Review / Tutorial de Reed 2

O mundo virtual está sendo destruído e cabe a Reed encontrar as informações perdidas para entregar ao Desenvolvedor.

* Esta análise foi feita com o código cedido pela Ratalaika (versão PS4)

Distribuidora: Ratalaika Games
Produtora: PXLink
Plataforma:  PlayStation 4 / PS Vita / Xbox One / Switch
Mídia: Digital
Ano de Lançamento: 2020

Após os eventos de Reed, o mundo virtual está novamente desconfigurado, graças ao velho PC do Desenvolvedor e cabe a Reed, um simpático gato, resgatar os dados perdidos no mundo virtual.

Puzzle de plataforma, Reed 2 fornece 52 cenários com diversos desafios de plataformas, de elevadores móveis a espinhos, serras circulares e flechas, que devem ser evitados com pulos precisos.
Não há botões de ataque aqui, apenas o salto executado no momento certo.

Além das diversas armadilhas do cenário, pequenas galinhas inimigas avançam ferozmente sobre a coruja (uma linha que eu jamais imaginei escrever) e podem ser simplesmente evitados ou nocauteados com uma pisada na cabeça.

Reed encara uma galinha com olhos preocupantemente grandes

O objetivo é simples: colete os três dados perdidos pela fase (pequenos cubos amarelos) para destravar a porta para o próximo nível.
Existem também alguns segredos, como passagens secretas que dão acesso a salas com mais cubos e personagens que estão se escondendo ou simplesmente perdidos no caos do mundo virtual desconfigurado.

Dois disparadores de flecha suspeitos em cima de um cubo de dados

Os gráficos pixelados possuem bastante efeito de sombra e luz.
A trilha sonora tem um tom mais sombrio e taciturno, acompanhando a meia-luz dos ambientes.
A frustração de avançar meio centímetro extra e encostar em uma serra elétrica é compensada pelo rápido respawn no início da fase, sem loadings.