Review / Tutorial de Bucket Knight

Os indies tem se destacado diversas formas, e atualmente estão tomando níveis cada vez maiores no cenário do entretenimento… alguns trazem propostas pesadas, outros simples, Bucket Knight se encaixa na diversão simples, e ao contrário de Awesome Pea 2 (onde R&T esta aqui) há inimigos e ação rápida, podendo também ser classificado como Run & Gun.

Nome: Bucket Knight

Gênero: Plataforma / Ação 2D (sub gênero Run & Gun)

Desenvolvedora: PigeonDev

Estúdio: Sometimes You

Plataformas: PC, Playstation Vita, Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch

Ano: 2019 (27 de setembro)

Mídia: Digital

Código cedido pela Sometimes You para Playstation Vita.

Tela Título

História

Nosso carismático cavaleiro sagrado e sem nome precisa de dinheiro para pagar suas necessidades e seus desejos de ter casa, carro, obrigações e lazer em dia…

Eis que ele parte em busca de riqueza nos mais profundos labirintos de castelos e masmorras para se adentrar e matar os monstros que lá estão, não usando espada, mas sim armas de fogo em busca do cálice sagrado e o vender…

Gráficos

O jogo tem uma paleta de cores que lembra muito o formato EGA dos computadores antigos, sendo uma tonalidade isolada em cada traço dos ambientes presentes na tela e com saturação mais amarelada.

Assim como Awesome Pea, o jogo também tem o filtro simulando uma tv, a diferença é que isso é escolhido já tela título, botando o cavaleiro pra ver TV:

Som / OST

O som do jogo lembra muito os jogos antigos, e as músicas são poucas, pois repetem em algumas fases e são em formato chiptunes (8bit) o que dá um carisma na minha opinião.

Jogabilidade

Não há nada além de uma palavra que defina a jogabilidade: simples.

O estilo arcade anos 90 do jogo é notável justamente pela simplicidade dos controles, além de claro ter poucas funções, e o fato de ter o clássico “o botão não pulou” às vezes ao saltar entre as plataformas lol.

Sistema de jogo

O jogo conta com um sistema de life, onde além do dinheiro, pode-se coletar comida para recuperar a vida (ou outras que podem te tirar vida).

O jogo é totalmente Arcade com formato de fases baseado em “nível e subnível”, caso não saiba, são os clássicos “1-1, 1-2, 1-3, 2-1″…

As fases são variadas em ambientes (masmorras, sala de máquinas, etc) para identificar o tipo de fase que irá enfrentar:

Seja destravar alas para chegar ao seu objetivo

Fases com fuga e deslocamento de tela para vertical (as clássicas runners que se deve fugir enquanto algo vem perseguindo e a câmera vai deslocando)

Fases com plataforma que exija destreza

As informações dadas antes de cada fase são a quantidade de monstros, pontos/dinheiro feitos, e monstros na fase em questão, que é contabilizado sempre ao terminar elas

O objetivo das fases no geral é sempre o mesmo, matar, coletar tesouros e moedas e chegar de um ponto ao outro. (Como podemos ver o portal de partida em uma das prints)

Monstros, slimes, e todo tipo de inimigo de era medieval está incluso neste mundo moderno (afinal vimos um banqueiro no início lol), e justamente por isso, nosso personagem não usa uma espada…… usa armas…

Apesar da sua busca pela riqueza, talvez seja necessário abrir mão às vezes e comprar algumas armas para melhorar o arsenal enquanto vai atrás do então Cálice Sagrado… afinal de contas a magnum .38 pode ser boa mas nada melhor que uma metralhadora para monstros em maior número não? Os pontos na realidade é o dinheiro ganho pelo Knight, , a troca de armas se dá via seleção pelo menu:

Mas não se preocupe, todo inimigo morto dropa dinheiro, só tome cuidado onde irá matar para não fazer o dinheiro cair em estacas (há não ser que a ganância fale mais alto e arrisque perder life pra pegar):

Além disso, barris, caixotes e baús estão ali para serem destruídos (ou não) para dropar mais grana

Vale ressaltar que o jogo não possui nenhum chefe, e as fases são 6 níveis com 4 subníveis, com exceção do prólogo que é o 0 onde nosso cavaleiro vai ao banco e o último que é o 7.

Troféus/Conquistas

Dificuldade: 2/10

O domínio para platina/conquistas nada mais é que jogar o jogo do início ao fim, comprando armas e juntando dinheiro/pontos…

Virá naturalmente ao terminar o jogo 🙂

Considerações Finais

Bucket Knight é um Run and Gun oldschool, e que agradará apenas saudosistas, pois relembra os jogos antigos com sua característica marcante: serem simples. Quando tiver em promoção vale uma jogada, seja porque curte o estilo retrô ou porque curte conquistas amigáveis onde o intuito é apenas jogar…

A performance na versão Vita entretanto deixa a desejar quando há muitos objetos na tela ou até mesmo tiros seus, dando lags de frames e instabilidade, coisa que não acontece nas versões alternativas.