suspeito…
Já na área de civis, você pode agir como bem entender, desde que nem os inimigos e os próprios civis não notem que esteja fazendo algo suspeito…

O sucesso vem a galope…

Toda e qualquer fase que terminar no jogo, será registrado todas as suas ações, incluso saves, loads e habilidades usadas, além de demarcar todos os inimigos e mostrar toda sua rota e tempo de fase.

Alguns objetivos adicionais lhe darão badges, geralmente com algum objetivo específico para cada fase ou com relação à tempo de conclusão, não salvar durante a fase toda, condições de kills.
São 8 badges para 15 fases (a fase intro não possui badges), sendo uma comum para todas que é terminar no hard.

O auto-save pode ser efetuado via touchpad, entretanto pode ser um excelente recurso, ou um péssimo recurso, já que são mostrados 3 slots substituíveis a cada save que fizer, sendo também possível demarcar um lembrete para você no tempo que estimar (apesar que eu acredito que ninguém vai querer ficar sem salvar muito tempo lol).

Extras / DLC’s

Desafios do Barão – ao progredir no jogo, será apresentado os desafios do barão, que consiste em repetir 14 fases do jogo em suas versões alternativas, com objetivos e mudanças específicas.

O jogo recebeu patches com a inclusão de DLC’s grátis nas suas atualizações.

Money for the Vultures (“Dinheiro para os abutres”)
Adiciona ao jogo 3 fases adicionais, sendo recomendável jogar pós conclusão.

Bounty Mode (Modo Recompensa)

O update permite repetir as fases e escolher os personagens que quer jogar na fase, além de usar cheats e um editor de missões…

Dificuldades

Como dito antes, há 4 dificuldades base no jogo desde o seu lançamento:

Beginner (Principiante) – menos inimigos, ponchos e long coats
Medium (Médio) – set de inimigos padrão
Hard (Difícil) – inimigos adicionais, mais ponchos e long coats
Desperados – igual ao hard com adicional de showdown sem pausa

As dificuldades também influenciam em alguns aspectos: Pontos de vida, munição, detecção dos inimigos

Pontos de Vida

HectorTodos os demaisFrame de Recuperação
Beginner64
Medium53
Hard42Poucos quadros de recuperação
Desperados42Sem quadros de recuperação

Munição (inicial / por caixas)

CooperMcCoyHectorKatieIsabelle
Beginner8 / 65 / 44 / 45 / 44 / 2
Medium8 / 64 / 33 / 24 / 33 / 2
Hard6 / 43 / 32 / 23 / 23 / 2
Desperados4 / 22 / 22 / 12 / 23 / 2

Velocidade de Detecção (padrão / violência)

Beginner – 0.7 / 0.9
Medium – 1.0 / 1.4
Hard – 2.8 / 3.5
Desperados – 10 / 10

O save é possível escolher a quantidade por fase, sendo plausível “nenhum” e “ilimitado”.

Dificuldade Customizável

O jogo ainda categoriza o resultado em uma das quatro dificuldades. Este nível é exibido após a conclusão da missão e usado para determinar a elegibilidade para a badge “complete este nível no Hard”.
A dificuldade é calculada usando um sistema de pontos. Cada parâmetro fornece os seguintes pontos:
Configuração do inimigo: 0/1/2
Pontos de Vida: 0/1/2/3
Munição: 0/1/2/3
Detecção: 0/2/4/6
Os outros parâmetros não influenciam na dificuldade determinada, mas a pausa durante o modo Showdown não pode ser ativada quando a dificuldade é calculada como dificuldade Desperado.

Dito isso, espero que não tenha sobrado alguma dúvida com relação ao sistema… o resto é com vocês…

Troféus / Conquistas

Dificuldade: 6/10

Os troféus contam com alguns progressivos de história, ações específicas com as habilidades dos personagens e um número de inimigos afetados por eles (incluindo armas de fogo), esconder 750 corpos, matar 1000 inimigos, matar 75 long coats, 50 inimigos usando o cenário, 5 inimigos com dinamite ao mesmo tempo, 6 inimigos de uma vez só usando uma habilidade, matar 10 animais, coletar 90 badges, terminar uma fase na dificuldade DESPERADOS entre outros específicos com easter eggs, miscelâneas e coletáveis (achar os desenvolvedores e galinhas douradas).

Considerações Finais

Graficamente o jogo faz bem o seu papel, incluso o fato de ser RTT ser bem rico nos cenários e ambientação, tendo em vista o quanto de detalhes que o sistema passa para a tentativa de realismo perante um jogo de tática stealth. Os efeitos de água embelezam o jogo, além das diversas variações de fases perante o mapa, hora dos eventos e cenários em si, onde o fato dos modelos dos personagens não demonstrarem interação labial na fala, nem incomoda.
Unity é uma excelente engine para apreciar…

Sonoplastia e trilha sonora do jogo é na minha opinião outro ponto forte, com uma rica composição e variedades de músicas, com um time de dubladores americano muito bom.
O dinamismo da OST nas situações de descoberta e alarde dos inimigos lhe traz a imersão em ser corajoso ou permanecer na guarda e esperar a tempestade passar…

A duração do jogo achei razoável para um RTT, sendo 16 fases em 3 capítulos. Com relação aos antigos ele tem menos fase que o primeiro por exemplo, que tinha 25 fases.
O design das fases no hard certamente irão incomodar sua mente, seja pelo esquecimento de inimigos estarem no FOV de outros ou simplesmente pelo seu Alzheimer e mau desempenho momentâneo (LOL)…

A performance do jogo é totalmente satisfatória, sendo 30fps no PS4 FAT, sem crashes ou problemas técnicos de frames ou atualização de quadros…

Desperados III certamente merece uma atenção se jogou os antigos, pois apesar de ser outro time de desenvolvimento, ainda mantém o legado de ser um RTT hardcore (repetindo, se jogar na sua essência), quem não conhece mas admira um desafio, com certeza irá gostar de se aventurar no velho oeste. O Design das fases são excelentes, lhe permitindo criar uma extensa possibilidade de tática e resoluções das situações do jogo, onde apesar de ter vários contras, também há vários prós para derrotar os inimigos…

Parabéns à THQ Nordic e à Mimimi Games por nos trazer de volta essa franquia e fazer um jogo incrívelmente competente para os fãs

Ajude Cooper na sua jornada e decida se prefere ser stealth ou irá se aventurar em ser corajoso e chamar a atenção de todos no mapa????