Review / Tutorial: River City Girls

Ola, aqui é o Pena e hoje to trazendo mais um jogo de pancadaria, de uma série já bem antiga até, o River City Girls.

A série iniciou nos arcades em 1986 e é conhecida no oriente pelo nome do protagonista dos jogos, “Kunio-kun” e trazida pro ocidente como River City.
Ela foi produzida inicialmente pela Technōs Japan e foi adquirida pela Arc System Works, sendo que esse novo jogo foi feito em colaboração com a Wayfoward, produtora da série Shantae (temos um review do ultimo jogo aqui e da série completa aqui).

Um detalhe interessante, a série Double Dragon, que é outra de pura pancadaria das antigas, também era da Technōs Japan e como a Arc System Works também está com os direitos dela, encontrar referencias da série aqui não é mera coincidência.

Review baseado na versão do PlayStation 4
(Versão digital europeia pela Wayforward e versão física asiática pela Play Ásia)

Titulo: River City Girls
Série: River City (Kunio-kun no Oriente)
Produtora: Wayfoward
Distribuidora: Arc System Works
Gênero: Beat’m Up / Aventura
Plataformas: PC, PlayStation 4, Nintendo Switch e Xbox One
Mídia: Físico e Digital
Textos: Inglês, Francês, Italiano, Alemão, Espanhol, Japonês e Russo
Dublagem: Inglês

Importação pela Play-Asia:

História

River City, uma cidade aonde todo mundo é violento e resolve seus problema na porrada (constatação da própria Kyoko XD). Aqui o jogo mostra logo no começo Kyoko💗 e Misako na sala de detenção quando recebem uma mensagem que seus namorados foram raptados.
Como boas namoradas que são, elas partem na hora pra porrada e salvar seus amados.

A série num todo é bem descontraída, usando e abusando dos visuais antigos de delinquentes japoneses, com os cabelões diferentes e vários outros padrões de comportamento, deixando a coisa ainda mais caricata.

Elas vão te infernizar bastante durante o jogo

Pra quem conhece bem a série (infelizmente eu conheço pouca coisa, pesquisei uma boa quantidade pra entender algumas coisas) vai curtir as diversas referências aos jogos anteriores e mesmo que não conheça, vai rir do mesmo jeito, o jogo é muito cômico.
Por exemplo, a Misako e a Kyoko já foram personagens controláveis no jogo “The New Nekketsu Tough Guy: The Elegy of Kunio and Co.“.

Gráficos

Temos até lideres de torcida zumbis

Os gráficos gerais do jogo são todos em pixel art, mas muito detalhados ao ponto de várias vezes, dependendo da distância que você está jogando, nem dá pra reparar isso.
A quantidade de cenários e sprites dos personagens controláveis é bem grande e mesmo os inimigos, que tem bastante “palete swap”, são bem legais.

Essas sequências em mangás são demais

Durante vários pontos do jogo tem umas animações, tanto no modo clássico de anime como várias mostrando como se estivéssemos lendo um mangá, tudo dublado, claro, ficaram muito boas esses momentos, além da boa qualidade, estão muito divertidas.

Áudio

Na Inversão Russa, as notas do Guitar Hero ACERTAM você!!!!

As musicas do jogo são tem um belo misto de techno lembrando os chip-tunes antigos, como em alguns pontos tem músicas cantadas da personagem Noize (que nas músicas é interpretada pela Megan McDuffee), que da uma mudança bem agradável durante a exploração de River City.

Como a OST do jogo está no Spotify, segue ela pra curtir quanto termina de ler o review.

Quanto a dublagem, que está muito engraçada, vale comentar sobre as duas principais:

  • Kira Buckland: dubladora da Kyoko, é a dubladora americana da Elise Schwarzer e Celine do “Legend of Heroes” como também a da 2B do jogo “Nier Automata“;
  • Kayli Mills: dubladora da Misako, também trabalhou na série do “Legend of Heroes” dublando a Tio Plato como também as personagens Chelka e Milm do jogo “Witch and the Hundred Knight 2

Jogabilidade

Tela principal do seu save

Esse é um Beat’m Up que, como na maioria dos jogos atuais do gênero, tem aspectos de RPG, como evolução dos personagens e equipar acessórios.
Assim que você escolhe qual dos três slots você pretende começar a sua partida, temos essa tela inicial, que tem as seguintes opções:

  • Numero de jogadores: Como esse jogo tem co-op LOCAL pra 2 jogadores, aqui você escolhe se vai jogar sozinho ou vai espancar os inimigos com um amigo;
  • Dificuldade: Tem somente o normal e o difícil;
  • Friendly Fire: apenas pro co-op, pra decidir se os jogadores podem se atacar ou não;

Clicando no Settings você consegue mexer nas configurações do jogo e alterar o idioma dele.
Não precisa se preocupar, você pode mudar isso dentro do jogo também.

Eu fui com a Kyoko durante toda primeira sequência

No mesmo save fica a evolução das duas personagens, então você pode começar com uma, sair do jogo e continuar com a outra se quiser.

Menu

Menu do jogo na palma da sua mão

O menu do jogo é visualizado pelo smartphone das personagens, você troca entre as telas usando os botões marcados no topo da tela (no PS4 usando o e )

Na tela Character você consegue ver o nível da personagem que você está usando, além da quantidade de exp necessária para o próximo nível e os status dela, que são:

  • ST (Estamina): Altera a quantidade de vida que a personagem tem;
  • SP (Espírito): Afeta o dano dos especiais e a quantidade da barra de especial quando desbloqueá-los;
  • AT (Ataque): Dano dos ataques corporais;
  • AG (Agilidade): Afeta a velocidade de movimento da personagem;
  • WP (Arma): Afeta o dano causado com as armas do jogo;
  • LK (Sorte): Afeta a chance de cair item de cura e dinheiro dos inimigos.

Além disso, você também encontra os itens que você comprou nas lojas e decidiu carregar com você. A quantidade que você pode carregar aumenta conforme evolui os personagens e podem ser utilizados a qualquer momento.

Map

Aqui você consegue ver o mapa da área que você está e qualquer side quest que você já ativou, facilitando muito a navegação do jogo.

Dando um zoom, você acessa ao mapa completo da área, além das outras áreas que você já acessou. Qualquer objetivo, independente se é da história ou de side quest, fica marcado com o ponto de exclamação vermelho (!) pra te facilitar a vida.

Moves

Todos os personagens tem uma quantidade enorme de ataques, alguns basta evoluir o personagem pra liberar, enquanto outros precisa comprar no dojo pra conseguir utilizar.
De qualquer maneira, qualquer golpe liberado fica listado aqui, mostrando quais comandos são necessários pra usa-los.

Accessories

Bichinho virtual?!?!?! desenterram isso ahahahaha

Durante todo o jogo você vai encontrar alguns acessórios, alguns comprados, outros dos chefes.
Nessa parte você encontra todos os que você tem, mostrando o seu efeito e cada personagem pode equipar 2 acessórios.

Recruits

Qualquer semelhança é mero plágio mera coincidência hahah

No jogo tem um sistema de recrutar os oponentes, que eu vou entrar mais em detalhe na parte da exploração. Aqui lista todos os personagens e suas variações dos que você já recrutou pelo menos uma vez.
Como no próprio jogo marca quando você recruta o primeiro: “Gonna catch them all“.

Settings

Aqui é a mesma coisa que você tem acesso no Settings do menu principal do jogo, com o detalhe que você pode retornar lá no “save & quit” e retornar na mesma área que parou ao reiniciar o jogo. Aproveitando sobre o save, o jogo tem save automático a cada vez que você entra numa loja ou troca de área, então não precisa se preocupar com isso.

Pancadaria Exploração

Pancadaria em dose dupla na escola

Apesar dele ser um Beat’em up, ele não se resume em apenas seguir as telas divididas por estágios. Aqui cada área é interligada e você pode voltar pra elas a qualquer momento, então o uso do mapa pra saber aonde estão ligadas as áreas vai te ajudar muito.

Usar o ônibus é de graça, elas tem passe de estudante hahahahaha

Conforme avança no jogo, você consegue usar os pontos de ônibus como “viagem rápida” pra retornar os diversos pontos da cidade.

Em várias partes do jogo aparece esse cadeado e as correntes na tela, dai você não consegue avançar enquanto não detonar todos os inimigos da área, mas uma vez feito isso, não tem mais bloqueio durante o jogo nessa parte (com exceção do caso de alguma side quest)

Cozinha de River City não ta tão longe das nossas XD

Pra interagir com NPCs, entrar nas lojas ou avançar próxima área, basta apertar e segurar o botão de ataque normal (no PS4 o ) até encher o ícone.
Uma coisa interessante nesse jogo é que, ao contrário da maioria dos jogos de pancadaria, que com exceção dos personagens que tão ali pra sair na porrada, aqui tem vários NPC na cidade, a maioria nem tem interação, estão ali por serem apenas cidadãos normais mesmo, não é uma cidade vazia.

Essas estátuas é do Sabu, um dos inimigos da série também um dos destrutíveis coletáveis desse jogo.
Aproveitando a imagem, sempre que tiver um rádio na área, uma música da Noize toca em vez das normais do jogo.

Lojas e Dojo

Pequeno fanservice pro pessoal XD

A vida numa cidade grande tem as suas vantagens, a quantidade de lojas com produtos diferentes é enorme, cada uma com as suas especialidades.

Enquanto você não comprar a primeira vez, você não sabe o que um item consumível faz, então vai tudo na sorte. Pra esses tipos de itens, você pode consumir na hora ou guardar com o personagem pra usar posteriormente.
Um detalhe é, a maioria desses itens quando são usados pela primeira vez, aumentam algum status da personagem, então pra chegar na quantidade máxima de cada personagem, você precisa chegar no nível máximo E comer pelo menos 1 vez cada uma das comidas.
Já os acessórios marcam o efeito dele, então dá pra escolher melhor o que quer.

Billy e Jimmy Lee de Double Dragon fazem uma ponta no Dojo enquanto não tem outro jogo emprego
Um comentário do Jimmy: “Vamos aprender a arte de ESMAGAR a cara dos oponentes” XD

Conforme você sobe de nível, algumas das habilidades são desbloqueadas pra comprar no Dojo, na tela você consegue vez um pouco da animação da personagem. Só se prepara que tem uns ataques bem caros.

Agora sim é a Pancadaria

A quantidade de combos que você consegue fazer no jogo é bem grande, só depende claro de ter aprendido os golpes…

… e saber os momentos certos pra emendar um combo de ataque fraco com um de ataque pesado pra finalizar.

Quando você derrota um inimigo, recebe uma quantidade de exp e dinheiro, além de ter uma pequena chance de cair comida, que serve pra recuperar a vida.

Como todo bom jogo de Beat’em up, você vai encontrar diversos objetos pra espancar quem entra no seu caminho. Tem várias armas, entre cesto de lixo, Ioiô e e até um sabre de luz.

Deia eu bater nesse idiota com outro idiota!!!!

Tem até como pegar um inimigo e bater em outro adversário usando ele XD

Tem mais de um especial por personagem…
… e nenhum é repetido

Quando você compra os especiais no dojo, libera a barra de SP, que é aquela barra verde debaixo da barra de vida. Pra recuperar ela, só batendo nos inimigos com golpes normais.

Apesar de não ser direto usado nos combates, você consegue usar um pulo extra usando a parede como apoio, alguns momentos do jogo você vai precisar disso

Esse jogo tem defesa, que consegue evitar boa parte de dano dos ataques e se você conseguir apertar no momento exato, ativa o parry, que deixa o adversário com a defesa aberta por uns momentos, podendo revidar os ataques dele.

Nada é proibido aqui, se o adversário está no chão, pode pisar nele sem dó também.

Quando sobra apenas um inimigo na área, ele tem chance de se render e você pode recrutar ele, pra isso basta aguara-lo e apertar o botão informado (no PS4 é o ).

Tendo um recruta, basta apertar o mesmo botão pra chamar ele e atacar.
Só cuidado que a cada uso tem que esperar um pouco pra poder chamar de novo e se ele tomar um ataque, perde um coração e ser perder todos, perde o recruta e tem que pegar outro.
Também só dá pra ter um por vez, então se recrutar um novo enquanto já tem um, perde o antigo aliado.

Um detalhe, somente os inimigos iniciais que estavam na área (ou aqueles que aparecem quando você destrava uma área com cadeado) dão exp e uma boa quantidade de dinheiro.
Caso você enrole muito tempo numa área depois de derrotar todos, aparecem mais inimigos, mas esses não dão exp e só dão 50 centavos, mas em compensação tem chance de aparecer o shiny uma versão rara do adversário.

Claro que o que vai acontecer bastante é tomar um game over, pelo menos aqui você simplesmente retorna pro começo da área que você morreu, mas claro que tem penalidades.
Você perde uma boa quantidade de dinheiro (pelas minhas contas, uns 30~40% do que você tinha no momento) e o recruta que te acompanhava.

Extras

Ao fechar o jogo, você libera dois modos:

  • New Game +: reinicia o jogo mantendo tudo que você tinha, deixando mais difícil o jogo;
  • Loiter: retorna pro jogo normalmente, podendo derrotar o ultimo chefe novamente.

O ideal é retornar no Loiter pra fazer qualquer coisa que você deixou faltando e se possível, enfrentar o chefe secreto.

Personagens secretos ao estilo “Noob Saibot” pra não dar de mão lavada quais são

Também libera dois personagens novos pra a campanha, com ataques e animações únicas também, então vale a pena jogar com eles também, não focar só nas principais.
Só um detalhe final, no NG+ tem uma side quest nova, parecida com a das estátuas, mas vou deixar pra você descobrir quando jogar.

Conquistas

Só me faltou os de co-op e de 100%, mais pra frente sai

O jogo é desafiador, mas não é punitivo, então dá pra fechar ele tranquilamente e nem as conquistas são tão difíceis assim, exceto se, que nem eu, você só tem um controle e não joga com ninguém, ai vai dificultar BEM a sua vida, já que tem umas 3 conquistas relacionadas com o co-op, dai pra conseguir eles você vai precisar apelar pro share play do PS4 (esse eu não conhecia até o Shin me comentar) ou algum outro modo jogando pelo PC…

Com exceção das conquistas do co-op, os mais trabalhosos são:

  • Power Up: chegar no nível máximo com um personagem;
  • Help an Old Pal?: Completar todas as side quests do Godai;
  • Smashed Statues: Destruir todas as estátuas do Sabu;
  • Completionist: fazer 100% do jogo no mesmo save.

Conclusão

River City Girls é um jogo pra aqueles que gostam de uma pancadaria generalizada no melhor estilo antigo dos beat’em ups com muita comédia do começo ao fim, além de ter uma ost e arte realmente muito boas.
Mesmo que você não conheça a série a fundo, você consegue se divertir com todas as piadas e conversas sem noção que aparecem no meio do jogo, umas me fizeram parar um pouco até eu parar de rir e assim continuar a jogar ahahahah.

Um comentário