DESCOBRINDO FRANQUIAS: Ys (parte 3)

E vamos a parte final da nossa jornada pela série Ys. Em um primeiro momento, vamos recapitular a cronologia em que os eventos ocorrem. Só falarei por alto, para evitar dar spoilers.

Ys Origin: é mostrada a origem da queda de Ys e do poder da Black Pearl.
Ys I: Adol inicia sua jornada chegando em Esteria.
Ys II: Adol descobre sobre o mistério de Ys.
Ys IV: Adol parte para Celceta, descobrindo sobre Eldeel e os seres alados da raça Eldeen.
Ys III: Adol encontra Dogi e resolvem voltar a Felghana, encontrando a terra natal de Dogi no meio do caos.
Ys V: Adol chega em Xandria descobrindo sobre a antiga civilização de Kefin, rica na arte da alquimia. Há um certo debate sobre o estado deste jogo exatamente como canônico. Por exemplo, Dogi estaria com Adol em Xandria. Na versão Snes não está, mas na PS2 sim.
Ys VIII: Adol e Dogi estão a bordo do navio Lombardia, no Mar Gaete (próximo da Grécia) quando a embarcação sofre um ataque de um ser e a tripulação naufraga na ilha de Seiren.
Ys VI: Adol parte para o Vórtice de Canaan no navio pirata de Ladoc, e acaba por naufragar após um ataque de uma frota de Romun, indo parar nas ilhas de Canaan . É explicado mais sobre os seres alados e o poder das emelas.
Ys VII: Adol chega em Altago, próspera e uma das maiores cidades comerciais de Medo Sea (Mar Mediterrâneo no nosso mapa).

A ideia do post aqui é citar várias coisas fora dos jogos principais da série. Começando, alguns materiais lançados como mídias e depois vamos para os jogos spin-offs.

Anime/Músicas

Ys tem 2 séries de OVAs baseados no enredo dos 2 primeiros jogos. Teve lançamento ocidental pela Anime Works, com uma edição em DVD chamada Ys Legacy.

ys_sc2_14
Ys Special Collection é uma coletânea de vídeos de divulgação, lançada pela Falcom contendo partes com animações (dos OVAs acima), com vídeos da JDK Band tocando músicas da série (e outros jogos). Exemplo deste material pode ser visto no vídeo abaixo, também incluso em uma edição especial de PC de Ys 6: The Ark of Napishtim.

Vale citar também que tem muitos álbuns com regravações e remixes das trilhas sonoras de Ys. Como a Falcom está no Spotify, deixo aqui 3 exemplos.

Jogos Spin-offs da série

Ys Strategy
YsStrategy_cover
É um jogo de estratégia lançado em 2006. Foi publicado pela Rising Star Games (Europa e Austrália) e Marvelous (Japão) e criado pela Future Creates. O enredo começa narrando sobre a descoberta pelo império de Romun do artefato conhecido como Lunar Mirror, que foi usado por uma raça antiga de seres alados para selar um ser maligno na antiguidade. O poder deste ser acabou por se dividir gerando 5 gemas, que continham parte do seu poder mágico, e possuiam a capacidade de criar milagres (e guerras em busca do seu poder). Com o tempo o espelho e as gemas acabaram sendo esquecidos, até este momento onde Romun acabar por encontrar o espelho e seu imperador iniciar uma caçada às gemas pelo mundo, para conseguir o poder total do artefato. E o jogo inicia neste ponto, em Esteria, com o personagem ruivo amnésico Adol…, quer dizer, Abel Renford indo ajudar a princesa Reonea quando um dos comandantes de Romun, Wauren, chega ao reino para pegar uma das gemas que é guardada pela família real.

Ys Strategy se divide basicamente em 3 modos de jogo:
– história, com diálogos entre personagens que avançam o enredo, sem interação do jogador.

– explorar os mapas em busca de recursos usados para criar unidades, navios, etc.

– batalhas, estas ocorrem automaticamente mas com o jogador podendo (e devendo) interagir, onde personagens principais (referidos como heróis e heroínas) podem ser controlados individualmente (movimento pelo direcional e ataque por botão), unidades auxiliares somente com o touch e controle mais restrito. Tem também as batalhas de navios, que funcionam com um sistema RPS (3 tipos de navios, cada um se sobressaindo sobre outro tipo e tendo desvantagem de outro).

O lore do jogo pouco lembra a série principal, contendo personagens como o imperador de Romun (que nunca apareceu nos jogos principais até o momento), uma integrante do exécito de Romun chamada Lizel-Karna (não é a Karna de Celceta), uma vidente de Garman chamada Subir (não é erro de digitação hehe), reinos jamais referidos na lore principal, como Britai comandada pelo rei Edelbard. E no gameplay praticamente nada que lembre a série. Segue mais umas imagens abaixo.

Ys Online – The Call of Solum
YsOnline_art2

Foi lançado para PCs em 2007 pela empresa sul-coreana CJ Internet ficando no ar até 2012, sem sair oficialmente no ocidente (teve apenas um breve período em beta na Europa). O jogador podia criar seu personagem dentre uma das 3 raças disponíveis (Eresian, Afrocan ou Kimoan), cada uma com certas classes vinculadas.

Ys vs Sora no Kiseki – The Alternative Saga
YsVsSora_cover

Ok, chegamos em um spin-off desenvolvido pela própria Falcom e um pouco mais caracterizado dentro do universo da Falcom (ufa!). Lançado em 2010 para PSP, não foi localizado, ficando o lançamento apenas no Japão. Há um projeto em andamento no grupo Geofront para ser lançado. No tempo presente da escrita aqui, está com status de primeira etapa de edição finalizada. Disponível neste momento existe apenas uma tradução de menus e equipamentos (não é a mesma do Geofront).
Ys vs Sora no Kiseki é um jogo de luta 3D com visão top-down (provavelmente alguns terão reticência em considerar nesta categoria) com diversos personagens de jogos da Falcom, focando nas séries Ys e The Legend of Heroes: Trails in the Sky. Foi criado em uma modificada engine usada anteriormente no Ys Seven. As lutas se dão em uma arena com até 4 personagens lutando (cada um por si ou em times), em locais como o castelo de Grancel (Trails) ou o castelo de Valestein ou a Darm Tower (Ys). Há modo história, Arcade, e as lutas podem ser contra o computador ou multiplayer local (coop, PvP). Como é um cross-over de séries, logo é recomendado jogar antes (se tiver interesse) especialmente a trilogia Trails in the Sky antes do modo história aqui, a fim de evitar qualquer nível de spoilers (não se preocupem, não tem aqui no post).

Eis o enredo (créditos ao Shin pela tradução do texto):
“Há muito tempo, o reino lendário de Xanadu foi fundado por Kubla Khan.
Uma Shangri-la de prosperidade magnífica, mas que continha uma grande ameaça às suas terras desde os tempos antigos.
Lorde Demônio Galsis, o eterno rei Dragão de poderosa magia. Responsável pela morte de inúmeros guerreiros que tentaram matá-lo, estes estão esculpidos nos recessos do terreno de Xanadu por meio de uma profecia amaldiçoada.
Quando as almas dos guerreiros são convocadas através do tempo e do espaço, somente aquele que a desperta pode se opor à besta.
A luta continua em um ciclo sem fim entre o lorde demônio e os guerreiros até que essa batalha deixou as terras em ruínas.
O paraíso conhecido como Xanadu foi esquecido pelo mundo, enquanto o lorde demônio permaneceu em seu terreno.
E agora, o lorde demônio desperta mais uma vez. Enquanto um novo guerreiro de outro mundo é convocado pelo destino…”

Como personagens jogáveis temos o cast a seguir de Ys.

E os personagens jogáveis de Trails in the Sky a seguir.

Alguns personagens importantes na história a seguir (tem mais não citados aqui). Lloyd de Trails from Zero é desbloqueável e também jogável, ele foi colocado como uma forma de divulgação do novo Trails que seria lançado em seguida para o mesmo PSP.
ysvssora_key

E se achou que acabou o cast de personagens dos jogos, não, ainda temos os de suporte hehe. São 24 no total de diversos jogos da Falcom além de Ys e Trails, como Jurio e Chris da trilogia de Gagharv dos The Legend of Heroes, a Dela de Brandish, Parin e phantoms de Gurumin, Pipiro e Pokkle de Zwei. Não listarei todos, apenas alguns a seguir. E ignorem o “Dalk Fukt”, transliteração antiga da Falcom para o Dark Fact de Ys I hehe.
ysvssora_sup

No jogo, cada luta vai rendendo pontos que podem ser usados para desbloquear equipamentos, habilidades para os personagens (Mona points). Os personagens também ganham XP e levels, aumentando seus stats. Outros pontos ganhos são os BP (Battle points) ao completar lutas, modo arcade, story por exemplo e são a “classe” do jogador. Com o completar do jogo, mais personagens vão sendo desbloqueados bem como mais itens ficam disponíveis no menu Collection, como artes dos jogos e trilha sonora. Estes também podem ser comprados na loja com os Mona points.

Quando evocados nas batalhas, os personagens de suporte dão algum buff ou habilidade temporária. As batalhas são bem rápidas (mais frenéticas que no Ys Seven), muitas vezes pode ficar difícil encaixar os ataques ou desviar também, já que os oponentes muitas vezes vão ficar fora do campo de visão. Segue mais umas screenshots relativas as batalhas.

Ys 7: Altago
Ys 7 Altago gacha
É um jogo mobile baseado no Ys Seven que foi lançado em 2018 para celulares/tablets no mercado chinês pela User Joy, tendo versões para Android e iOS.

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.userjoy.ysm
https://apps.apple.com/tw/app/id1375469812

Finalizando

Aqui não foquei em apresentar spoilers, quem sabe futuramente um post falando mais do lore da série, aí sim lotado de referências. Mas por hora deixo a indicação deste site que contém um excelente material (em inglês) caso queiram se inteirar mais do enredo da série. Tem spoilers de vários jogos, então, recomendo apenas para caso já jogaram os jogos e quiserem se aprofundar um pouco nas referências. Em especial tendo em vista que Ys apesar de ter o foco principal na jogabilidade, possui um lore rico e bem desenvolvido, em especial nos jogos lançados a partir de Ys VI: The Ark of Napishtim (incluso este), com alguns remakes reimaginados expandindo e ligando melhor a história.
http://www.digitalemelas.com/index_lore.php
Assim como deixo de recomendação o grupo de Discord deste site, que reúne diversos fãs da série pelo mundo (bate papo em inglês).
Em 2021 teremos o lançamento ocidental de Ys IX: Monstrum Nox para PS4, PC e Nintendo Switch. Não falei nele aqui, pois afinal em breve o Shin trará um post sobre o jogo. Aguardem! E com isto, fecho o nosso especial sobre a série Ys. Vou deixar os links para a primeira e segunda parte abaixo. Até um próximo post. 😉

https://shin-reviews.com/2020/05/19/descobrindo-series-ys-parte-1/
https://shin-reviews.com/2020/06/23/descobrindo-franquias-ys-parte-2/